Agressividade Negativa - Desvendando os Encrenqueiros

"A agressividade é uma forma de mascarar a fraqueza”
(The Secret)

Olhar perverso

Existem dois tipos de agressividade : a negativa e a positiva, isso é algo muito comum no cotidiano, uma reação normal do ser humano devido ao seu instinto de sobrevivência e preservação.
Todos passamos por momentos de raiva e situações onde é necessário ser mais contundente e firme, mas o foco deste texto é sobre o lado negativo, aquelas pessoas que reagem exageradamente a todos os acontecimentos corriqueiros como se fossem guerras, grandes afrontas pessoais ou invasão de seu espaço e cultivam um espírito belicoso em qualquer situação banal, criando confusões por qualquer motivo.
Geralmente ligada a questões de um complexo de inferioridade e baixa auto estima, esta conduta acaba sendo uma maneira de compensar seus fracassos, constrangendo os demais, punindo o mundo que acredita ter lhe feito mal, conseguindo assim uma falsa sensação de poder, vitalidade e alívio momentâneo para suas dores internas.

" A agressividade continuará no topo comportamental da pessoa quanto maior for sua necessidade de atenção ou carência." (Antônio Araújo - Psicólogo)

Esta revolta acaba gerando um descontrole constante diante de qualquer frustração seja ela significativa ou não e se manifestando também como uma maneira de combater o próprio tédio se envolvendo em interações acaloradas e provocando uma resposta daqueles que no fundo julga que o menosprezam, classificando, desqualificando, caluniando as pessoas e até fantasiando situações na tentativa de impor o que deseja e no fundo convencer mais a si mesmo do que aos outros.

Outro ponto importante é que este sentimento geralmente está aliado a inveja, pois a incessante comparação que fazem em todos os aspectos e a raiva crescente que sentem acabam gerando este conjunto de sentimentos, uma combinação bombástica e perigosa que pode resultar em paranóia e mania de perseguição.
Em alguns casos a agressão não é apenas verbal ou física e sim em atitudes veladas na tentativa de prejudicar alguém de alguma forma para sentir-se superior.

Agressivos muitas vezes são ovacionados pelas suas colocações e atitudes, mas esta é uma admiração doentia, pois nasce  naqueles que enxergam neste comportamento algo que lhes falta, ou seja, a coragem de expor sua fúria reprimida e devido a isso se encantam diante de manifestações de grosseria, acreditando que esta seja a personificação de uma pessoa sincera e autêntica e que agressões são a única forma de se impor e conseguir algo.
Mas não se enganem, sinceridade, autenticidade e firmeza podem e devem ser expressadas com educação, respeito e elegância.
O que os encrenqueiros não entendem é que conquistas baseadas na agressão ou na manipulação tem como resultado apenas medo, insegurança, pena e desprezo, viram até motivo de piada e não alcançam o respeito e admiração tão almejados e pelos quais lutam avidamente.

Como lidar com isso : Uma escolha que depende de nós

Não permita que este tipo de atrito mesquinho macule o seu equilíbrio, não se abale com provocações imaturas, não gaste suas energias em discussões que não levam a nada e que só visam a disputa de poder ou então a necessidade de mostrar que sempre tem razão.
Evitar este tipo de conflito não irá manchar sua imagem e nem desabonar suas convicções e crenças, muito pelo contrário, demonstra bom senso e prudência.
Quando estamos seguros de quem somos e de nossas atitudes, não é preciso provar nada a ninguém, muito menos participar de lutas desnecessárias com pessoas medíocres e desequilibradas que tem como único objetivo nos desestruturar e descarregar seus conflitos mal resolvidos em qualquer um.

Não alimente os agressivos em seus devaneios, não coloque mais lenha na fogueira das vaidades, se precisar expor seu ponto de vista ou se defender, use argumentos fortes, mantenha a calma, não levante a voz e não se nivele a baixarias, desta forma pode ser que consiga apaziguar o instinto desagregador do outro e chegar a um consenso racional.
Se nada disso der certo, considere a possibilidade de ignorar totalmente esta pessoa, pois geralmente estão cegos e surdos para qualquer argumentação e só querem mesmo a satisfação de manter viva no ar a discórdia...

Insistir em lidar com pessoas assim na maioria dos casos é inútil e desgastante, pois o Inferno arde em seu interior e estão desesperados tentando envolver todos neste caos que os dominam, custe o que custar...
Quando se deparar com alguém deste tipo, controle seu ímpeto de revidar ou se justificar, simplesmente olhe para o outro lado e siga se dedicando a lutas mais construtivas e produtivas, usando sua força, energia e coragem para algo importante, útil e batalhas que realmente valham a pena.
Se você é o agressor, tente mudar seu comportamento ou procure ajuda para conseguir um estilo de vida mais tranquilo e interações mais saudáveis, pois a agressividade negativa pode lhe prejudicar de maneira irreversível .
Como sugere a frase abaixo, não lute ou perca seu tempo com quem não merece esta honra.

"Assim como o lutador, o guerreiro da luz conhece sua imensa força e jamais luta com quem não merece a honra do combate."
(Paulo Coelho)

Beijos! :)

* Este texto foi baseado em pesquisas mas também expressa minha opinião pessoal.
autora Autora

Mineira morando em Sp, geminiana, casada. Apaixonada por atividades físicas, já pratiquei natação, Taekwondo, Muay Thai, Kick Boxing, atualmente treino musculação e sou aprendiz de corredora :) Blogueira por amor. Este espaço foi criado com a intenção de interação e diversão, seja muito bem vindo(a)!

Recomendados

reflexão 4061480454349795067

148 comentáriosBlogger

  1. É, infelizmente quando uma pessoa está mal consigo mesma tudo o que ela vê e faz é mau. O negócio nesses casos, ou quando alguém assim se apresenta é praticar o mais difícil dos dons: o silêncio. Abraço [ ]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isaias !

      Pois é amigo, quando nos deparamos com alguém que coloca em suas ações seus conflitos internos, muitas vezes a melhor conduta é a que mencionou, o silêncio; direcionar nossas energias para o que vale a pena :)

      Obrigado pela presença ! Grande abraço e boa semana !

