Somos o que escrevemos ? Não julgue o texto pelo autor ou vice-versa

"Só faça o que eu escrevo ou o que eu faço, se lhe convier..." - Sam
.Livro com uma rosa
.
Na minha humilde opinião, o autor não é e nem age necessariamente de acordo com o que escreve o tempo todo (e nem precisa...)Ele pode ser, sentir, acreditar naquele momento, mas isso não é uma realidade imutável...
Fiquei intrigada com o episódio onde escrevi um artigo direcionado aos Solteiros e recebi enxurradas de e-mails perguntando se, por acaso, eu estava me divorciando... Uma amiga, postou sobre doença, e teve a mesma repercussão; acreditavam que ela estava com o pé na cova...
Também já vi situações onde pessoas são execradas porque, vez ou outra, não agem de acordo com o que escrevem ou porque expressam uma visão não-convencional sobre algum assunto. Foi quando me dei conta do quanto estamos associados ao que escrevemos. Mas não é muito coerente julgar o texto pelo Autor ou vice-versa.
.
Desenho confuso
.
Ninguém age 100% de acordo com o que diz... Todo mundo muda de idéia e erra, então é preciso discernimento e bom senso para utilizar o que tem de útil nos textos ao invés de taxá-los disso ou daquilo, só por causa da vida pessoal do autor.
É claro que, coerência é muito importante, solidifica nossa credibilidade e, nada mais nobre do que ser o próprio exemplo das nossas palavras mas, não precisamos ser tão radicais neste ponto.
.
Digamos que alguém escreveu algo sobre Perdão, incentivando as pessoas a perdoar, etc; sem dúvidas é um assunto louvável e, com certeza, o correto é perdoar, todos sabemos disso, agora se o Autor, por exemplo, não perdoa alguém, isso não quer dizer que perdoar seja errado, que o artigo é inútil ou que ele mentiu.
.
Portanto, não somos ou agimos sempre de acordo com o que escrevemos,  podemos emitir uma opinião, acreditar piamente naquilo, tentar auxiliar as pessoas com  determinada experiência, escrever sobre um assunto que gostamos mas, também somos pessoas, seres humanos, com dificuldades, erros, crises e com total direito de tropeçar no caminho da Vida.
Talvez nem utilizemos os serviços que recomendamos, mas isso não significa que sejam ruins.

Se escrevemos textos construtivos, provavelmente estamos tentando seguir este caminho ou temos a intenção de orientar as pessoas para o que é melhor mas, isso não quer  dizer que dê sempre certo em nossas vidas...
.
Alguns dirão : Eu só escrevo sobre aquilo que acredito e que acho certo! - Pois é, eu também, mas isso não nos impede de mudar de idéia ou então de errar ou fazer o contrário em determinada situação... E, muito menos tira o mérito do que foi escrito.
Sejam as postagens benéficas ou prejudiciais, o que devemos fazer, é focar e utilizar o texto de forma que nos agregue algo de bom e interessante, sem dar atenção em demasia para a conduta do Autor e também evitar categorizá-lo pelo que escreve em seus textos.
.
Lembrando a todos que esta é só minha humilde opinião :)
Beijos!
autora Autora

Mineira morando em Sp, geminiana, casada. Apaixonada por atividades físicas, já pratiquei natação, Taekwondo, Muay Thai, Kick Boxing, atualmente treino musculação e sou aprendiz de corredora :) Blogueira por amor. Este espaço foi criado com a intenção de interação e diversão, seja muito bem vindo(a)!

Recomendados

reflexão 7634972159683927121

113 comentáriosBlogger

  1. Menina Fratelli22/8/11

    óimo texto, Lindaaaaa...como sempre.

    ResponderExcluir
  2. Samanta, imagino que somos mutáveis com as previsões de Tempo. Imagine como ficaria a cara dos se os repórteres do Tempo tivessem quejustificar a falha nas previsões.

    Mudança de opinião pode ocorrer com qualquer um. Eumesmo já queimei muito a língua por coisas que antes falei e depois tive de voltar atrás, dar a cra a tapa.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Muitissimo escalarecedor seu post Samanta! Escrever é um dom, conseguir passar para um texto oque nossa inspiração manda não é uma tarefa fácil, pois antes de tudo temos que escrever algo coerente e nem sempre conseguimos tal façanha. Pois que a inspiração vem e nos invade por completo fazendo-nos continuar. Quando escrevo imagino que estou voando e deixo a inspiração fluir e me levar onde quer, as vezes me leva a um final feliz, as vezes não, mas isso é assim mesmo, faz parte do ofício, faz parte do texto, faz parte de nós, faz parte da vida e das circunstâncias... Queria ter o dom de poder escrever melhor. Queria ser mais inteligente e escrever palavras mais bonitas mas nem sempre as palavras bonitas surtem o efeito de uma palavra menos bonita. O importante é que o texto transmita uma mensagem que possa ser entendida pelo leitor... Obrigado pela ótima dica! abçs...

    ResponderExcluir
  4. Oie lindona

    Nossa rssss, falou tudo lindona, e como acontece isso por aí, é sempre bom esclarecer aos desavisados, que nem sempre tudo que é, é o que parece ser rsss.
    Somos seres humamos e mudamos e revemos conceitos quase sempre.
    como sempre Sam, concordo plenamente e assino em baixo.

    beijinhos querida e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  5. @Menina Fratelli
    Obrigadaaaa minha Flor !!!
    Um beijão Bela Della ! Obrigada pela presença !!

    ResponderExcluir
  6. @Ebrael Shaddai
    Olá Ebrael, é sempre um prazer recebê-lo por aqui, admiro e respeito muito suas colocações :)

    Grande verdade o exemplo que nos trouxe e acho que deveríamos nos importar mais com o conteúdo da informação do que com discrepâncias de comportamento dos autores, ou então julgar mal um texto porque temos uma determinada impressão de quem o escreveu, esta mistura ofusca o verdadeiro valor do que está escrito.

    E assim como você, já queimei a língua trocentas vezes também rsrs faz parte , não é mesmo :)

    Obrigado pela presença ! Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  7. @Adriano Gaúcho Poa
    Olá Adriano, que bom que veio participar, seja sempre muito bem vindo !

    Concordo contigo que escrever é um dom, e não devemos nos deixar levar por impressões sobre o autor, julgando erroneamente os textos, assim como não devemos associar totalmente um texto ao autor, imagina se eu escrevi sobre solteiros, e acharam que estava me separando, se eu escrever sobre terrorismo irão achar que quero explodir algo rsrs
    É um certo preconceito da nossa parte, mas espero que aprendamos a tirar o que tem de útil no que está escrito, sem fazer estas associações desnecessárias.
    Pelo seu comentário, não tenho dúvidas de que escreve bem e é muito inteligente !
    Concordo contigo que nem sempre as belas palavras descrevem bem o que queremos dizer, às vezes, são necessárias.

    E eu é que agradeço sua presença e bela participação !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  8. @Dja
    Oiii amigaaa !! que bom vê-la por aqui !!!

    Pois é amiga, é preciso saber dissociar uma coisa da outra e aproveitar o que os textos tem de bom, sem se preocupar tanto se o autor age assim ou muda de idéia etc, assim como não somos tudo que escrevemos ao pé da letra.
    Eu mesma às vezes posto algo que acho certo, mas nem sempre consigo agir de acordo, mas isso não desmerece o texto, não é mesmo ;)

    Obrigada Flor, pela presença e carinho !
    Um beijooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  9. O autor pode escrever sobre várias coisas, sem nem mesmo estar relacionado a elas. Como você disse pode ser sentir e acreditar, formando uma personagem única e diferente do próprio autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi Samanta!
    O que você disse cabe bem para mim, que escrevo textos em poesia. Muitos dos poemas que postei, não têm nada comigo. Às vezes são situações que presenciei, histórias que ouvi e nem sempre foram vividas por mim, mas as pessoas comentam como se eu estivesse vivendo aquele acontecimento.
    Você está certíssima! Nem sempre o que escrevemos é o que somos ou vivemos.
    Abraços,
    Manoel

    ResponderExcluir
  11. Olá Samantha,

    Mal posso lembrar das vezes que mudei de opinião por várias coisas e escrevi sob diferente perspectivas sobre um mesmo assunto.Acho que faz parte do nosso amadurecimento, da nossa reciclagem e da nossa caminhada espiritual tb.Ninguém é 100% burro, ao ponto que não faça sentido, mas tb ninguém não é 100% guru ao ponto de ter achado todas as respostas para a vida.

    Creio que esse seja um bom caminho: ter um coração aprendiz :)!

    Gostei do seu cantinho, viu?

    Bjos

    Gisley Scott
    www.vivendolaforanoseua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. *mal posso lembrar das vezes, pq foram muitas!

