Você se expõe demais ?

Você é daquelas pessoas que podem ser literalmente chamadas de 
um livro aberto?
Ou é tão fechado(a) que lembra imediatamente uma ostra?
Exite um equilíbrio ideal para isso?

Homem com notebook

Eu sou uma exposta confessa e inveterada!
Aquele tipo de pessoa que, não importa qual vai ser a sua pergunta, eu vou responder Pá Pum! Sem rodeios, mistérios ou fru frus.
Já levei bronca por causa disso porque, sendo assim, acreditava que todos aceitariam, ou que, pelo menos eu estaria sendo agradável e sincera. Mas, nem sempre é assim.
Hoje em dia, limito-me sozinha à exposição da figura na medina...

Depois disso foi que passei a me perguntar se existe realmente uma medida em se expor "demais".
Na minha concepção, o cúmulo da exposição seria talvez uma twittcam pornô (coisa absurda, isso), ir de pijama na padaria, fotos de lingerie ou nada na Internet, endereços e telefones divulgados aos quatro cantos do mundo e afins. 
É claro que, tem gente chata também, que expõe tudo, toda hora, o dia todo, sem cessar. Fora isso, não me vem à mente mais nada (neste exato momento...).
.
Desde cedo, sempre usei a roupa que queria, fiz o que queria, sem me importar com o falatório alheio.
Não ligo em falar tudo sobre mim, não tenho nada a esconder, sou humana como todos nós, com meus defeitos e qualidades,opiniões e medos, sorrisos e lágrimas.
O que tem de mais?
E, acho muito interessante quando alguém não tem receio de expor quem é, o que gosta, odeia, pensa e etc. Sinto-me mais livre e à vontade para lidar com estas pessoas.

Tenho uma enorme admiração pelas pessoas autênticas,  porque colocar a cara na reta sem medo de ser amado ou odiado, não é pra qualquer um não...
Já fui muito apedrejada mas, não me arrependo, porque quando fui admirada e amada, valeu cada segundo e foi o que ficou gravado em mim.
Com gente assim você sabe o que vai agradá-las ou magoá-las, sabe que presente dar, que prato oferecer no jantar, sabe se está sendo incoveniente ou agradável.
É extremamente mais fácil lidar com alguém sem mistérios excessivos, onde você nunca sabe como agir e é claro, geralmente acaba agindo...errado!
.
Alguns dizem que isso atrairá inveja, que devemos esconder nossa felicidade, nossos bens, nossas vitórias, nosso eu...
O que é isso minha gente, vou lhes contar um segredo, por mais ferrada que sua vida esteja, algo sempre chamará a atenção e sempre terá um(a) pobre coitado(a) de zóião em você. É fato, relaxa.

Outros dizem que, se expor demais é vulgar e desnecessário.
Não sejamos radicais, a vida fica mais leve quando somos flexíveis e abertos à diversidade humana.
Por isso não se preocupe , não guarde a sete chaves quem você é, suas qualidades, suas fotos, suas conquistas, seu amor, se isso lhe faz feliz.
O mais importante é a sua satisfação. Existem pessoas que são felizes com uma personalidade mais reservada e discreta. Beleza!
.
Definitivamente eu não sou assim. Eu sou feita de neón, purpurina, opinião, música alta e gargalhadas!
Se você também é assim, encare o mundo de peito aberto, mostre-se, inspire as pessoas com a sua transparência e luz, ganhe amigos mostrando sua coragem e também sua fragilidade.

A Vida é tão efêmera, quando você se dá conta, às vezes, se preservou tanto, que chega a ser um desconhecido para si mesmo(a).
.
Mas, isso é só a minha humilde opinião, o limite de cada um é aquele que lhe satisfaz e não fere seus princípios.
.
"Cada um no seu quadrado."
.
Beijão!
.

autora Autora

Mineira morando em Sp, geminiana, casada. Apaixonada por atividades físicas, já pratiquei natação, Taekwondo, Muay Thai, Kick Boxing, atualmente treino musculação e sou aprendiz de corredora :) Blogueira por amor. Este espaço foi criado com a intenção de interação e diversão, seja muito bem vindo(a)!