      Excluir
  2. Oi, Sam! Maravilhoso seu texto. Penso que as pessoas que perdem a razão constantemente e querem ganhar as coisas no grito são aquelas que, em geral, não tem razão ou não tem bons argumentos. Convivo com alguém assim e cheguei à mesma conclusão do texto, de que o melhor a fazer é ignorar, porque no fundo são pessoas inseguras que só querem chamar a atenção, mas não entendem que estão prejudicando quem está à sua volta. Um grande abraço, tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bia querida !! :)

      Que bom que gostou ! Durante muito tempo eu acreditava que valia a pena confrontar este tipo de pessoas, mas no fim vi que estava apenas me tornando uma encrenqueira também e me desgastando à toa, foi então que comecei a mudar minha forma de agir para ser menos reativa e também para ignorar aqueles que querem nos envolver em seus conflitos.
      Assim como você também convivo com pessoas que fazem de tudo um cavalo de batalha e isso também contribuiu para esta minha pesquisa e reflexão ;)

      Obrigadíssimo pela presença, um super beijo e que sua semana seja ótima :D

      Excluir
  3. Oi Sam!
    Isso que vc falou é um bug dos comentários em javascript (eu uso o sistema antigo com opção de resposta), só sei dese tutorial, mas não cheguei a testar: http://www.fazermeublog.com/2012/02/regras-pra-comentario-abaixo-e-emcima.html

    espero que ajude e precisando...é só chamar!

    bjaoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá lindona, nossa como você foi rápida !!! que belezaaa :D
      Agradeço muito sua boa vontade em ajudar, vou ler o artigo ;)

      Obrigadíssimo, viu ! Super beijo e boa semana !! :D

      Excluir
  4. Oi minha amiga querida!
    Saudades e quanto tempo não passo por aqui, né? Falta de tempo, correria e cansaço...rsrs...você sabe!
    O seu texto me fez lembrar imediatamente de algo que o meu pai dizia: Medo e respeito são coisas totalmente diferentes! Infelizmente algumas pessoas acreditam que a agressividade causam medo nas outras e, por esta razão, elas serão respeitadas... Acho que a melhor definição seria ignorância, pois estão muito longe do reconhecimento saudável e positivo, aquele que eleva as qualidades e valores. No final das contas, essas pessoas sempre se resumirão aos seus atos pequenos, pois é assim que elas são.
    Grande beijo, minha linda e perdoe por não estar aqui com mais frequência e pontualidade! Como sempre é um grande prazer te ler e refletir com você!
    Jackie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Miga queridaaaaaaaa :)

      Que saudadesss too ! Ah miga não esquenta, sei muito bem como está sua rotina e conosco não tem esta né, quando chegar , chegou ;)
      Sábias palavras do seu pai, é exatamente assim, conquistas feitas pela agressão não trazem bons resultados e podem prejudicar a vida de todos os envolvidos, para ser respeitado não é necessário sair por aí impondo e agredindo as pessoas...
      Sua colocação sobre ignorância está perfeita, concordo !

      Gatona, adorei papear um cadinho, obrigadíssimo pela presença e carinho, love you !! Muchos beijos e boa semana !! :)

      Excluir
  5. Olá Sam! Que realmente possamos todos nos unir por um mundo melhor, pela paz, pelo humanismo verdadeiro...Infelizmente somos muito imperfeitos e pouco humanos para entender que a vida renasce todos os dias, mas o dia perdido jamais será o mesmo e que talvez as oportunidades também! Aceitar é abrir a porta do conhecimento para um caminho melhor e mais iluminado ; é começar a entender que o que pensamos ser o fim é apenas o início de uma nova jornada, de uma vida mais plena, aberta ao eterno, ao aparentemente imaginável se tornar o possível. Agressividade gera agressividade, qualquer que seja o tipo. Ótimo início de semana! Abraço carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elaine querida !!

      Que lindas palavras, muito edificantes, obrigado por trazê-las para nós, realmente somos seres imperfeitos e muitos sequer se esforçam para ter uma convivência mais saudável com os que o cercam, espero que sigamos sempre em frente a caminho da evolução e de interações mais respeitosas ;)
      E como finalizou, agressividade acaba muitas vezes gerando agressividade formando um círculo vicioso e prejudicial para todos os envolvidos :)

      Obrigadíssimo pela presença, grande beijo e boa semana !

      Excluir
  6. Olá Samanta!

    Essa “agressividade negativa” é o desargumento de quem, não tendo argumentos, intenta “levar no grito”. Normalmente, trata-se de gente mal resolvida, que pretende terceirizar a culpa por suas frustrações, traumas e complexos. Espalhando falta de educação e desequilíbrio numa espécie de catarse insana. Perdoe-me a falta de indulgencia. Mas, para mim, trata-se da mais pura e trivial babaquice. Portanto, devemos ignorar tais personas deletérias, afinal: “Os cães ladram e a caravana passa”. Como muito bem canta Caetano Veloso: “É que Narciso acha feio o que não é espelho”.

    Um abração.

    Antonio (Apon)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antônio, como sempre adoro suas colocações !

      Eu me surpreendi com a pesquisa, imaginava que a agressividade viesse de sentimentos deste tipo, mas não achava que realmente era assim, concordo contigo quando diz que nestes casos há uma transferência de culpa devido a conflitos pessoais mal resolvidos, o que agrava ainda mais esta conduta irracional.
      Ótimas frases as que nos trouxe, complementam bem a postagem ;)

      Obrigadíssimo pela presença !
      Um enorme abraço e que sua semana seja de alegrias ;)

      Excluir
    2. Eu sou uma dessas pessoas. Nao por opcao minha mas porque nunca aprendi nem fui instruida de outra forma. Cresci na discussao e vivo na discussao. Nao sei fazer de outra forma e pago um preço muito alto por isso (a solidao) o que me torna mais amarga e azeda e consequentemente mais desequilibrada. Hoje tenho uma pessoa que amo a meu lado mas corro o risco de a perder por todos os meus devaneios. Parabens a todos vós, pelo vosso equilibrio emocional e pela vossa paz de espirito. Fico feliz que sejam pessoas felizes, mas poderiam dar sujestoes de ajuda para quem nao vive nem nunca viveu o vosso equilibrio? Ajuda profissional seria a soluçao mas essa só esta acessivel a quem tem dinheiro, e normamlmente estes problemas proveem exactamente da falta de ele. Um bem aja a todos vós.