    ResponderExcluir
  13. Amiga,
    Boa tarde.
    O ser humano, como ser mutável que acredito que seja, pode e deve aprender a cada dia mais, e diante disso pode mudar de opinião e conceitos que tinha anteriormente.
    Portanto, saber reconhecer quando estamos errados, e passar a defender o que naquele momento é certo, é uma qualidade que deve ser ressaltada, e nunca criticada.
    Portanto, quando nos expressamos através de qualquer forma, inclusive a escrita, devemos aceitar as criticas construtivas, mas deixarmos de lado aquelas que não nos acrescentam nada, como quando a pessoa simplesmente não aceita uma mudança de opinião.
    Muito bom o texto. Parabéns.
    Abs.,

    Glauco

    ResponderExcluir
  14. Maria Marçal22/8/11

    Às vezes me deparo com esse problema nas minhas postagens e,bem pouco tempo atrás, é que me dei conta disso, quando uma amiga me ligou tarde da noite para dizer que havia lido minha crônica, pedindo que eu esquecesse meu ex-marido...que ele não merecia aquelas palavras!!
    rsrs
    Nossa! levei um choque!
    Disse-lhe que de maneira alguma aquilo que escrevi era relacionado ao Jairo.

    Era simplesmente um texto falando sobre separações mal resolvidas...

    Desde então descobri que as pessoas nos incluem no que escrevemos... se estou triste, me pedem para superar; se estou feliz vibram me felicitando, mas os textos não definem situações minhas na maioria das vezes.

    Hoje, quando o assunto é polêmico, já vou avisando: não é eu que estou passando por isto,amigos!
    rsrs

    beijos, adorei.

    Maria Marçal- Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  15. @Juanito
    Olá Juanito !!

    Concordo contigo ! Por isso mesmo não devemos misturar as estações e julgar o texto pelo comportamento pessoal do autor, ou julgar o autor pelo que ele escreve e sim apreciar e aproveitar o que está escrito em sua totalidade ;)

    Obrigado pela presença !
    Um abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  16. @manoel
    Olá querido amigo, que bom que veio participar !

    Isso é uma grande verdade e eu comecei a prestar atenção nisso, depois que fiz o texto sobre solteiros e as pessoas acharam que eu estava me separando... e com esta reflexão, pude perceber que eu também ajo desta maneira, sempre associando o autor com o texto e vice versa, mas isso pode turvar nossa interpretação e pode ser que não aproveitemos ao máximo o que está escrito, agora ficarei mais atenta !!

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  17. @Gisley Scott
    Olá querida, seja muito bem vinda !!!

    Assim como você, também já mudei de opinião muitas vezes e o que tenho visto, às vezes , é que alguns autores são discriminados por isso, mas creio que devemos nos ater ao texto e aproveitar o que ele tem de bom e útil para nós, independente do comportamento de quem o escreveu.
    realmente estas mudanças fazem parte do nosso crescimento, por isso devemos respeitá-las em quem quer que seja :)

    Fico muito feliz que tenha gostado e com sua presença ! Obrigada !!
    Um super beijo e boa semana !

    ResponderExcluir
  18. @Samanta SammyNão obstante os erros de digitação, estamos às ordens! Boa semana tbm!

    ResponderExcluir
  19. @GlaucoOlá querido amigo !!!

    Já voltou de férias ?? aproveitou bastante ? espero que sim !

    Sem dúvidas, esta mutação faz parte de nosso crescimento e aprimoramento, por isso é importante respeitar este tipo de mudança nas pessoas, e não deixar que isso interfira em nossa visão e percepção dos textos.
    Às vezes fazemos um ligação tão grande entre texto e autor que acabamos não apreciando o que está escrito de maneira correta, ou acabamos julgando erroneamente o autor.

    Obrigadíssimo pela presença e participação !
    Um enorme abraço e boa semana !!

    ResponderExcluir
  20. @Maria Marçal
    Olá Maria, que bom tê-la por aqui !

    Pois é, sabe que eu também não tinha me dado conta de que a maioria de nós faz isso, acabamos ligando demais o texto ao autor, ou vice versa e acabamos nos confundindo e às vezes até mesmo, deixando de aproveitar e valorizar o verdadeiro sentido do que está escrito.
    Fiquei surpresa ao receber os e-mails achando que eu estava me separando, quando na verdade só dei minha opinião sobre solteiros e solidão, foi então que me toquei disso rsrs e vi que eu também faço isso !! Vou me policiar para apreciar o texto na íntegra sem dar atenção em demasia para esta ligação.
    Boa idéia a sua de avisar quando o assunto é delicado, vou passar a fazer isso, pois estou até com receio de escrever sobre certos temas e ser mal interpretada rsrs

    Obrigadíssimo pela presença e participação !
    Um beijão e boa semana !

    ResponderExcluir
  21. O Internauta do Amor22/8/11

    também acho!
    mas o o mais importante de tudo é quando você é...VOCÊ.
    porque hoje em dia ninguém vende mais gato por lebre. e por isso
    todos nós podemos acreditar na autenticidade de Samanta!

    ResponderExcluir
  22. @O Internauta do Amor
    Olá querido amigo, é um prazer recebê-lo !

    Sem dúvidas, é muito importante manter viva nossa essência, isso só fortalece nossa credibilidade !
    Só não devemos deixar de apreciar e aprender com um texto por questionar o comportamento do autor, ou então questionar o autor por causa de algo que escreveu.

    Obrigada pela presença !
    Um enorme abraço e uma excelente semana !

    ResponderExcluir
  23. Maria Marçal22/8/11

    @Samanta Sammyrsrs
    e esses dias queria tratar sobre mulheres que traem! srrsr

    já viu porque não fiz o texto! rsrsrs

    beijão...vai que achem!!!

    ResponderExcluir
  24. @Maria MarçalPois é Maria !!! também ando com este receio !! se eu resolver postar sobre terrorismo por exemplo.......... hehehe imagina !! beijosss

    ResponderExcluir
  25. Oi Sam!
    Eu escrevo muito sobre minhas experiências, mas também muitas vezes sobre comportamentos e atitudes alheias, que aprovo ou desaprovo, sobre acontecimentos do cotidiano meus e de quem me cerca, e minhas opiniões são as do momento, não significa que não posso mudar ou até estar errada.
    As pessoas muitas vezes lêem apenas partes do texto ou simplesmente tem uma leitura equivocada e saem comentando.
    Continue com seus posts que são ótimos.
    Bj

    ResponderExcluir
  26. Oi Sam, que texto maravilhoso e cheio de sabedoria. Muitos dos texto que posto as vezes tem ligação com meus sentimentos, e outros são mais da vida e do cotidiano diário de outras pessoas. Cada pessoa tem uma forma de entender o que leu. Muito entende errado, mais não tem como mudar isso. Eu particularmente escrevo muito texto e poesia de minha autoria, mais sempre estou arquivando, um dia quem sabe, escrevo um livro rs. Amiga adoro te ler, e acho vc muito sábia pra escrever, continue que esta perfeito.
    Desejo um ótimo começo de semana cheio de coisas maravilhosa pra você. Um Abraço e muito beijim!
    Smareis

    ResponderExcluir
  27. @Simone Audrei
    Ola´querida amiga !!!

    Isso é uma grande verdade, às vezes uma leitura parcial ainda faz mais estragos ! E muitas pessoas levam o assunto a ferro e fogo, associando demasiadamente o autor com o texto ou vice versa, precisamos estar atentos a isso, eu mesma às vezes o faço ;)

    Obrigada pela presença e participação !
    Um beijãooo e boa semana ! já já vou lá pegar meu selinho !!

    ResponderExcluir
  28. OI SAM!!!

    Primeiramente AMEI a imagem da flor no livro.
    O texto que escreveu retrata bem a frase que colocou no facebook.
    E APOIADO...
    Não se pode julgar qualquer pessoa pelo que escreve como disse nem todos seguem ou fazem tudo que escrevem e como aquelas pessoas que dão conselhos e não as seguem, mas dizem para poder guiar a pessoa. Já e tão complicado pra um autor ter coragem e adquirir confiança de mostrar seu trabalho que e complicado e chega até deixar muitos magoados.
    Nesse mundo as pessoas são muito autocríticas em relação a quase tudo.
    Você sabe que adoro o Jacob e tanto eu como você ficamos a babar por aquele homem então uma pessoa do meu Orkut achou o blog e ligou os nomes e feio me encher a paciência dizendo "nossa dá uma de santinha, mas pelo visto de santa não tem nada pelo contrário deixa algumas pessoas ficarem sabendo", imagina quis matar a pessoa. Preferi mesmo ignorar e somente disse que poderia fazer o que quisesse que minha dignidade ninguém conseguisse afetar. A cada dia nós deparamos com seres bizarros e nem precisam ser alienígenas.

    Como sempre e muito difícil não vir aqui no blog e se sentir acomodada e a cada texto ter uma nova opinião e mudanças de pensamentos.
    Amei ler cada trechinho, sempre vale à pena passar por aqui quando preciso desabafar e ler suas opiniões verdadeiras.
    Muitíssimos parabéns.

    Obrigada por passar lá no meu blog e muito bom saber que a cada imagem postada você gosta.
    E nossa menina acredite que também antes de ir dormir fiquei olhando as imagens e daí, deixei escapar alguns suspiros, lógico que pelo Jacob, minha mãe até me perguntou se estava apaixonada, tive que responder pra ela que era pelo Lobão - Delícia... rsrs

    Beijões Sam.

    ResponderExcluir
  29. @。♥ Smareis ♥。
    Olá queridíssima amiga, é sempre um prazer recebê-la !!