Recomendados

opinião 2149688303030595566

31 comentáriosBlogger

  1. Olá minha amiga.
    Eu já passei por diversas mudanças no decorrer dos meus 42 anos, rs. Já tive a fase ostra, já tive a fase digo tudo e também já fui muito criticada e hoje não deixo de ser sincera, mas procuro ter tato ao falar com as pessoas. Às vezes, o que é natural para mim pode não ser natural para a outra pessoa e isso pode criar muito conflito pela forma como falamos.
    Beijos linda e se cuide.
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Sam, minha linda!
    Acho maravilhoso as pessoas autênticas e seguras. Também não condeno quem tem as suas reservas. O importante é cada um ser feliz em sua medida, dentro de sua opção de vida. Não gosto de pessoas que tentam ser o que não são! Sinceridade em atitudes, independente se seja para fora ou mais introspectiva.
    O grande barato é podermos estar bem conosco, sem levar em conta os julgamentos alheios. E isso (julgamentos) é o que mais encontramos pelo mundo.
    Grande beijo, minha lindona!
    Jackie

    ResponderExcluir
  3. Olá querida Samanta!!

    Que bom ser assim, deixar Ser!! Dançar a música que a vida toca a cada momento, e bailar neste palco fabuloso não é pra qualquer um! São para as geminianas que faz e não manda, que diz e não nega! Nosso mundo precisa de cada um como é e de vocês para ajudar aos que precisam acordar! Que bom é fazer essa visita aqui e cada vez fica melhor! Beijo!

    Um abraço,
    "Todo o Conhecimento é Luz que Inspira a Alma" -*Vera Luz*-

    ResponderExcluir
  4. sou uma escancarada. falo demais. me abro feito mala velha. fico amiga de infância até de árvore e poste ...

    e vc que nunca comeu abobrinha????
    isso é pior que falar demais. sabia????
    beijo.
    faz aquela receita que vc vai virar artista exclusiva da abobrinha. acredita. beijo.

    aaaaah!!! adorei aqui.

    ResponderExcluir
  5. tava lendo seu perfil. uso rimel até pra dormir, sou rabugenta, braba e muuuuuuuuito feliz, às minhas custas ..... beijo. apareça.

    vai conhecer meu manga chupada .... ta no openid

    ResponderExcluir
  6. Oi Sam,

    particularmente, acho que exposição extrema não é legal. Assim como, ser 100% reservado também tem seus problemas.

    Conheço muitas pessoas que são estilo "livro aberto", e confesso, nenhuma delas consegui pontos positivos com isso.

    Os extremamente reservado acabam perdendo oportunidades, pois, passam por "metidos", presunsoços e coisas assim. Principalmente na área profissional.

    Penso que devemos ter POSTURA, nos comportar de acordo com protocolos e situações e saber com quais pessoas e ambientes devemos ser mais abertos ou fechados. Nesse ponto entra a questão de saber julgar o caráter das pessoas e sabermos com quem devemos nos abrir, sermos mais espontâneos ou mais fechados.

    Exemplo: carreiras quase foram interrompidas pois pessoas, aparentemente amigos e confidentes, no contexto pessoal, num dado momento passam a ser comandado e comandante. Um sabe os "pontos fracos" do outro. Isso pode causar muitos problemas dentro uma empresa. Principalmente quando promoções ou delegações de tarefas estão em jogo.

    Esse foi só um exemlo, poderia citar tantos outros. Então, para não alongar muito...hehehe...penso que nem livro aberto e nem ostra são boas alternativas. Como eu disse, tem de se manter uma Postura e esta postura ditara a maneira de agir.

    Bju guria,

    Paulo

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post, eu me exponho muito, é uma coisa natural. Quando vejo ja falei até o que não deveria, e muitas vezes sou vitima das coisas que falo para os outros, com toda sinceridade.
    A sinceridade é o meu forte, por isso me ferro! rsrs
    Mas to procurando pensar antes de falar, do que falar antes de pensar. Mas o costume me trai...
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. To te seguindo visita o meu>. http://meditacaododia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi menina!
    Sou o que se pode dizer uma pessoa timida. Introvertido, ostra como você definiu, mas nunca deixei de expor os meu pensamentos. Alguém um dia me disse que para saber o que eu pensava de um assunto era só olhar nos meus olhos, dai adotei a frase " O brilho dos meus olhos reflete minha alma"