      Excluir
    3. Olá Gaspar, tudo bem? Não respondo pelos outros colegas que comentaram, mas respondo por mim, nem sempre fui, e nem sempre sou um modelo de equilíbrio, tive situações grotescas na infância e também na idade adulta que me deixaram desequilibrada e agressiva ao ponto de atacar fisicamente pessoas na rua, como uma moça que me empurrou no metrô, etc partindo para agressão física feito um animal irracional... Felizmente tive condições de fazer terapia e isso me ajudou bastante além do meu companheiro que também me ajuda quando eu passo por alguma crise. Creio que o maior passo, você já deu, que é ter consciência de que esta conduta pode estar te fazendo mal. sei que quando vivemos desde pequenos em uma realidade assim, é muito difícil mudar, mas acredito de coração que é possível :) Caso não tenha atendimento psicológico gratuito em sua cidade, talvez você possa ir mudando aos poucos sua forma de agir, caso queira e quem sabe obter ótimos resultados mesmo com pequenos passos de cada vez :) Se eu fosse profissional na área, te ajudaria, mas infelizmente sou apenas uma pessoa sem formação acadêmica que gosta de trocar experiências e por isso fiz o blog :) Desejo-lhe muita luz e alegrias em sua vida e que consiga o que deseja :) Obrigado pela presença aqui no blog e pela confiança em compartilhar conosco sua experiência. Grande abraço e bom fim de semana!

      Excluir
  7. Oi querida, bom dia!

    Eu acredito que respeito não se impõe, se conquista. Muitas pessoas não aceitam opiniões contrárias as suas e por isso aterrorizam os outros para tentar que todos pensem iguais a ela mesma. Podemos conviver amenamente com pessoas que pensam completamente diferente de nós, temos liberdade de escolha e isso não quer dizer que a pessoa é má, porque pensa de outra forma. Nem tudo o que eu gosto e admiro, é legal para os outros, assim como não sou obrigada a concordar com tudo o que os outros dizem, mas tenho que saber respeitá-la e claro, espero que ela também me respeite.
    Quando esse respeito não volta, devemos deixar de lado. Como você bem disse, tentemos conversar, explicar nossa forma de enxergar a situação, defendê-la de maneira concreta, mas, se isso for impossível, deixe essa "discussão" para lá... o que eu ganho discutindo com outra pessoa querendo que ela concorde comigo? Será que não estarei agindo da mesma forma que ela? Deixo que ela pense como quiser e mantenho minha forma de enxergar a vida...

    Ótimo texto!!!

    Beijos querida e uma linda semana pra você também!!
    Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lu querida ! Que bom que veio participar ! :)

      Concordo contigo, respeito é uma conquista e não adianta tentar conseguir no grito, porque isso só gera desconforto nos demais e na verdade acaba sendo mais medo do que outra coisa...
      Também penso que podemos viver em harmonia com que pensa diferente, afinal a diversidade humana é imensa, se não fosse possível, viveríamos em guerra com todos os que nos cercam, não é mesmo ;)
      Sempre bato nesta tecla aqui, respeitar os outros é a base das interações, desta forma podemos aprender e evoluir contribuindo para relações agradáveis e interações produtivas ;)
      Quando tentamos uma argumentação, e mesmo com todos os nossos esforços, o agressivo não se abre para isso, o melhor mesmo é ignorar e seguir em frente, aplicando nossas energias no que vale a pena e nas relações mais sadias, do contrário pode ser muito desgastante inutilmente...

      Fico feliz que tenha gostado, obrigadíssimo pela presença !
      Um beijãooo e que a semana se todos vocês seja ótima ! :D

      Excluir
  8. Grande Amiga,
    Bom dia.
    Adoro os seus textos, eles refletem muito do que aprendi no tempo da Blogosfera, e que podemos utilizar em todos os momentos de nossas vidas (lá vou eu de novo, afinal, você foi a minha principal professora em relação a como proceder nesse espaço virtual...KKKKK).
    E, se me permite repetir aqui um parágrafo do seu texto que reflete exatamente aquilo que penso, aí vai:

    - Quando estamos seguros de quem somos e de nossas atitudes, não é preciso provar nada a ninguém, muito menos participar de lutas desnecessárias com pessoas medíocres e desequilibradas que tem como único objetivo nos desestruturar e descarregar seus conflitos mal resolvidos em qualquer um.

    Ou seja, dizendo uma frase que venho aplicando há algum tempo, a única forma de se vencer uma discussão é não participando da mesma...

    Excelente. Parabéns pela postagem.
    Abs.,

    Glauco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu querido amigo !!!

      Que bom que gosta dos textos, este em particular fiquei ansiosa pela sua presença, pois sabe exatamente do que estou falando :)
      Puxa, obrigado pelo professora, o que tento fazer é dar o meu melhor neste meio e contagiar os colegas para que assim possamos contribuir para uma blogosfera saudável e gostosa ;)
      Pesquisei bastante sobre isso, e concordo com tudo que encontrei sobre o assunto, realmente quando estamos seguros de quem somos e de nossas convicções, acabamos sendo mais seletivos e não nos deixamos levar por qualquer picuinha :)
      Isso evita desgaste e poupa nossas energias para batalhas que realmente valem a pena, e não desabona quem somos nem naquilo que acreditamos :)

      Obrigadíssimo pela presença !!
      Um enorme abraço e que a semana de vocês seja ótima !! :D

      Excluir
  9. As vezes os ataques são gratuitos, e a pessoa agredida e atacada tem no mínimo o direito da defesa, se deixar que lhe ataquem e calar-se esses ataques viram rotina.
    Então o melhor a fazer é inutilizar o agressor usando suas própria táticas, fazendo com que ele prove do próprio remédio, tirando-o do meio onde se encontra para que não faça o mesmo a outros, pois isso acaba virando um hobby!
    Beijos Sam!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aurélio, como vai ?