    Verdade amiga, não temos como interferir na percepção e interpretação alheia, meu apelo é para que não deixem de aproveitar o que os textos tem de bom, porque às vezes misturam as estações, associando e julgando devido a conduta do autor ou então, pré julgando o autor pelo que ele escreve.
    Amiga, escreva o livro, tenho certeza de que vai ser um sucesso, eu compro !! :)
    Obrigada pelas palavras, fico feliz em saber que gosta de estar aqui para papearmos e saiba que admiro demais você e o seu lindo espaço !! é muito bom visitá-la, sempre aprendo algo !!

    te desejo igualmente um linda semana e agradeço de coração a presença e incentivo !!
    Um mega beijoooooooooo

    ResponderExcluir
  30. Oi amiga!

    Parabéns pelo excelente texto!
    Realmente temos muito em comum nos nossos textos. Admiro muito esse seu poder de analisar determinadas situações do nosso cotidiano.

    Antes de eu criar meu Blog eu visitava alguns, e achava que as pessoas viviam exatamente daquele jeito que escreviam. Depois que criei o meu, percebi que não funciona bem assim.

    Na maioria das vezes, escrevemos sobre algo que gostamos, ou que gostaríamos que fosse, ou até mesmo que vivenciamos. Mas, isso não significa dizer que todo texto é reflexo do que estamos vivendo ou do que somos.

    Existem momentos os quais estou mega triste, e são nesses momentos, que consigo escrever os melhores textos sobre felicidade.
    Quem ler vai achar que sou a pessoa mais feliz do mundo, mas só vivendo na prática para entendermos que nem sempre funciona assim. E isso diz respeito a tudo que postamos!

    Beijos linda, e uma ótima semana para você !

    ResponderExcluir
  31. Maria Marçal22/8/11

    @Isa OliveiraIsa...
    rsrs
    Ah, mas como é certo o que falas...
    E tem dias em que nos tornamos verdadeiros Santos,Divindades do Saber... rsrs

    Mas tudo isto é sensacional quando do outro lado serviu para acrescentar luz à vida dessa pessoa.

    desculpa,Samanta...

    beijos, Isa

    ResponderExcluir
  32. Sammy, concordo com tudo o que foi colocado. Coloco uma ressalva.
    Existe o que escrevemos como autor no dia a dia e podemos colocar que não corresponde à sua realidade.
    Mas tem o texto literário... esse sim, o que contém está longe de pertencer a quem escreve.
    O poeta e o escritor têm uma identidade alheia, ou melhor uma entidade que detém a idéia ou o que vai ser escrito. É um personagem que lhe dita o que vai escrever.
    A pessoa do poeta, do escritor, não tem nada a ver com sua poesia, com sua produção literária...
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  33. Neusapae22/8/11

    Samanta, um bom texto imaginamos logo que é parecido sim com seu autor......
    Mas pensando em inspiração que todos nos sempre sentimos ou ja ouvimos alguém falar...
    Acho que geralmente o autor é como musico.....(eu imagino) O musico que gosta de um determinado ritmo como MPB dificilmente ele vai gostar de forro ou outra....E claro que tera dificuldades para fazer a musica do gosto do outro, não estou dizendo que ele não tem capacidade para tal, porem a forma de fazer é outra. todos percebem.
    Abraços querida Samanta.

    ResponderExcluir
  34. @Gle Montvã
    Olá querida amiga !!!

    Também achei esta imagem tão linda, que não resisti !! rsrs
    Pois é amiga, eu mesma adoro dar conselhos e fazer textos sobre coisas que gostaria de fazer ou pensar, mas nem sempre consigo, se alguém julgar desta forma, pode achar que sou espiritualizada, zen ou algo assim, mas na verdade sou cheia de conflitos e mau humorada kkkk
    Mas são reflexões que acredito que possam ajudar outras pessoas e quem sabe eu consiga realizá-las também, não é mesmo.
    Muito triste este exemplo que nos trouxe, mas mostra bem o que eu quis dizer, as pessoas associam de maneira até cruel o autor com seus textos e gostos pessoais, nada tem a ver gostarmos de um ídolo com nosso caráter pessoal ou índole, só porque admiro alguém, não quer dizer que sou promíscua ou traio meu marido, vê se pode isso ??!!!
    Por isso meu apelo para que tenham bom senso e não julguem os autores por seus textos, e nem os textos pela conduta do autor.
    Uma vez algumas pessoas me disseram que não iam ler o texto de "fulana" porque ela era leviana...mas o texto era incrível e muito bonito sobre solidariedade... quer dizer, deixaram de ter uma ótima experiência por causa deste preconceito.
    Considero este tipo de crítica que você recebeu de extremo mau gosto e de uma falta de discernimento enorme, mas infelizmente acontece, como a Maria citou, que fez um texto e ainda levou bronca da amiga que achou que ela estava direcionando ao ex marido...

    Fico muito feliz em saber que se sente bem aqui, pois a intenção é esta, receber vocês como se fosse minha casa e bater um papo, para ambos aprendermos algo, ou simplesmente desanuviar a mente e o coração :)

    Eu adoro suas postagens, estou me organizando para num tempo extra, ler seus outros textos, e assim nos conhecermos mais !

    Adorei a sua resposta : pelo Lobão kkkkkk tomara que ela não tenha achado que era por aquele cantor da minha época.. ele é meio feio kkkkkkk

    delicious messssssssmooooo !! hahaha

    Amiga, lhe agradeço muito pela presença, pelo papo e pelo carinho, é muito bom tê-la por aqui !

    Um super beijo e boa semana !!

    ResponderExcluir
  35. @Isa Oliveira
    Olá querida amiga isa !!! que bom que chegou !!

    Pois é amiga, ás vezes quando leio seus textos, parece até que adivinhou meus pensamentos ! acho muito legal este tipo de afinidade !! :)

    Sabe, fazendo o texto, percebi que eu também ás vezes acabo pensando assim também, achando que o autor é e sente exatamente como nos textos e isso não é regra...
    Como mencionei pra Gle, certa vez, algumas pessoas me disseram que não leriam determinado texto porque a autora era leviana... perderam uma excelente oportunidade de aprendizado, pois era um belo texto sobre solidariedade... e já na situação inversa, eu postei sobre solteiros e logo acharam que eu estava me separando rsrsrs
    Sem dúvidas, pelo menos no tipo de texto que eu e você postamos, o que escrevemos tem muito de nós, por ser opinião, mas digamos que eu não consiga agir como escrevi...isso não tira o mérito do texto, é esta dissociação que precisamos ter cuidado em fazer para aproveitar mais os conteúdos :)

    Assim como você, é nos momentos de dificuldades que escrevo os textos mais serenos, mas no coração passa um furacão... devem achar que sou Zen ou algo assim nestas horas, mas não é bem assim.

    gata, obrigadíssimo pela presença e pela participação, maravilhosa como sempre !
    mega beijooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  36. @Maria MarçalMaria, sinta-se em casa !! e a Isa é ótima em suas colocações sempre !! adoro !!

    beijocasssss

    ResponderExcluir
  37. @BLOG DE POESIAS DO PROFEX
    Olá querido amigo !!!

    Concordo com sua ressalva, sem dúvidas ! Só não podemos deixar de apreciar este tipo de texto por causa destas associações que fazemos, porque aí estamos perdendo a essência da coisa e dando importância fora de foco.
    Imagine que um poeta goste de textos tristes, isso não quer dizer que seja uma pessoa melancólica sempre, mas infelizmente acabamos vendo desta maneira.
    Outros já acham que o text não presta, porque não apreciam o autor... e nesta confusão que perdemos boas leituras ou boas companhias :)

    Obrigadíssimo pela presença !
    um enorme abraço e boa semana !!

    ResponderExcluir
  38. @Neusapae
    Olá querida Neusa, é um prazer recebê-la !!

    Pois é querida, realmente todos temos um preferência, eu por exemplo nem saberia escrever sobre política porque não tenho conhecimentos e é um assunto que não me atrai muito. Então seguimos a linha que gostamos mais.
    Meu apelo é para não deixarem de apreciar um texto porque não gostam do autor, ou então desacreditar do autor porque ele não seguiu eternamente o que escreveu. Precisamos dissociar uma coisa da outra e apreciar melhor os conteúdos.

    Obrigadíssimo pela presença !!
    um super beijo e um linda semana !!!

    ResponderExcluir
  39. Querida Sam, confesso que ainda não passei por uma experiência como esta. Aquele desenho do como o bonequinho dizendo, "AN?", define bem a minha opinião. O leitor precisa ter bom senso e discernimento, mas pelo visto não é o que acontece. Para eles só posso deixar um, "AN?". Rsrsrsrsrs...
    Adorei o tema e o post!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  40. Neusapae22/8/11

    @Samanta SammyEntendi querida......É um tema importante..Julgar acho pesado rsrsrsr
    Existem livros que li sem nunca acreditar que fosse bom......Depois adorei... Conteúdo, contudo acredito que quando estamos inspirado aquele momento é sublime, talves alguns dias ou mesmo questão de horas ja não estamos bem quanto estamos escrevendo.....Não sei se me fez entender....rsrsrs
    Mas adorei....