    Abraços,

    Manoel

    ResponderExcluir
  10. Minha querida amiga Samanta, boa noite!!!
    Acho muito difícil impor limites à vida, digamos que em algumas coisas devemos ser um livro bem aberto, em outras fechados como a ostra e em algumas usar o meio termo, o equilíbrio, isso seria o ideal... mas quem está procurando viver o ideal??? o importante é ser feliz, é ser como sou e pronto... Sou descendente de italianos, gosto de música bem alto, falar alto nas festas, rir sem medida... em outras coisas sou bem comedido... e é assim que me sinto bem... o resto não importa... quem pode ditar a nossa maneira de ser, limitar a nossa vida?... acho que ninguém. Sua beleza está justamente em ser quem você é realmente.
    Seja sempre você minha amiga, não se importe com o que os outros vão pensar!!!
    Parabéns pelo excelente texto, adoreeeiiii!!!
    Grande abraço e muita alegria em sua vida!!!

    ResponderExcluir
  11. Confesso que adorei teu post.
    Também já sofri muito por ser um livro aberto.
    Hoje to nem aí,rsrs

    Vou seguir seu blog com carinho.

    Bjo Sam

    ResponderExcluir
  12. rsrsrs...acho que sou um pouco assim.. ou seria muito?
    visto o que gosto, do jeito que gosto, não me importo com que os outros falam, e também tenho a "santa" mania: respondo na lata, ou falo primeiro e penso depois...
    mas do resto sou reservada, tenho uma vida na net, mas aqui não me exponho, nada de fotos (só algumas no orkut), nem telefone, nem endereço, mas meus amigos respeitam esta postura

    rsrsrs... digamos que sou um livro aberto... mas escrito em Sânscrito...

    belo post!

    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Embora seja espontanea, tenho opinião formada, carrego uma pontinha de timidez. Eu tenho amigas bem "autenticas", umas admiraveis e outras exageradas. Normalmente eu me divirto na companhia delas, porque com certeza elas são mais interessantes, na conversa, na bagunça, na sinceridade. As que são do tipo exageradas, precisa-se ter cuidado com... fofocas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Amiga Samanta, acredito que ser ou não livro aberto depende muito da personalidade de cada um, formada ao longo de sua existência.
    O extremo é sempre perigoso: se você se expõe demais, isso pode voltar contra você e deixar marcas; se você se fecha em demasia, fica difícil que os outros saibam o que pensa e pode te isolar...
    Então, prefiro o meio termo.
    Meu carinhoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  15. Oi Samanta adorei seu blog tanto que já sou um seguindo seu.
    Obrigado pelo belo cometário q vc fez no meu
    Bjos
    Claudio Pacheco

    ResponderExcluir
  16. Querida Sam, eu me exponho bastante mas há os limites,porque sem ser excessivamente misteriosa, acho importante trazer pessoas à inferência daquilo que você diz. Acabo sendo exposta também, porque tendo a ter opinião sobre tudo e falo sobre o que penso, isso À vezes não é bem visto por outros. Então recebo as broncas! Fazer o quê? Não serei falsa, ainda que seja para agradar alguém. Adorei o seu post. Beijos, B.B.

    ResponderExcluir
  17. Oi Samanta, adorei o post.
    Sabe, eu sou escancarada com relação aos meus sentimentos e pensamentos. Não consigo guardar nada só para mim e às vezes as pessoas não aceitam esse jeito de ser. Prefiro ser assim e quem não estiver de acordo...
    Gostei muito do seu blog e já estou lhe seguindo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Amiga Sam, gostei muito do seu texto, realmente é algo a se pensar, porque como tudo na vida existem fatos positivos e negativos.

    Uma vez li um ditado chines que dizia: "Prego que se destaca leva martelada".

    Mais é subjetivo eu acredito, por que cada um age conforme se sente bem.

    Achei muito feliz de sua parte ao dizer a seguinte frase:

    "O limite de cada um é aquele que lhe satisfaz e não fere seus principios".

    Acredito que seja bem por aí mesmo, cada um sabe como deve agir e viver não é verdade?!

    Parabéns pelo post ! Beijão !