      Infelizmente ainda existem muitas pessoas que vêem na maldade um alívio para seus conflitos internos e uma maneira de sentir-se superior fazendo o mal a outros, concordo que devemos nos defender se necessário, mas existem pessoas que não aceitam argumentação, querem apenas manter viva a discórdia, para estas ofereço meu desprezo, porque quero poupar minhas energias para batalhas mais construtivas e importantes e não para atritos medíocres.
      Já fui muito reativa anteriormente, pois vira e mexe sofro ataques, mas hoje em dia aprendi a seguir em frente e os outros que se matem, isso tem me ajudado bastante, quando percebem que não estou nem aí, arrumam outro alvo ;) Mas cada um age conforme acha melhor, este texto é só fruto de uma pesquisa e uma opinião pessoal :)

      Obrigadíssimo pela presença, um abraço e boa semana :)

      Excluir
    2. Eu também respondia a altura, mas me dei conta que não vale a pena, por isso resolvi ignorar todos os ataques e seguir em frente, "enquanto os cães ladram, a caravana passa", e é assim que tem que ser!!!

      Excluir
    3. Pois é Aurélio, eu percebi que estava me desgastando muito e no fim, não chegava a lugar nenhum e estava exausta, porque existem pessoas que não adianta nem lavagem cerebral, nenhum argumento resolve... infelizmente !
      Adorei sua colocação, assino embaixo e assim seguimos colocando nossas energias e forças em lutas mais importantes e construtivas :)
      Grande abraço e boa semana !

      Excluir
  10. Olá Sam!

    O teu artigo está perfeito!

    Certas pessoas, como as que referes no texto, vivem num mundo muito seu, onde eles são os protagonistas e, se por qualquer motivo, o equilíbrio precário onde assentam arraiais é abalado, elas partem à reconquista. Então vale tudo, desde a maldade da calúnia até às agressões verbais e algumas vezes físicas. Penso que são pessoas com alguns distúrbios psicológicos ou, no mínimo, preocupantemente suscetíveis.

    Eles têm uma imensa necessidade de serem os atores principais, e, mesmo que na peça em questão todos seja coatores, essas pessoas simplesmente não compreendem isso e encontram milhares de razões, a grande maioria das vezes imaginárias, para continuar a combater moinhos (literalmente).

    Sabes, eu compreendo as pessoas agressivas, pois eu própria o sou. Digo aquilo que penso, normalmente de uma forma fria e racional; este facto constitui, muitas vezes, uma forma de agressividade pois, no calor da discussão, esqueço-me que tenho à minha frente alguém, que pode não ser tão racional como eu. O que eu não compreendo é a estupidez da recusa de pensar um pouco mais longe, do que o diâmetro do umbigo!

    Beijos, Sammy!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luísa !!! Puxa com um elogio destes vindo de você, pessoa que admiro e que escreve maravilhosamente bem, fico muito lisonjeada, obrigada !! :D

      Perfeitas suas colocações, pelo que pesquisei é exatamente como mencionou, estas pessoas vivem uma realidade a parte, acreditando que tudo é um perigo e assim acabam reagindo de maneira exagerada às frustrações e até mesmo utilizando meios como calúnia, agressões físicas etc para manter o que acreditam ser sua zona de segurança.
      Como disse, existe também esta necessidade de atenção e acredito que até um egocentrismo que distorce a realidade e alimenta suas atitudes e agressões.
      Assim como você, sou muito reativa, já me envolvi até em brigas físicas no meio da rua e inúmeros barracos ao vivo e virtuais... mas estou tentando mudar esta maneira de reagir, e vejo que desta forma, ignorando certas conflitos, sigo mais tranquila, feliz e forte, dando um fim a este círculo vicioso. É difícil a beça mudar de comportamento, mas aprendi que vale muito a pena :)

      Obrigadíssimo pela presença e por complementar a postagem !!
      Um super beijo e boa semana !!

      Excluir
    2. Janio Ferreira da Costa16/4/12

      Heloísa,a Samanta. é a Martha Medeiros de Sampa.rsrs,já que a Martha
      é do RS, tchê,que triiii,legallll.rsrs
      Beijitos-janio

      Excluir
    3. Jânio , tomara que eu fique rica feito ela kkkkk Já pensou ?
      isso sim seria tri-legal rsrs
      Abração !!! :D

      Excluir
  11. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Samanta,filósofa disfarçada de escritora.(rsrs)

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk


    Muito legal.Sintetiza a diferença entre quem vive com motivação,
    e quem faz de seu dia,vida, algo áspero,ácido e sem brilho.E o
    poir: é viral. É preciso está a tento e forte para não deixar que
    essas pessoas, além, de ilhadas em suas vidinhas, não nos dê
    uma overdose de negativismo, não contamine nossas vidas
    com seus tentáculos patéticos.
    Interessante que não é apenas algo mnegativo de se encarar a
    vida,é uma forma de tornar quem está ao lado,seus parceiros.Mais
    com cuidado dá para passar batido,e suas dicas, servem bem de
    alerta.Para nós resta seguir o caminho em frente ,com motivação
    e guarra para a vida que é seu combustível,principal. Para os ilha
    dos em seus próprios universos patéticos, seguir sem rumo , pois
    para quem não têm direção,qualquer estrada serve.
    um beijitos pra você,e não mando o pavê- rsrsrs
    Estou quase aceitando o fato,intrasferível,improrrgável,inprotelável,
    in...sei ..lá eu..trocável,rsrs,.de que que vocè é uma grande escritora,
    disfarçada de filósofa.rsrs. ah,quase esqueci...incurável.kkkkk

    Relaxa, se não,não encaixa,bambina. \ 0/ é nós na fita.Fui e alfidzen.

    www.piadaspop.blogsopot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Janinhooooooooooo, como vai ?

      Que bom que gostou e veio participar !
      É isso aí, a diferença está em como encaramos a vida e seus desafios cotidianos, poemos fazer de tudo um cavalo de batalha, ou escolher lutas que realmente valem a pena, e desta forma nos desgastarmos menos e aproveitarmos melhor nossa caminhada :D
      Maravilhosa sua colocação sobre seguirmos adiante enquanto os sem rumo e que não aceitam a mudança e nem ajuda, mergulham ainda mais em seus mundos medíocres que eles próprios escolheram para si ao desprezar interações mais saudáveis :)
      decida aí meu disfarce, estou ficando com crise de identidade kkkkk

      Obrigadíssimo pela presença e por complementar a postagem com suas colocações, adorei a prosa ;)
      Um abraçãooooo apertado e boa semana !! :D