    ResponderExcluir
  41. Oi Sam! Você tocou num ponto vital para todos os escritores, poetas e cronistas. A grande maioria dos leitores formam uma imagem, a partir dos textos e muitas vezes essa é uma imagem de alguém perfeito, segundo as suas fantasias. O escritor muitas vezes é alguém que escreve para entrar a imaginação do leitor, fazer ele despertar as fantasias ou os pensamentos mais intimos, até mesmo mostar ao leitor os prós e contras, fazer ele viajar, por mais sério que seja o assunto, mas na verdade o escritor é apenas um ser humano e não um superheroi! BJOS

    ResponderExcluir
  42. Neusapae22/8/11

    @Samanta SammyAcho que tem muito do nosso estado de espirito, tem amigos que recomenda vários livros, musicas...e tem dia que não estamos querendo nada......
    Mas o melhor de tudo é que sempre alguém que de uma maneira talvez delicada, ou sei la aparece, e mostra que podemos deliciar ao som de uma musica ou com livro sem questionar quem são os autores, simplesmente gostamos ou seja abrimos o nosso coração sem perguntar.....rsrsrs
    abraço querida.

    ResponderExcluir
  43. Neusapae22/8/11

    @Samanta SammyQuerida Samanta, aprendi ao longo dos anos que um bom professor é o resultado de um excelente aluno.
    E aprendi que nada sei.....rsrsrsrs
    Vou parar estou inspirada e vou falando sem parar igual uma matraca...rsrsrsr

    ResponderExcluir
  44. Olá querida amiga !

    Concordo com você, já passei por situação parecida e me fez refletir sobre como as pessoas interpretam as coisas que posto, pela maioria só nos conhecer virtualmente, como é o nosso caso. Começam a moldar o nosso caráter através dos nossos textos, o problema é que essa é a interpretação delas em relação aquilo que a gente escreve, então é totalmente aceitável que ela criem uma imagem errada, não que a gente não pense daquele jeito, mas somos muito mais que um simples texto na internet, os fatores externos não existem no momento em que estou editando um post, na vida real as ações e emoções são completamente diferentes.

    Beijos

    ResponderExcluir
  45. Oi minha amada miga!!!
    Muito oportuno o seu texto! Concordo plenamente contigo, pois a escrita nos possibilita a abertura de mundos e eles podem ser nossos ou apenas da imaginação. Escrever, muitas vezes, é libertar-se; é entrar numa dimensão que o mundo real não permite. Claro que muitos escrevem (como no meu caso) aquilo que pensam e sentem, mas isso não significa que sejam verdades absolutas. Como escrevo na linha de auto-ajuda, é importante que as pessoas lembrem que o caminho trilhado pelo autor é uma busca de cura de si mesmo, um compartilhar que agrega tanto para quem lê, como para quem escreve.
    Idealizamos um mundo "perfeito" e quando escrevemos o modo como o enxergamos, não quer dizer que de fato ele seja assim...
    O importante é que através da escrita nos aproximamos das pessoas, falamos com sentimentos parecidos com os nossos, investigamos e buscamos coisas semelhantes (ou não).
    Ninguém é dono de verdades alheias... Somos donos de nossas crenças, mestres de nossas vidas... As crenças podem ser mutáveis e através delas a vida ganha formas diferentes...
    Grande beijo e parabéns (mais uma vez) pelo maravilhoso texto reflexivo!
    Jackie

    ResponderExcluir
  46. Olá Sam! Isto acontece,muitas vezes porque a gente se coloca de modo mais pessoal e conta algo sobre a própria experiência, então tudo o mais a partir daí,fica parecendo que é o que estamos vivendo.No meu caso, grande parte é algo que pensei/senti mesmo,a partir do que vivi ou conversei com um amigo/a, e isto me serviu de inspiração -ponto de partida para reflexão. Sou muito espontânea no que escrevo,geralmente escrevo o que acredito, mas penso que nem sempre nos é dado agir como pensamos, por razões diferentes e, nem precisa ser só porque estamos errados ou mudamos de opinião. A vida não é fácil mesmo,e não vem com bússola! não dá pra seguí-la como uma cartilha,não é? Seríamos quase perfeitos se conseguíssemos.
    Gosto de escrever sôbre minhas buscas, dúvidas e coisas que me emocionam, e o faço geralmente de forma pessoal porque não gosto de apresentar soluções para outros,ou ditar regras,como se tivesse todas as respostas facilmente aplicáveis. Já tive vontade por exemplo de escrever sobre sexo e alguns problemas reais que algumas pessoas enfrentam na maturidade, mas, aí ficaria complicado. Nem tudo estaria relacionado a minha própria experiência, então, chega aquele momento em que você tem de fazer opções sobre o que vai colocar ali, pois o blog vai tomando corpo e características próprias - reflete tanto o que sou quanto aquilo em que o transformei. Pra mim, o meu blog é como um amigo e com ele discuto sinceramente, reflito junto..rs...
    Às vezes conto historinhas para falar destas emoções, são pequenos contos e neles, tudo é possível.
    Como já disse muitas vezes, sinto a vida como movimento constante, mas guardo alguma coerência no todo das idéias que coloco no blog.rs... alguns blogs são assim, acabam com a cara da dona..rs..Meu blog, por exemplo, reflete buscas minhas..rs...mas raramente terá certezas, porque também raramente as tenho. Já tive algumas vezes de me explicar em comentários,por causa do meu jeito,e sei que ainda farei isto algumas vezes talvez, mas não no meu blog, pois lá sou livre para dizer o que penso e quero.
    Vixi! falei demais. Gostei do papo.Beijos
    Vera

    ResponderExcluir
  47. @NeusapaeOlá querida Neusa, adorei a frase que nos trouxe sobre o professor ser resultado de um bom aluno, achei perfeita !
    Concordo contigo, existem dias em que tudo é cinza, mas felizmente, como você mencionou, sempre existe um anjinho que chega de mansinho e nos mostra que mesmo nestas horas, podemos ter bons momentos !
    E pode ficar á vontade, sinta-se em casa para papear sempre ! beijocasss

    ResponderExcluir
  48. Querida Sam, oportuna mais uma vez naquilo que escreve!
    É terrivelmente verdadeiro o tema abordado em sua postagem, e conheço muitos casos em que isso é posto em evidência, e não é só naquilo que escrevemos.
    Não sei como foi no seu País, mas vou contar-lhe um exemplo de como isso é verdade: aqui quando apareceram as novelas, os atores eram insultados/acarinhados na rua de acordo com a interpretação que a sua personagem fazia!
    As pessoas não tinham discernimento suficiente para separar as coisas!
    E infelizmente com a escrita é a mesma coisa, a mim por exemplo, pessoas conhecidas já me têm chamado a atenção em relação à apresentação do meu blog e aos assuntos que escrevo! Dizem que não tá de acordo com as minhas convicções religiosas! ! Onde chega a ignorância!
    Se um escritor se limita-se a escrever só sobre aquilo em que acredita o que seria da ficção!
    Enfim, que podemos fazer, são espíritos pobres e limitados.
    Beijo grande Sam

    ResponderExcluir
  49. Kkk Sam essa foi mto boa, se os autores sao o que escrevem, entao quem escreve sobre cancer ou impotencial sexual entao kkk.

    Como sempre falei, julgar pela aparencia que engana! Tdo que ver pelos olhos sao aparencias, e facilmente caimos nessa uma ou outra.

    Abço e fica com Deus.

    ResponderExcluir
  50. Blog Filadélfia23/8/11

    Concordo plenamente. Boa postagem.

    ResponderExcluir
  51. @Edgard Shigenaga
    Olá querido amigo, que bom recebê-lo !

    Pois é amigo, é um erro comum, que até eu mesma cometo, mas depois que me dei conta disso, vou me policiar rsrs

    Obrigadíssimo pela presença !!
    Um enorme abraço e boa semana !!!

    ResponderExcluir
  52. @Lena Lopez
    Olá Lena, que bom que veio participar !

    Você exemplificou muito bem o que eu quis dizer, acabamos mesmo associando demais os textos com o autor, e ate acho natural, mas é preciso ter discernimento para não julgar nem um nem outro e saber aproveitar o conteúdo sem qualquer preconceito, pois já vi casos onde as pessoas ignoram um bom texto porque não vão com a cara do autor ou então tem má impressão do autor por causa de seus textos.

    Obrigadíssimo pela presença e participação !
    Um beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  53. @Momo
    Ola´querido amigo, fico feliz em vê-lo por aqui !!

    Perfeitas as suas colocações, concordo contigo que todos acabamos associando bastante o autor aos seus textos, mas como você disse, somos mais do que isso, e não devemos deixar de aproveitar os conteúdos por ter uma impressão errada do autor ou então julgar o autor comente baseado no que ele escreve :)

    Obrigadíssimo pela presença e excelente participação, como sempre !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  54. @Jackie Freitas
    Olá querida e amada amigaaaa !!

    Pois é miga, gostamos desta linha mais intimista, mas muitas vezes nem estamos falando de algo que vivemos, mas acredito que todos nós acabamos associando bastante o texto com o autor. Acho isso natural e bom, pois os leitores de certa forma podem nos conhecer mais através de nossa escrita, só não concordo com casos em que vi de autores sendo discriminados por que escreveram sobre determinados assuntos, ou então textos sendo ignorados porque as pessoas não vão com a cara do autor, é preciso saber dissociar um pouco e não perder a oportunidade de conhecer bons conteúdos e boa pessoas :)

    Fico feliz que gostou, sua opinião é muito importante !!
    Um mega beijão da amiga que te lóva !! Obrigada pela presença e boa semana !!!