    ResponderExcluir
  19. Samanta temos realmente de opinião própria.
    Ao invés de pergunta será q isso ira da certo, eu ñ quero nem sabe vou lá e tento se deu certo bem se ñ deu tento novamente
    E assim levo a vida
    Tenha uma ótima noite
    Bjos
    Claudio Pacheco

    ResponderExcluir
  20. Gostei muito dessa postagem Sam! Tbm sou assim, me admito e me admiro do jeitinho que sou e não tenho vergonha de me expor. Se ja passei sufoco por isso? Sem dúvida alguma! Mas as criticas, fofocas só serviram para me edificar, aprendi muito. Procuro me controlar por que nem todos estão dispostos a nos aceitar como somos, mas não me anulo por ninguém!
    Acho que equilibrio em termos de exposição é compreender o limite do próximo e equilibrar com nossos limites.
    Grande abraço Sam!

    ResponderExcluir
  21. otimo texto! parabens! estou te seguindo...

    prmarcello.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Olá minha amiga!
    Eu sou um "livro aberto" quando se fala em emoções.Não consigo fingir quando não aprovo algo ou ser cínica pra agradar.
    Por outro lado,não gosto de chamar a atenção pra mim,prefiro chegar num local e me sentir a vontade sem muito holofote.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Olá meus queridos amigos e amigas !!

    Fico muito feliz com todo o carinho e participação de vocês ! Ainda mais sobre um assunto como este que trata de um comportamento humano !!

    Obrigada a todos pela presença !!
    Um enorme beijoooooooo :)

    ResponderExcluir
  24. @Jackie FreitasOi Jackie lindona !!! Tudo bem contigo ?
    Adoro seus comentários, sempre inspiradores e verdadeiros !
    Concordo com você, o "bão" é podermos ser autênticos seja na purpurina ou na reserva, não é mesmo ?!
    Um abração apertado !
    Li seu texto maravilhoso de hoje, assim que eu me livrar de vez das tarefas de "Amélia" aqui em casa, comentarei como você merece ! beijooo

    ResponderExcluir
  25. @-*Vera Luz*-Vera querida ! Fiquei toda cheia com seus comentários sobre os geminianos !!
    Além de claro, ficar simplesmente embasbacada toda vez que leio seus textos e comentários maravilhosos !
    Você é uma Fada !
    Grande beijooo

    ResponderExcluir
  26. @Pithan PilchasOi querido amigo, tudo bem contigo ?
    Como sempre expondo de maneira magnífica seu ponto de vista, que por sinal é realmente verdadeiro no que diz respeito ao bom senso !
    Obrigada pela participação e carinho constantes !
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  27. @Dú PirolloOlá querido !!! Tudo bem ?
    Como sempre abrilhantando meu humilde blog com suas sábias e maravilhosas palavras !! Adoro !!!!
    Com certeza, se tivermos discernimento para saber em quais ocasiões aplicarmos ou uma coisa ou outra será melhor, mas às vezes, nossa essência ( no caso a sua bem Italiana né, que legal ! ) fala mais alto e aí, vamos que vamos sem medo de ser feliz !
    Um abraço enorme

    ResponderExcluir
  28. @SissymBom dia querida Sissym !!!
    Obrigada pela sua participação e você levantou uma questão a ser pensada mesmo, sobre as fofocas...
    Mas todo mundo tem seu lado negro da força né kkkk
    Temos que tomar cuidado e manter distância desta má conduta.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  29. @B.B. Amor mais forte que a própria morte...Oi Linda !! Tudo bem ?
    Que vê-la por aqui participando ! Obrigada !!!
    Ótima observação ! e vamos nós levando uns puxões de orelha às vezes, mas resguardando nossa personalidade não é mesmo !
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  30. @Yolanda HollaenderBom dia minha querida Yolanda !!! Tudo bem contigo ?
    Na verdade concordo com você sobre um meio termo neste assunto, se isso não ferir seus essência, claro !
    Mas te falo, é difícil equilibrar não é mesmo ?
    Mas vamos tentando, afinal todo dia é dia de ser uma pessoa melhor !
    Amiga que bom que participou !
    Grande abraço

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! É a sua participação que abrilhanta este espaço! Sinta-se em casa :)

emo-but-icon

Autora do Blog

Sobre a autora e o Blog Facebook Instagram Google Plus Twitter Image Map

Novas

Comentários

SERVIÇOS

Ebook Gratuito - Blog Sucesso a Jato

Ebook Gratuito - Blog Sucesso a Jato
11 dicas p/ você começar a ter Sucesso Online

No Vrsam

  • …

    Postagens
  • …

    Comentários

Feed-se

Icon Icon

Google+

Facebook :)

Facebook

Instagram

Amigos

Recomendação de leitura

Destaques do Mês

item