      Excluir
    2. Janio Ferreira da Costa16/4/12

      Oi! Essa semana recebi um email de alguém do Dihhit dizendo que gostava do meu jeito..rsrs,"espavitado"rsrs,e espontâneo,achei bem ingraçado.a paradinha.Foi bem terno,legal.rsrs
      Quanto a você,se já é minha leitora aciduca,não há mais dúvida
      sobre sua crise de identidade,já vou logo dando o laudo já que adoro Psicanálise: Você não vai ter crises de identidade,já surtou há miuto tempo,e não há cura,(pelo menos a curto prazo)para sua
      crise.Vou ser mais diresto que um raio. As mulherda sempre estão em crise.Quando não há ,de fato,uma,elas inventam.rsrsrs
      Exemplo: Aqui em casa,eu digo "vou tirar uma poeirinha da estante" a mulher diz " socorro,help-me,essa casa está uma bagunça".Como ver,senhorita Samica,rsrs,elas são mesmo hilárias em sua concepção mais exata.Mais precisamos das danadas até para sentir saudades,já que a minha viajou,ficamos eu e o Herisson (meu filhote) e estamos abandonadas por aquela danada.Elas são assim: quando precsamos,estão dormino,quando não pecisamos,elas pulam em cima.kkkkk
      Dev muio a elas.Trabalho há nove anos como colsultor de planos de saúde.Durante todo esse tempo,noventa por cento foram clientes mulherres,que dizer.Dependo das estalecas delas.kkk
      ah,nunca falei que tenho um blog de plano de saúde,aproveitem para conhecer,é bem simples,para não ficar pessado,só o essêncial. www.bemestarmais.blogspot.com
      Arrevuar,mon cherry,se la vi,podecuar,etopuar.Entendeu? xiii..nem eu.rsrs. Não é nós na fita \ 0 / rsrs

      Excluir
    3. Janinho, concordo contigo, nós vivemos em crise, mas temos o nosso charme não é mesmo kkkk Não façam muita bagunça aí na ausência de sua esposa hein !!
      Agora este seu tchau personalizado aí nem o Google tradutor dá jeito kkk são hieróglifos egípcios hahaha
      Valeu a prosa, amigo, grande abraçoooo

      Excluir
  12. Olá Samanta,
    eu não sei o que você faz, mas está sempre escolhendo temas super interessantes, parabéns. Eu compartilho suas ideias, é muito complicada a convivência com pessoas agressivas. Eu acabei desistindo de um emprego por ter uma chefa assim. Ela agredia todos os funcionários com palavras duras todos os dias, até que um belo dia eu perdi a minha natural calma e equilíbrio. Abri as portas e deixei escapar uma boiada de grosserias. Resultado, ela parou de me agredir, mas eu fiquei me sentindo muito mal por ter perdido o controle. Achei melhor procurar outro trabalho.
    Bjs
    Telma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Telma querida !!!

      Geralmente escolho os temas de acordo com as situações que presencio ou vivo no dia a dia, gosto muito de observar o comportamento humano e com a diversidade de atitudes que vemos por aí, inspiração não falta né :) Fico feliz que goste e os ache interessantes :)
      Assim como você já larguei emprego por causa disso, chega uma hora em que vemos que não adianta argumentação com certas pessoas e isso nos desgasta e magoa bastante, por isso apesar de ter uma natureza muito reativa, estou aprendendo a ignorar e seguir meu caminho em busca de relações saudáveis e construtivas.
      Sei como se sentiu, pois já passei por isso e no fim sempre me arrependo, pois vejo que nos deixamos levar pela atitude irracional da outra, afinal não temos sangue de barata né... algumas vezes resolve, como aconteceu contigo, mas o fato de nos sentirmos mal, já é motivo para deixarmos de lado o revide.
      Também achei melhor trabalhar em outras bandas rsrs

      Obrigadíssimo pela presença e por compartilhar conosco sua experiência ;)
      Um beijaõzão e boa semana !! :)

      Excluir
  13. Samanta, querida!
    O tema exposto por você hoje é muito recorrente! Parece até que foi feito sob encomenda para mim, pois na última semana passei por uma situação bastante constrangedora com um pessoa muito agressiva...
    O que fiz? nada.... nestas horas não consigo revidar, fico inerte... Simplesmente deixei a pessoa "berrando" sozinha e continuei com o meu trabalho, seguindo o meu caminho...
    Mas o sofrimento chega depois daquele momento mais acalorado: fico pensando o que leva alguém a ser assim, tão agressivo, sem motivos...
    É por isso que o seu texto explicou muita coisa...Me senti mais aliviada ao lê-lo porque notei que o problema manifesta-se com muita frequência e não é apenas "comigo".
    Desculpe se hoje fiz um comentário mais pessoal, mas não poderia deixar de fazê-lo, ante um tema que ainda está latejando dentro de mim. Não, eu não guardo rancor pela pessoa que fez isso, ao contrário: até sinto um pouco (só um pouco mesmo) de pena pois, para ser assim, ela deve estar com problemas, se sentindo inferior às demais ou como você disse Sammy, está com um "complexo de inferioridade ou baixa auto estima". Só pode ser isso e se não for, pensarei assim pois é o melhor que posso fazer para o meu próprio bem.
    Sammy, desculpe mais um desabafo no seu lindo Blog, mas tenho que confessar que você parece mesmo a minha terapeuta pois sempre, sempre, tem uma palavra amiga e que tanto me conforta!
    Muito obrigada querida..
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gatíssima !!!

      Pois é amiga, não sei o que está acontecendo, parece que a bruxa está solta por aí, fiz o texto e as pesquisas justamente por estar passando por algo parecido... Antigamente eu era muito reativa e acaba me nivelando nas baixarias, até em briga de rua já me envolvi... mas com o tempo e agora com estas informações, percebi que o melhor mesmo é guardarmos nossas energias para lutas que valem a pena e assim não sofremos e não nos desgastamos tanto, pois com algumas pessoas, nenhuma argumentação adianta...
      Não precisa se desculpar, estes espaço é justamente para isso, para trocarmos experiências e quem sabe assim, esclarecermos certos pontos e ajudarmos uns aos outros :) Sinta-se em casa, pode desabafar à vontade, eu o faço e assim vamos papeando e aprendendo ;)
      Assim como você, hoje ao saber mais sobre este comportamento, sinto pena também, pois vê-se que são pessoas atormentadas e com sérios conflitos internos e que alimentando esta animosidade, acabam escolhendo para si esta vida...
      Pode usar de abusar de minzinha, meu sonho é ser psicóloga, assim já vou treinando kkkk brincadeira amiga, eu adoro conversar e se puder ajudar...melhor, então é só chamar !!