    ResponderExcluir
  55. @Vera Alvarenga ...
    Olá Vera !! que bom que chegou para batermos um papo !! :)

    Concordo contigo, ainda mais em blogs com a linha dos nossos, que realmente leva muito de nós, porque expomos nossa opinião, sentimentos e sensações.
    Como disse a Jackie, acho isso muito natural e saudável, pois é uma forma de nos conhecerem melhor através do que escrevemos e enriquecer a interação, mas fico triste quando vejo casos onde os textos são desprezados porque as pessoas não gostam do autor ou então onde ignoram o autor por julgá-lo mal por algo que escreveu, aí é preciso um pouco de discernimento para não deixar de conhecer bons textos e nem boas pessoas ;)
    É uma grande verdade que devemos ter cuidado com o que postamos, eu não tinha muito consciência disso até um leitor dizer que eu estava sendo má influência para meus leitores... achei meio exagerado pois todos aqui são pessoas inteligentes o bastante para só utilizar o que digo caso lhe convenha, mas de certa forma, comecei a ser mais cuidadosa para não ser tendenciosa.
    E não falou demais nada, é sempre bom trocarmos idéias, não é mesmo, aprendo muito com todos vocês e me sinto abençoada por ter a oportunidade de fazer esta troca tão gostosa e construtiva !!

    Obrigadíssimo pela presença !
    um beijãooo e boa semana !!

    ResponderExcluir
  56. @ana costa
    Olá querida amiga !!!

    Amiga, aqui é exatamente igual ao exemplo que mencionou, se o ator faz um vilão, ele é até agredido nas ruas, fico chocada com este tipo de coisa !! Em como as pessoas são simplórias neste aspecto !!
    Foi justamente por casos como o seu, onde as pessoas acabam julgando o autor pelo que escreve e às vezes até questionam seu caráter, que resolvi escrever !
    Eu por exemplo gosto de postar sobre reflexões e sobre o que eu acho certo, mas já me atacaram dizendo que não vivo assim... oras, eu não vivo assim, mas isso não tira o mérito do texto e muito menos muda quem eu sou o no que acredito, não é mesmo !
    É preciso muito cuidado com esta associação, pois podemos perder oportunidades de apreciar excelentes conteúdos e também de conhecer pessoas maravilhosas, por causa de um pré julgamento errado.

    Obrigadíssimo por compartilhar conosco sua experiência, que só veio a enriquecer a postagem !!
    Um beijãooo e boa semana !!

    ResponderExcluir
  57. @house
    Olá querido amigo !!!

    É isso mesmo !!! escrevi sobre solteiros e logo acharam que me casamento estava indo pro beleléu rsrs é um ero comum que cometemos, mas em alguns casos pode ser prejudicial para um melhor aproveitamento deste meio tão maravilhoso !!!

    Obrigada pela presença !!
    Um enorme abraço e boa semana !!

    ResponderExcluir
  58. @Blog Filadélfia
    Olá Blog, seja bem vindo !

    Que bom que gostou !!
    Obrigado pela presença e participação !!

    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  59. O ser humano, assim como a ciência, é um produto inacabado, em constante lapidação, por isso é capaz de mudar, de se adaptar, de pensar diferente, de construir conhecimento, de reconstruir conhecimento. Entretanto, é preciso muitas vezes quebrar paradigmas, para que assim consiga enxergar os fatos de uma maneira diferente!

    Beijo...
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
  60. Aiiii SAM voce sempre fala sobre assuntos tão bons!

    Eu procuro ser muito coerente entre as palavras e a ação. Mas eu estou sempre aprendendo. Para este fim, eu preciso pensar, conectar, concluir, mudar, reestruturar o meu pensamento e vida, porque cada dia é um novo recomeço.

    Por anos, mantenho a essencia do que sou, contudo tenho a felicidade de poder acrescentar. Eu acho tenebroso manter firme uma idéia quando tudo conspira contra. Eu sou um ser mutável, quando necessário.

    "O caráter não é esculpido em mármore, não é algo sólido e inalterável. É algo vivo e mutável, e pode tornar-se doente, como se torna doente o nosso corpo. (George Eliot)"

    Beijocas

    ResponderExcluir
  61. Estou entrando no diHITT e a impressão é muito boa quanto à atmosfera. Seus conselhos são preciosos. Abraço! LeMarc

    ResponderExcluir
  62. Oi Samanta, cheguei quase no final né, mas estou aqui, srsrsr!! Amiag acredito que assim como escrever requer certo discernimento, como leitor também é discernimento é fundamental na hora de ler um artigo. Vamos pegando como base um blogueiro que sempre procurar postar o que gosta e acredita e que deixa isso bem claro para os seus leitores, isso não quer dizer que todas as suas postagens é o que ele esta vivendo naquele dia.
    No meu caso nem sempre estou vivendo o assunto que postei, mais creio e defendo e muitas das vezes a primeira a ser abençoada com o artigo sou eu.
    Acredito que como leitores o essencial é tiramos a mensagem que o artigo TEM, é captarmos a MENSAGEM!!
    Lembro que um dia visitando um amigo ele fez um belo texto e uma pessoa no comentário desceu a lenha nele, mas lendo ao artigo com calma e com esse precioso discernimento no final só dava para dizer: Amigo muito obrigada por tão belas palavras.
    Então resumindo concertemos os óculos do discernimento e com toda certeza captaremos a mensagem que o autor postou !!

    Minha amiga te desejo uma bela tarde

    ResponderExcluir
  63. @Elizeu Timóteo Pereira
    Olá querido amigo !!!

    Adorei as suas colocações, vejo exatamente como você e acho que devemos respeitar estas mudanças sem nos deixar afetar por qualquer tipo de preconceito diante desta nossa natureza ;)

    Obrigada pela presença e participação !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  64. @Sissym
    Olááá linda Fadinha !! que bom que gosta dos papos que arrumo pra nós !! :)

    Concordo contigo, também procuro manter a coerência, mas nem sempre sou bem sucedida em fazer aquilo que digo, e fico triste quando julgam o autor ou o texto por causa de algo assim.
    Já vi casos onde o texto é desprezado porque não gostam do autor e onde o autor é discriminado por causa do que escreve... devemos ser mais atentos a isso para não perder boas oportunidades de ler bons textos e conhecer ótimas pessoas !

    Linda frase que nos trouxe !! amei !
    Obrigadíssimo pela presença !!
    Um beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  65. @LeMarcOlá LeMarc, seja muito bem vindo !!

    tenho certeza de que vai gostar muito da comunidade, é um excelente espaço para divulgação, leituras e amizades !!
    Obrigada pela presença !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  66. Kongming23/8/11

    Achei muito interessante o texto e concordo consigo

    ResponderExcluir
  67. @Irismar Oliveira
    Olá querida amiga Irismar, que final que nada, os amigos são bem vindos para um papo a qualquer hora !! :)

    Concordo contigo amiga, este discernimento é muito importante, pois com mencionei a outros amigos, já vi textos sendo desprezados por causa de uma má impressão do autor e autores sendo discriminados por causa dos seus textos, e assim , acabamos perdendo a chance de conhecer boas pessoas e de ler textos maravilhosos !
    O exemplo que nos trouxe do seu amigo descreve bem a situação que eu quis mostrar !

    Obrigadíssimo pela presença e excelente participação, como sempre !
    um super beijo e boa semana !!

    ResponderExcluir
  68. @KongmingOlá Kongming, seja muito bem vindo !

    Que bom que gostou !
    Obrigado pela presença e participação !

    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  69. Eu também já fui alvo de interpretações ou julgamentos não muito interessantes sobre o que escrevo. Escreveo sobre o cotidiano, mas nem sempre sobre o meu especificamente, e como vc bem disse, nem sempre estamos condenados a manter nossa opinião sobre algo. Afinal...Só não muda o que não se move...a gente tem que se mover sempre neh Samanta!rs bjo e mais uma vez...excelente texto!

    ResponderExcluir
  70. Sissym23/8/11

    @Samanta SammySam Sunny Smile!
    É uma situação delicada a de misturar as coisas, infelizmente, alguns leitores fazem isso.

    Existem momentos que realmente gostaríamos de tomar uma atitude perante alguns fatos, só que pensamos desta maneira e não agimos. Não agimos porque não podemos realizar o que queremos, temos opiniao formada só que não a executamos por falta de oportunidade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  71. Querida amiga Sam!
    Como sempre fazes abordagens do cotidiano de forma muito pertinente e rica.
    Realmente ser e escrever difere em alguns ou muitos aspectos.
    Muitas vezes escrevemos por “empatia” com uma causa, história, pensamento, situação, acontecimento, etc. Outras vezes escrevemos sobre nós ou nossa vida, ou ainda podemos escrever sobre o que gostaríamos de ser, enfim!
    O difícil muitas vezes são os leitores saberem fazer esta diferença, entre o que somos e nosso trabalho.
    Parece ridículo, mas ainda encontramos nos dias de hoje atores que são hostilizados na rua por interpretarem alguma megera ou malvado! Mas é seu trabalho!
    Um exemplo clássico são os textos do Fernando Veríssimo, irreverentes, ligados, críticos divertidos. Mas em sua vida pessoal ele é de uma timidez absurda e tão desligado que não sabe quantos quartos tem em sua casa. Claro que são vários, mas ainda assim não combina com um escritor tão perspicaz!
    Ao lermos Agatha Christie sabemos que ela não era uma assassina ou criminosa!