      Obrigadíssimo pela presença e por compartilhar conosco sua experiência, tenho certeza de que muitos irão se identificar com o que viveu ;)
      Muchos beijos e que sua semana seja de alegrias :)

      Excluir
    2. Janio Ferreira da Costa16/4/12

      Adriana,que prazeeeeerrrrrrrr ..reveerrrr você.São tantas emoções,hahaha
      beijitos.-janio

      Excluir
    3. Janio Ferreira da Costa16/4/12

      Quando a gente dá muita trela,para certos tipos de comportamentos,
      estamos dando um cheque em branco para quem produziu ser o portador de nossas emoções.Trocando em miúdos:elas estão minipulando nossas emoções,estão com o poder de dizer ou não o que devemos sentir,e como sentir.Incrível, isso!!
      Estão credenciadas.a mudar o rumo do que sentimos,pois a cólera e tão absurdamente insana,que se olhássemos num espelho,nem acreditaríamos que fosse nós mesmos.
      Bye bye! Simples assim!!!

      Excluir
    4. Jânio, gostei muito do que escreveu, realmente a comparação é perfeita, quando damos trela para certas pessoas é mesmo como se estivéssemos assinando um cheque, abrindo uma porta para que entrem e abusem... e assim se aproveitam de nossas emoções e sensibilidade e quando vemos, estamos exaustos neste jogo pérfido...e se estivéssemos de fora para ver certas atitudes, sem dúvidas, nenhum de nós se reconheceria...

      Grande abraço, amigooo :D

      Excluir
    5. Oi Janio, o prazer é meu amigo!
      Estou em plena consulta com minha terapeuta, minha psicóloga, minha amiga de todas as horas.... A Sammy com seus belíssimos textos, reais e verdadeiros sempre dá uma lição de vida para todos nós! Um abraço amigo!!!

      Excluir
    6. Samanta Sammy deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Agressividade Negativa - Desvendando os Encrenquei...":

      Amiga lindona, estou às ordens para consultas, mas só para quem gosto muito heeeinnnn, não é para qualquer um não hehehe mas sendo assim, você pode usar e abusar, meu sonho era ser psicóloga, quem sabe assim eu animo e volto a estudar :D
      de qualquer forma, adoro um bom papo :) beijos Flor !

      Excluir
    7. Obrigada Sammy, querida, você já é a minha psicóloga desde que nos esbarramos por aqui amiga! Já exerce o dom com precisão e não falta-lhe nada! Tantos tem o diploma de psicologia e não exercem efetivamente a profissão. Você já está exercendo há muito tempo com seus textos reais que nos incentivam e nos mostram o caminho, com sua alegria, solidariedade e disposição transcendental em nos ajudar! Só tenho a agradecer por tudo isso querida!
      Um grande beijo e um dia lindo, bem afastado de pessoas truculentas e agressivas , se possível!!
      Thau!!!

      Excluir
    8. Bom jur.Nem ligo mais para a Sammy,ela é apenas minha leitura de cabeçeira,viu,quero ela longe de mim?.rsrsrs
      Quanto a você Adriana,é cúm
      plice dela,datavênia,sua pena é
      dura por essa parceria.Espero que pegue um juíz bonzinho.rsrs
      www.piadaspop.blogspot.com

      Excluir
    9. um pensamemto para Sammy,antes de eu encarar a selva de pedra:
      aliás.parachoque de caminhão.
      :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
      Abres às ásperas " Quando eu te amava,pulava cercas de espinhos,hoje pago bem caro para não ver teu fucinho.".kkk

      Excluir
    10. hauahuahaua que frase malvada, ainda bem que foi logo avisando : abre as àsperas kkkkkkkk
      Só você mesmo para me fazer rir esta hora da manhã , onde meu mau humor, impera...
      Grande abraço amigo e que seu dia seja ótimo ;)

      Excluir
  14. Oi!! Achei vc no dihitt e me chamou atenção o titulo então vim ler. Eu convivia com uma pessoa igualzinha ao que vc descreveu; laços de parentesco e tudo, mas chegou uma hora que simplesmente não deu mais e rompi. Menina, que diferença na minha vida! Agora, também sou...hmmm..brigona, não encrenqueira rsrsr
    Sério, no sentido que defendo meus pontos de vista até que me provem por a+b que estou errada, só que sempre procuro respeitar os outros.
    Boa reflexão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Personalíssima, seja muito bem vinda !

      Acredito que muitos de nós já se depararam com alguém que age desta forma e ainda mais no seu caso que era alguém bem próximo, isso nos desgasta muito, pois alguns não estão abertos a argumentações... e como já passei por isso, sei bem o alívio que sentiu em seguir seu caminho sem este tipo de conflitos.
      Entendo este lado de ser brigona, também sou, mas estou analisando e escolhendo bem em quais lutas me envolvo, evitando assim o desgaste que mencionamos :)
      E como disse, respeito é tudo, quando existe esta consideração as relações se tornam construtivas mesmo quando discordamos de alguém :)

      Obrigada pela presença, um super beijãoooo e boa semana !! :)

      Excluir
  15. Olá, Sam!
    Te lendo e aprendendo!kkkkkkk
    Bjs!
    Rike.


    P.s.: sem nenhuma agressividade!!kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá Rike querido !!!

      Que bom que vamos aprendendo, também tirei muita coisa legal desta pesquisa :D
      Obrigadão pela presença !!!
      E uma ótima semana, sem agressividadessssssss hehehehe :P

      Excluir
  16. Cara Samanta, bom dia!
    Seu texto diz exatamente o que todos nós deveríamos ter consciência. Claro que somos humanos e como tal, estamos sujeitos a revidar as loucuras e agressões recebidas. Porém devemos sim colocar na balança, que o outro lado talvez haja com agressão contra o outro para se fortalecer e esconder seus próprios sentimentos de inferioridade.´Você tem toda razão. Cabe a nós gostarmos mais de nós mesmos e saber lidar com situações insanas para não nos prejudicar a troco de NADA.
    Bjão.
    Eloy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eloy ! :)

      Sem dúvidas, concordo contigo, não temos sangue de barata e em alguns casos às vezes é quase impossível não se deixar levar pelas provocações ou agressões que sofremos, mas se conseguirmos passar a peneira pelo menos na maioria, sem dúvidas poderemos escolher melhor em quais lutas nos envolver, evitando assim desgaste emocional e situações constrangedoras ;)

      Obrigadíssimo pela presença !
      Grande abraço e boa semana ! :D

      Excluir
  17. Samanta,
    É verdade, existem pessoas que a utilizam para o bem, mas qdo é para o mal, normalmente é em virtude de inveja e inferioridade.
    É qdo em todos os sentidos ele quer demonstrar poder de alguma forma e destruir o ego da pessoa com quem está se defrontando.
    ótimo post querida, foi ótimo para refletir. bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido amigo !! :D

      A agressividade positiva nos impele a seguir em frente rumo aos nossos objetivos, nos dá ânimo e força, já a negativa nos enfia neste caos de agressões e imposições, onde existe muito desgaste e sofrimento para todos os envolvidos...
      Exatamente isso que mencionou, o agressor quer sentir que é superior atacando e destruindo todos aqueles que julga estarem lhe atingindo de alguma forma, em alguns casos, esta impressão que tem, é até fantasiosa...

      Obrigadão pela presença !
      Grande abraço e boa semana ! :D

      Excluir
    2. Samanta, ficar exposto à um caso desses é desgastante e o melhor embora difícil, é entender que atrás dessa pessoa possam exisitir milhões de problemas. O melhor é ficar no resguardo e não alterar-se porque pode piorar as coisas. Primeiro voce, acima de tudo. bjs. boa semana tb querida amiga.

      Excluir
    3. Olá amigo, sem dúvidas o desgaste é enorme quando lidamos com pessoas agressivas e estas geralmente não aceitam e não estão abertas a argumentações... então o melhor mesmo é se resguardar, como mencionou, pois desta forma evitamos aborrecimentos e até mesmo, como disse, a possibilidade de piorar as coisas :)
      Um abraçãoooooooo :D

      Excluir
  18. Eu fico na luta diária para não me tornar agressiva. Minha profissão requer pulso firme, e comandar um monte homens é duro, já que se a gente não usar de autoridade acaba perdendo o respeito.

    Gostei muito do post.

    Beijo grande, seu blog é tudo de bom =)

    ResponderExcluir
  19. Olá Vanda querida !!

    Entendo seu dilema, lidar com pessoas ainda mais em uma posição como a sua requer muito equilíbrio, mas tenho certeza de que consegue ser respeitada sem precisar de medidas mais drásticas :)
    É difícil se manter nesta linha tão tênue, pois algumas situações sem dúvidas nos tiram do sério, ufaaa, não é moleza não :P

    Que bom que gostou, seja sempre muito bem vinda !
    Grande beijo e boa semana !

    ResponderExcluir
  20. As pessoas se isolam a cada dia mais e perdem o vínculo da convivência,acentuando ainda mais seus traumas,decepções e passam a ser intolerantes com aqueles adversos as suas opiniões e objetivos
    Se me morderem,eu mordo de volta,mas jamais guardei raivinhas e nunca fiquei acamado dodói com as atitudes de outros.
    Acredita,que até aqui no virtual fui vítima de bullying?
    Mas sobrevivi...
    Outro dia fui bloqueado no dihitt -menina,fiquei brabo demais,igual um pit bull e minhas explosões de impulsividades coléricas se dissiparam quando descobri que não falava por email com um robô,uma máquina qualquer e sim com um ser humano que precisa de comer,beber,tem casa ,família ,precisa de lazer e muito descanso para nos proporcionar o melhor de seu trabalho.
    Então disse para Ak´nkh:-Pobre Sam,funcionária,participante e amiga...o que ela deve sofrer com as pestes destes dedos duros que sobrevivem tramando,arquitetando,fazendo inimigos por não gostarem dos fenótipos,invejarem o sucesso e a popularidade de outros?
    Santos não existem,isso é apenas uma imagem que fazemos de uns e demônios muitos poucos.A maioria deste que apresentam estes comportamentos,se formos investigar o seu histórico,são apenas vítimas do meio,má formação familiar ,baixas estimas e instabilidades emocionais,mas tem salvação... apenas,Pobres crianças estarfermas que mais carecem de sentir o relho em suas cacundas- trazendo-os novamente a razão,falta de serem doutrinados,de coro mesmo.
    Então ela me mandou olhar no espelho e me equilibrou as minhas energias ,me acalmando..fui dormir!
    Acredito e gosto das discussões exarcebadas dentro do limite da razão,sem agressividades físicas ou psicólogicas,é bom para o entendimento.E creio que devido ao nosso isolamento e competetividade é uma nova tendência futurista ,as pessoas surtarem do nada,muito gardenal,altíssimos investimentos na psiquiatria e em manicômios judiciários,por não contermos este segundo de ira-preço do progresso insustentável! No ser não se investe
    Gosto de gente,não as vejo como inimigas e sempre consegui conviver com os dois lados da personalidade,extraindo o melhor,porém,sou uma praga para cutucar os outros para testar os seus limites da compreensão
    Grande Sam
    abraços fortes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá Tutankamon !!! como vai ?

      Adorei sua colocação inicial, tenho percebido mesmo que as pessoas estão perdendo esta sensibilidade, as relações andam superficiais demais, parece até que com a tecnologia estão desumanizando os que lhes cercam...
      Assim como você, se me morderem, mordo de volta, mas escolho bem, afinal não é qualquer porcaria que merece uma mordida minha né rsrs
      Também já fui vítima de ataques, aliás ele são corriqueiros na minha vida, principalmente virtual e acho que devido a esta frequência, fui aprendendo a lidar com certos tipos de pessoas...
      Gostei muito deste relato que envolve nós dois, eu faço o meu melhor, amo meu trabalho, nestes dias de problemas tenho ficado on line cerca de 18 hs para ajudar, e mesmo sem a chefia solicitar eu por minha conta fiquei alerta aos fins de semana, porque gosto do que faço, e seria maravilhoso se todos tivessem esta sua consciência de saber que do outro lado tem alguém que se importa, que abre mão de muitas coisas para ajudar de boa vontade e não me agredirem como costumam fazer...
      Mas enfim, nem tudo é perfeito né rsrs em toda interação, vamos encontrar aqueles mais difíceis e sem uma certa consciência...
      Realmente se formos mais fundo no assunto, veremos diversas causa para este tipo de comportamento, eu mesma sou bastante reativa, até em briga de rua já me meti, mas estou procurando ser mais tranquila e mais seletiva na hora de escolher minhas lutas...
      É difícil a beça, mas estou me sentindo melhor :)
      Esta sua maneira de olhar as pessoas, respeitando a diversidade e aproveitando o que tem de melhor para lhe dar é do que precisamos para seguir aproveitando bem a vida, as interações e não nos desgastando à toa ! :D