    Parabéns minha linda por mais esta bela
    reflexão!
    Mega beijosssssss!

    ResponderExcluir
  72. Sam qto tempo Amei o novo layout do blog, feliz em ver esse cantinho cada vez mais profissa Bloquearam meu acesso no serviço, ai acabo ficando mais sumida.
    Eu concordo com o que disse, as vezes eu tb não sei de onde surgem assuntos mas no meu caso, sempre tem algo de mim, não sei escrever sem me envolver. Bjs

    ResponderExcluir
  73. Jfelipe23/8/11

    Sammy (Sorriso Mineiro)
    Ruy Barbosa já dizia:
    Uma verdde há que não assusta, porque é universal e de universal consenso: não há escritores sem erros.
    Beijão

    ResponderExcluir
  74. @Rê Michelotti
    Olá querida Rê, é um prazer tê-la por aqui !!!

    Pois é amiga, comigo foi uma situação até divertida, mas infelizmente já vi casos muito tristes onde estas associações vão por um caminho nada agradável e acabam misturando as estações, levantando suspeitas infundadas sobre o autor, ou então, deixando seus textos de lado, por causa de uma conduta que nem é errada e sim natural do ser humano, que é a mudança :)

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um beijão e boa semana !

    ResponderExcluir
  75. @SissymÉ isso aí mesmo linda e brilhante Fadinha !!! você tem uma mente iluminada, fico sempre apreciando o que tem a dizer ! beijocassss plim plim

    ResponderExcluir
  76. @Flora PiresOlá querida amiga Flora !!!

    Que bom que chegou !!!
    Pois é amiga, eu acho até natural que façam esta associação, ainda mais em blogs como o meu, onde tem o que penso, pois assim, podem me conhecer melhor, mas isso não quer dizer que minha opiniões são eternas e imutáveis ou que o texto perde os méritos caso eu mude de idéia...
    Infelizmente vejo por aí, o que mencionei aos outros amigos, textos sendo desprezados porque as pessoas julgam o autor ou então o autor sendo julgado pelo que escreve...
    Nossa amiga Ana relatou esta mesma situação no País dela, mesmo fora daqui, existe este tipo de ignorância onde os atores são rechaçados quando interpretam algum vilão, é mole ??
    Gostei muito do exemplo de Veríssimo e Agatha Christie, sou fã dos dois e o que mencionou descreve bem o que eu quis dizer, imagina se os ignorássemos por causa disso.

    Obrigada querida amiga, pela presença e excelente participação !

    Um mega beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  77. @ReBittencourtOiiii amiga, quanto tempo não nos falamos !!! Adorei vê-la por aqui !!!

    Que bom que gostou, querida, fiz tudo com muito carinho para receber vocês :)
    Nossa amiga, como assim te bloquearam, afff é cada uma né ?
    Também escrevo envolvida e geralmente minha opinião, mas isso não quer dizer que eu não possa mudar de idéia, e às vezes, as pessoas julgam o texto como errado por causa disso, sendo que a conduta do autor não tira o mérito do texto. Já vi situações tristes com relação a esta associação quando feita de forma exagerada...

    Querida, adorei revê-la, seja sempre bem vinda !
    Obrigada pela presença, um beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  78. @JfelipeOlá Felipe !!!

    Opa, acertou na mosca para ganhar um sorriso, adoro quando se referem a mim pelas minhas amadas origens rsrsrs

    Perfeita a frase que nos trouxe, devemos considerar que escritores são humanos, e mesmo com seus erros e contradições, isso não impede que seus textos sejam importantes e relevantes em nossas vidas.

    Obrigada pela presença !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  79. Querida amiga Sam!
    Nossa que texto!
    Arrasou...
    Já pensou se os autores de ficção fossem comparados a extraterrestres?
    Eu como muito escrevi para teatro infantil e adulto, onde os personagens eram totalmente inventados, já fui taxada desde fada boazinha até uma megera louca! Rsr!!!
    Está totalmente certa, temos que separar os textos das condutas dos seus autores!
    Tirar o melhor proveito da leitura e não confundir ou julgar precipitadamente as coisas!
    Imagina quem escreve humor vive rindo?
    Bem pelo menos eu já tive que escrever humor, de mal humor!
    Quando leio um texto, penso na emoção ou sentimento que ele me transmite e não no que o autor estava sentindo naquele momento!
    Sentir as dores ou as reflexões de um autor é trabalho de ator e não de um leitor!
    Bem mas como você, eu digo: É também minha humilde opinião!
    Excelente, como tudo que publica sempre!
    Beijos Marciais uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  80. Oi Samanta!
    Pois é, escrever num blog é complicado, muitas vezes.Temos esses momentos, em que desejamos expressar o que estamos sentindo e/ou pensando, mas são, algumas vezes, só momentos. O problema é que ficam "gravado na pedra" e meio que permanentes...
    Acabamos nos expondo mais do que percebemos, então é necessário ter jogo de cintura. Mas tem o lado bom, também, podemos muitas vezes perceber que nosso jeito de ser, que por vezes nos parece um tantinho estranho ou peculiar, é compartilhado por outras pessoas.
    Um abraço e muito sol e calor neste resto de semana!
    (já não aguento mais tanto frio aqui pelas minhas bandas, então se você tiver sol e calor por aí, manda um pouco pra cá...)

    ResponderExcluir
  81. Vera Alvarenga24/8/11

    @Alba SimõesAlba e Sam, bom dia!
    Adorei este comentário da Alba!! "Sentir as dores ou as reflexões de um autor é trabalho de ator e não de um leitor!" ótima esta frase, queria ter boa memória para gravá-la! kkk... e discriminar autor por causa do texto ou pensar que o conhece só pelos textos é um erro.
    Eu penso que coloco muito do que sou e acredito nos textos, claro, mas também observamos a vida e criamos personagens que a descrevem. Já escrevi como se fosse um homem, e também criei muitos personagens em contos infantis e numa peça de teatro infantil. Por momentos posso estar em cada um dos personagens,mas não dá pra ser apenas um deles. Quanto mais empatia pudermos sentir, mais personagens diferentes poderemos inventar.
    Beijos e bom dia pra vocês.

    ResponderExcluir
  82. Bom dia sam,
    Seu texto realmente apresenta o que acontece, vou te confessar que as vezes tenho vontade de escrever algo que não tem nada haver com minha vida pessoal,mas me limito pra não receber certos tipos de comentários,e ter que ser um pouco mal educada, algo que não vem de mim,as pessoas realmente devem ler com carinho os textos, dar importância ao conteúdo,dar créditos ao autor merecedor de tal obra e buscar analisar e contemplar o texto e não o a vida do autor,afinal na vida se escreve de tudo, e tudo nos motiva a inspirar,sou um pouco romântica, falo de tudo um pouco, mas sempre escrevo sobre o amor, mas nem tudo que escrevo é o que estou vivendo no momento, mas sim tentando passar pra alguém que irá ler algo que possa estar acontecendo com ele.Isto é bom e nos motiva a escrever.Mas sempre lembrando que é a obra que deve ser o foco no momento.

    Beijos ,tenha um lindo dia e gosto de ver este gatinho ai no rodapé do seu blog,(risos)..

    ResponderExcluir
  83. Sam....

    Realmente não se consegue agir de modo sempre igual a muitos pensamentos pois o coração sempre tem a algo a dizer. Erramos todos; eu erro, tu erras, mas errar a vida toda, isso não faço. Serei uma pessoa fria para com a maioria? Não. Faço que as pessoas se sintam bem ao meu lado enquanto assim também me o fazem estar.

    O presente não é só a parte de fora do embrulho, mas sim o seu interior, pois esse sobressaindo um pouco menos no final de contas, a base é essa mesma: o que está dentro daquele embrulho! E com nós passasse exactamente o mesmo: podemos não ser sempre iguais, pois as situações são sempre diferentes, mas caso necessites agir com consciência, será a base de todo o teu ser e de tudo o que acreditas, que irá exaltar e expor exactamente o que és e pretendes da vida.

    Assim eu o sou, ou não serei? kkkkkkkkkkkk

    Fiz-me entender? talvez nem eu mesmo já entenda o que diga: o dia foi péssimo mesmo rsrsrsr

    ResponderExcluir
  84. Jfelipe24/8/11

    @Samanta SammySei disso Sorriso Mineiro. Minha mãe nasceu nas alterosas UAI!
    Beijão

    ResponderExcluir
  85. Menina Sorriso, meu boa tarde pra você!

    Querida, seu texto é muito bom e de alguma forma fico imaginando a sua reação diante de comentários esdrúxulos quais esse, de que você poderia estar se separando e talz.
    Por mais que eu tenha gostado e entendido o que você quis dizer, permita-me, meu doce, discordar de uma única passagem que, por mais que soe como soberba minha, eu tenho que argumentar contigo.
    Não somos TOTALMENTE o que escrevemos, é verdade - seres humanos são falhos -, mas somos quase 100% do que escrevemos!
    JAMAIS poderia eu, por exemplo, enfocar como certa num post, a atitude de pessoas que maltratam animais.
    Eu teria que dar meu parecer moral de qualquer maneira, isso é de mim, Mary Miranda, o lado escritora que se dane!
    Se há pessoas que vão me crucificar, ando pra elas, porque a humana Mary Miranda vai ultrapassar os limites de uma mera escrita e se fará valer da personalidade de justiça!
    Aprendi no teatro, amiga, que um bom ator é aquele que tem a cara-de-pau de ser ele próprio num palco, ou seja, que empresta de si mesmo seus elementos mais loucos, deixando-os aflorar.
    É porque, no fundo, todos nós somos um pouco de tudo: bons, maus, loucos, sãos, limpos, sujos, etc.
    Agora destaco a você porque eu poderia soar como soberba.
    É que aprendi também que, quando não queremos falar de si, que escrevamos em 3.a pessoa!
    Quando queremos aflorar nossas loucuras inconfessáveis, e até sermos perversos, lasquemos o "ele" ou "ela" de maneira ampla.
    É o jeito de sobrevivermos sem apedrejamentos! rsrsrs
    Quem fazia muito uso disso era o grandioso genial Fernando Pessoa que, através de seus heterônimos, escrevia o que vinha na mente, sendo que mais da metade do que lançava por escrito, eram fragmentos reais de sua personalidade confusa (não sei se você sabe, mas ele sofria de fugas de realidade...).
    No que concordo plenamente contigo (onde é que assino?) é o fato de que pessoas mudam de opinião!
    Nesse caso é louvável um enfoque do tipo: "Agora penso assim!" porque, não parece, mas opiniões de pessoas de boa conduta (como eu, como você) servem de exemplo, e se mudamos de opinião de um extremo ao outro, vai soar como hipocrisia, então, o uso do "ele", "ela", novamente tem a sua importância!... kkkkkk
    Claro que estamos falando de blogs porque, se escrevermos romances, com seus múltiplos personagens, a visão será dada pelos olhos deles, e literalmente, a coisa muda de figura...

    Doce amiga minha, mil desculpas se não fui muito clara ou te chateei de alguma forma!
    Acho que esses bons meses que nos conhecemos já nos permitem a franqueza, não?
    Mais uma vez desculpas por qualquer coisa!

    Beijos e saiba que, de qualquer maneira, adorei seu post!

    Mary:)

    ResponderExcluir
  86. @Alba Simões
    Olá minha queridíssima amiga Alba !!!

    Que bom que gostou amiga !! Sua opinião é muito importante e bem vinda !!
    Amiga, seu exemplo mostra bem como ainda fazemos associações ás vezes exageradas, e acho natural, mas em alguns casos, não é interessante para ambos os lados.
    temos que fazer uma forcinha e focar no texto ! Já vi muitos textos ignorados por causa de antipatia com o Autor ou algum preconceito que surge nem nem ao menos se aprofundar no assunto ou conhecer a pessoa, isso é lamentável, pois perdemos ótimas oportunidades de conhecimento e aprendizado ;)
    Você age certíssimo ao focar na mensagem do texto e não se o autor faz aquilo, se deixa de fazer, se está se contradizendo, pois o que interessa é se a mensagem é relevante para nós e podemos usá-la de forma útil.

    Obrigadíssimo pela presença !!
    Um mega beijão marcial minha amiga !

    ResponderExcluir
  87. @Vera AlvarengaOlá Vera !!! é isso mesmo amiga, o foco deve ser sempre na mensagem !
    é natural a associação e até saudável, mas se for exagerada, acabamos confundindo as estações e perdendo oportunidades de apreciar belos textos e pessoas maravilhosas :)
    uma beijocas pras duas !

    ResponderExcluir
  88. @euemeuimbigo
    Olá querida, como vai ? Que bom recebê-la !!

    Perfeita a sua colocação !!! Escrever em blog, em livro , etc é mesmo uma faca de dois gumes, pois fica gravado, eternizado e solidificado como mencionou.
    Eu mesma já fui questionada e até xingada por algo que escrevi faz tempo, e que hoje em dia nem penso igual, mas enfim, a coisa tava lá e me lasquei rsrs
    Concordo contigo que esta associação tem seu lado bom, que é o de dar a oportunidade dos leitores e amigos nos conhecerem melhor, é só termos cuidado para não ser radicais e nem exagerarmos na dose, afinal, em qualquer assunto, equilíbrio é tudo :)

    Nem posso te mandar sol, porque aqui tá tudo cinza e um frio de lascar o côco !! afffff
    vamos fazer uma corrente mental kkkk

    Um beijão e obrigadíssimo pela presença !!

    ResponderExcluir
  89. @Cecilia sfalsinOlá querida Cecília !!

    Pois é amiga, eu até um tempo atrás não tinha esta noção da associação exagerada que algumas pessoas fazem, mas um leitor me chamou atenção pra isso, e conversando com uns amigos, vi que isso acontece muito e alguns até desanimam de postar porque são julgados pelos seus textos , enquanto outros tem seus textos ignorados por causa de alguma antipatia pessoal...
    É isso mesmo, o foco deve ser sempre na mensagem, se for relevante e nos auxiliar, que maravilha !!

    Querida, eu sou apaixonada por bichinhos e quando me mudei pra Sp, tive que deixar minha gatinha na casa da minha mãe por não ter espaço, então esta figura é uma homenagem a ela :) aliás você me deu uma ótima idéia, vou colocar a foto dela !

    Um super beijo e muito obrigada pela presença !!

    ResponderExcluir
  90. @Cubo MágicoOlá Joel !!! que bom que chegou pra papearmos !

    Perfeita a sua colocação, às vezes temos um bom conselho a dar ou uma visão prática de algo que sabemos que funciona perfeitamente, mas aplicá-la em nossas vidas nem sempre é fácil e nem sempre dá certo, pois como mencionou, todos erramos, mudamos de idéia, etc, mas o importante, é aprender com isso, portanto a mudança do autor não desmerece os textos passados, se a mensagem é útil ou relevante para alguém, será sempre válida.
    Gostei da sua comparação com o presente, penso desta forma também, é tudo mais complexo e mais completo do que a primeira impressão do embrulho.

    Querido, amanhã é um novo dia ! deixo aqui meu desejo de que seja muito melhor do que o de hoje !
    mas fazer o que né, todos temos nosso Dia de Cão rsrs

    Obrigado pela presença e pela conversa !
    beijão

    ResponderExcluir
  91. @JfelipeUai então ela sabe como me sinto !!! beijos procês !!!

    ResponderExcluir
  92. @Mary Miranda
    Olá querida amiga e Musa da escrita !!!

    Pois é querida, imagina minha cara nesta hora ?? Um misto de boca aberta, com espanto e no final, riso kkkk
    Mas a coisa é tão forte em nós, que no dia em que escrevi sobre amante, até meu marido veio me perguntar porque eu tinha feito aquele texto kkkkkkkk é mole ??
    Entendi perfeitamente suas colocações e te confesso que aprendi com elas, pois na minha humilde ignorância, nunca me atentei para escrever na terceira pessoa !! aliás acho que deve ser difícil pra burro, mas vou tentar hehehe Valeu a dica,que aliás vou compartilhar com alguns amigos que comentaram aqui no blog, sobre situações desagradáveis que passaram com textos mais fictícios.
    Já outros infelizmente tem problemas com os textos pessoais, alguns reclamaram que foram julgados pelo que escreveram, e tiveram até seu caráter, crença e fidelidade questionados, isso é lamentável.
    Precisamos focar na mensagem do texto, se é boa, e o autor não pratica, azar o dele né ?
    E ás vezes, como disse pro Joel, sabemos aconselhar e sabemos o que é certo, mas na hora de aplicar em nossas vidas...hummm que dificuldade ! mas isso não tira o mérito e o valor do que foi escrito, não é mesmo !
    Outra coisa que me inspirou também, é que vi um belo texto sendo ignorado porque disseram que a autora era leviana ! detalhe, nem a conhecem !! afff
    Olha que belas oportunidades perdidas por associações exageradas...
    mas de forma alguma você me soou arrogante, fica sussa, meu bem !!
    Aceito dicas de todos os tipos e gêneros !! estou aberta a qualquer aprendizado construtivo e isso você tem muito pra nos oferecer !!
    E seu final é perfeito para complementar o que eu quis dizer, se amanhã eu achar que devemos fazer associações exageradas... é uma coisa minha, mas isso não irá tirar o que eu quis passar de bom, nesta postagem :)

    Amiga, valeu mesmo o papo !! Obrigadíssimo pela presença, carinho e belíssima participação como sempre !!
    Um mega beijooo

    ResponderExcluir
  93. Anônimo24/8/11

    Sam querida, te conheço só por e-mail e há tão pouco tempo... vc sempre me acudindo nos sufocos de iniciante no mundo blog, sempre tão gentil.
    Obrigada de novo, de coração.
    (é a Mariana, dos ets no feed kkk)

    Acabei de ler esse texto maravilhoso e aí me dei conta que as pessoas julgam muito facilmente qualquer coisa do outro: não só textos, como roupas, jeito de se expressar, e até atitudes boas. Não tem um monte de gente que desce a lenha em quem ajuda os bichos?

    - Com tanta criança morrendo de fome...

    Não é assim? rs.
    E como vc disse aí em cima, ai de ti se mudar de ideia amanhã sobre o que escreveu hoje! Pronto, é incoerente, instável, não dá pra confiar rs.

    Pois mudar de ideia é a maior prova de evolução. Já pensou se o mundo nos parecesse hoje exatamente como era na infância ou na adolescência? kkk

    Beijos querida, muita Luz sempre no seu caminho

    ResponderExcluir
  94. Olá Sam!
    Na verdade o leitor, grande parte das vezes, confunde o autor com o personagem. Quando não há personagem, tudo o que escrevemos é recebido no outro lado como uma experiência. rsrs
    Uma vez escrevi uma pequena história sobre o suicídio. Trata de alguém perdido num estado depressivo, que se suicida. Sobre esse post recebi mensagens de apoio implícito e explicito e, o mais curioso é que recebi dois mail's de profissionais (dois psicólogos), que se ofereciam delicadamente, para me ajudar graciosamente.
    Beijinhos Sam e parabéns por este óptimo artigo!

    ResponderExcluir
  95. @Anônimo
    Olá minha querida !! que prazer recebê-la aqui !!!

    Gostei da especificação, dos Ets do feed kkkkkkkkkk confesso que achei muito engraçado quando li !
    Amiga, é um prazer ajudar sempre, se eu puder, é só pedir :)

    Você fez uma ótima observação, realmente este tipo de julgamento está em todo tipo de situação e nunca é construtivo !
    verdade, querida, imagina se nunca mudássemos de idéia ? o Mundo não progrediria !!

    Obrigadíssimo pela presença !!
    Um mega beijo e um ótimo fim de semana !!

    ResponderExcluir
  96. @Luisa L.
    Olá querida Luísa, é um prazer tê-la por aqui !

    Acredito que todos nós acabamos fazendo associação do autor com o texto e por um lado acho saudável, pois desta forma o leitor pode nos conhecer, mas de forma exagerada, acaba sendo uma atitude que prejudica. Vi textos sendo ignorados porque as pessoas tinham uma má impressão do autor e vi autores sendo mal interpretados, por causa de seus textos... aí já não é legal.
    O exemplo que nos trouxe mostra bem isso, no seu caso, mostrou um lado bom, ou seja o da solidariedade das pessoas, e isso é muito bonito, só não devemos deixar que a associação seja destrutiva :)

    Muito obrigada pela sua presença, adorei !
    Um beijão e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  97. olá Samanta boa noite,
    para você um maravilhoso fds e um grande abraço.

    ResponderExcluir
  98. @Lúcia Soares
    Olá minha querida amiga, obrigada pelo carinho !!

    Lhe desejo igualmente um lindo fim de semana !!
    beijocassssss

    ResponderExcluir
  99. Sam, minha querida dei uma passadinha rápida só desejo um ótimo fim de semana cheio de coisas maravilhosa. Obrigada pelo carinho! Beijo grande!

    Smareis

    ResponderExcluir
  100. Olá Samanta!

    Mais uma bela postagem. Muitos confundem o autor e a obra, o ideal e o real, o criador e a criatura. Cativos de um literalismo, que lhes tolda a percepção, não conseguindo compreender a não rara dualidade escritor/escrito.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  101. @。♥ Smareis ♥。Olá querida amiga, que fofa, adorei receber seu recadinho !!
    Eu é que agradeço sua atenção !
    Um mega beijoooo e um lindo domingo !!! :)

    ResponderExcluir
  102. @Antonio Pereira (Apon)Olá querido amigo, como sempre nos brindando com colocações perfeitas e pertinentes ! Não tenho o que acrescentar ao seu comentário, pois descreve muito bem o que eu quis dizer de maneira muito clara e verdadeira !

    Obrigada pela presença !
    Um enorme abraço e bom domingo !! ;)

    ResponderExcluir
  103. Alexandro28/8/11

    Oi minha princesa
    Concordo plenamente com seu texto,acho também importante o autor dar o exemplo em harmonia com que escreve,se porventura ele errar ele pode humildemente se desculpar,corrigir o texto e continuar escrevendo a sua mudança de atitude ou ideia isso demonstra equilíbrio de sua parte.Certamente ganhará respeito de seus leitores e os mesmos o apoiarão.É importante a pessoa demostrar exemplo pelo que escreve pois demostra que tem personalidade,caráter,e não é instável.Bjs!!!!

    ResponderExcluir
  104. @Alexandro
    Olá Alexandro, seja muito bem vindo, sempre !

    Concordo que a coerência é muito importante para a credibilidade do blogueiro, aliás para qualquer pessoa, só fico triste ao perceber que às vezes, as pessoas ignoram um texto por causa de alguma má impressão do autor, ou então, julgam mal o autor por causa de seus textos. Com isso, perdemos ótimas oportunidades de apreciar boas leituras e de conhecer boas pessoas.
    Mesmo que o autor se contradiga, o importante é focarmos se a mensagem que ele passou é importante, verdadeira e relevante ;)

    Obrigadíssimo pela presença e participação !
    Um enorme abraço e bom Domingo :)

    ResponderExcluir
  105. @Samanta SammyOi Flor.... o blog dele é um blog feito para os funcionários da empresa em que trabalha... lá ele trabalha vários temas corporativos e de crescimento pessoal...
    Na grande maioria das vezes tenta gerar uma polêmica para chegar a um resultado de cultura organizacional.... foi o caso deste texto que mandei a ele, que fala sobre "O Chefe pode".
    O texto ficou no meu computador de casa, que resolveu virar um rebelde sem causa....hehehehehehe
    Assim que meu computador voltar a funcionar eu te mando!
    Beijussssssssss

    ResponderExcluir
  106. Olá Sam

    Em partes somos sim o que escrevemos e assim como há as estações do ano mudam e cada uma a sua maneira somos nós que escrevemos sobre o que sentimos,vemos nos contaram e aquele ouvi falar.

    Mesmo escrevendo em 3ª pessoa ainda tem os desavisados que creem fielmente naquilo que talvez não condiz com nossa situação real e sim de nossa criação ou mesmo de outro alguém.

    Isso de devem pode ser pela veracidade com que o autor demonstra naquele texto e isso de certo é bom.


    Um Abraço

    ResponderExcluir
  107. E acrescentaria que somos o que lembramos também, as nossas lembranças que as vezes age em nós, sem nem mesmo sabermos. Amei seu blog Sam. Excelente texto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  108. @Fábio Siebra
    OLá querido amigo !

    Concordo que muito do que escrevemos é parte de nós, pelo menos no nosso caso e acho até saudável que as pessoas façam esta associação, pois assim podem nos conhecer melhor e até se identificar conosco, só não acho válido quando esta associação prejudica ou o texto ou o auto, pois já vi autores sendo julgados por causa de algo que escreveram e textos sendo desprezados por causa de alguma impressão errada que tiveram do autor.

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  109. @LizamaOlá querida, seja muito bem vinda, sempre !! Fico feliz que tenha gostado, sinta-se em casa !

    Concordo que muito de nosso textos levam também lembranças, só não podemos deixar um pré julgamento nos atrapalhar na hora de fazer boas leituras, julgando mau o autor ou o que escreveu por causa de associações exageradas :)

    Obrigada pela presença !
    Um beijãozão e boa semana !!

    ResponderExcluir
  110. Anônimo8/9/11

    Oi:), chamo-me Darth_Vader e adorei imenso da tua página! Muito linda muito bem! rnConcordo muito bem com tudo aquilo que aqui. Existe sempre há tanto para avaliar nos blogues!Nada nada mais intrigante do que por a nossa escrita espalhada pelo mundo!E por tudo isso escrevi este comentário! rnÁ semelhança de ti também eu tenho um forum de poker, passa por lá e deixa a tua postagem como eu fiz aqui...adorariamos muito de lá ter alguém como tu.... rnBye Bye :)

    ResponderExcluir
  111. @Anônimo
    Olá Darth, seja muito bem vindo, fico feliz que tenha gostado daqui, sinta-se em casa !
    Concordo contigo, existem tantas maravilhas na internet, vamos aproveitá-las sem misturar as coisas de uma maneira prejudicial, não é mesmo !
    Irei visitá-lo sim :)

    Obrigado pela presença e participação !
    Um enorme abraço e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  112. Discordo desse texto. Ele é raso demais para explicar a complexidade texto - autor. A autora desse texto tem a intenção de se redimir por alguns ataques sofridos na hora de escrever suas coisas. Recomendo a todos não cair nesse discurso simplicista. Muito do que postamos são frutos das nossas experiências em escolas, igrejas, universidades, educação familiar, dentre outras. Quando postamos uma opinião, pode ter certeza que ela está cheia de cargas ideológicas. É claro que a autora desse texto, pode ter postado algo insignificante, o que fez algumas pessoas comentarem e chegarem a conclusões, a qual incomodou-a. No geral, somos o que escrevemos, pois não podemos nos esconder a vida inteira do que entendemos do conceito de classe, raça e gênero. Lamentável você pegar uma coisa sua, uma exceção baseada na sua vida, para propagar um texto tão vazio!

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! É a sua participação que abrilhanta este espaço! Sinta-se em casa :)

emo-but-icon

Autora do Blog

Sobre a autora e o Blog Facebook Instagram Google Plus Twitter Image Map

Novas

Comentários

SERVIÇOS

Ebook Gratuito - Blog Sucesso a Jato

Ebook Gratuito - Blog Sucesso a Jato
11 dicas p/ você começar a ter Sucesso Online

No Vrsam

  • …

    Postagens
  • …

    Comentários

Feed-se

Icon Icon

Google+

Facebook :)

Facebook

Instagram

Amigos

Recomendação de leitura

Destaques do Mês

item