      Obrigadíssimo pela presença, um enorme abraço e boa semana !! :D

      Excluir
  21. Quando vi na Página do diHITT seu post com a indicação de da Notícia para o seu site: Vida Real da Sam: Tratando sobre um tema tão importante que ocorre em nossos dias como a exemplo de tema interessante sobre "Agressividade Negativa - Desvendando os Encrenqueiros" vi que poderia ter uma leitura prazerosa nesta tarde visto ter escolhido como primeiro post para ler depois que consegui fazer o acesso na Rede Social de Notícia "dihitt".
    Sendo que os procedimentos aconselhados em sua edição de post muito eu tenho procurado fazer quando consigo identificar tais pessoas que gratuitamente se aproximam tentando extravasarem suas frustrações ou mesmo seus stresses e perece que quanto mais perto eu vou ficando de subir no Ranking mais eu consigo atrair tais pessoas fico por que não dizer como um imã e essa tais pessoas ficam como a força da gravidade na tentativa de me puxarem para baixo numa velocidade de Dez metros por segundo ao quadrado (à superfície da Terra que é 9,80665 m/s² (o valor real ...) enquanto eu fico tentando escapar dessas pessoas numa velocidade aproximadamente só comparada a velocidade da luz que é arredondada para 300 000 000 metros por segundo, que é equivalente a 1 080 000 000 quilômetros por hora, (dados numéricos estes para dar mais subsídio ao meu comentar foram pesquisados no: Wikipédia, a enciclopédia livre) e com a minha intuição até agora eu tenho conseguido escapar dos tais que assim procedem visto muitas vezes eu não ter entendido o porque da gratuidade de muitas das ações direcionas a mim e fico sempre a pensar que não teria tanta explicação e ai eu me lembro que só S. Freud explica, mas antecipadamente quero lhe pedir desculpa por este comentário meu ser quase que um desabafo, não pude deixar de citar isto visto ser a sua postagem ser como um bisturi bem afiado que cortou parte dos meu pensamentos que estavam bem guardados a sete chaves e fazendo assim eles aflorarem e ficarem expostos desta forma que comento agora, mas mesmo assim lhe agradeço a oportunidade de comentar em mais um de seus posts que foi muito bem elaborado e preciso e tenho a certeza eu não conseguiria fazer e nem com tanta maestria, pois é muito cativante a leitura feita "in loco" e tenho "ditto"!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Charles, que bom que o texto lhe atraiu e que considera o tema importante ! :)

      Quando eu estava em primeiro lugar no Ranking e até mesmo hoje, que não posso pontuar mais e só participo por amar a rede, sempre sofri ataques, em alguns casos, as pessoas tentavam até convencer meus amigos a se afastar de mim, enviando e-mails maldosos, fazendo calúnias etc...
      Este tipo de gente sempre vai existir no meio virtual e fora dele, mas o que eu sempre fiz desde que entrei na rede foi escolher muito bem com quem me relaciono e quando vejo alguém tentando me prejudicar, finjo que não estou vendo, ignoro e sigo meu caminho, pois sei que quem me conhece e meus amigos verdadeiros, estarão comigo sempre e sabem quando algo é verdade, compreendem que não sou perfeita e o mais importante, estarão ao meu lado sempre !
      Desta forma, ignorando aqueles que querem me fazer mal, consigo viver minha vida em paz e aproveitando só a parte boa do meio virtual, quando percebo intrigas ou picuinhas, não me envolvo , mas observo bem quem é quem para saber quais pessoas manter ao meu lado e confiar.
      É uma atitude que funciona para mim , mas cada um age como preferir e achar melhor, afinal cada pessoa tem um temperamento e suas razões, que devem ser respeitadas.
      Cerque-se de pessoas que realmente gostam de você, e observe ao seu redor aqueles que não merecem sua amizade ou confiança e assim você pode separar o que vale a pena e o que não vale...
      Pois desta forma, quando alguém quiser lhe fazer mal, terá ao seu lado amigos verdadeiros, o resto não importa.
      Algumas pessoas, como as do texto, só se sentem bem atacando e arquitetando meios de prejudicar os outros, e com elas, nem sempre discutir ou argumentar resolve, em muitos casos, é bom considerarmos ignorá-los e seguir nosso caminho participando de lutas mais importantes e que realmente valem a pena ;)

      Mas esta é só minha opinião :) Obrigadíssimo pela presença !
      Grande abraço e boa semana !

      Excluir
    2. Samanta Sammy, obrigado mesmo amiga suas palavras aqui escritas traduzem muito bem sua experiência na prática e para mim sempre contou muito o conhecimento na teria, mas muito mais peso tem quando aliado a um Grande prática e por seus escritos percebe-se perfeitamente isso e com tal levarei comigo como um exemplo a ser seguido e vejo que assim fazendo como aconselhas a gente só pode se dar bem tanto no virtual como também na "Vida Real" e por isso mesmo eu lhe agradeço muito por assim fazeres e se importares com seus leitores que lhe prestigiam, ok!

      Excluir
    3. Olá Charles, acredito que selecionando melhor com quem convivemos, podemos ter interações de mais qualidade e menos problemas :)
      Grande abraço ! :D

      Excluir
  22. É isso aí mesmo dona Sam. Desceu a lenha bonito! Gostei muito minha fofa linda.
    Parabéns pelo texto.

    Beijão no seu coração!!! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gatíssima ! Que legal que veio participar !!

      Hoje resolvi descer a lenha com classe, sem me igualar a este povo medíocre rsrsr Que bom que gostou !!

      Obrigadíssimo pela presença !
      Um mega super beijo e que sua semana seja ótima !! :D

      Excluir
  23. Ei menina que tanto gosto,

    Seu texto eu chamaria de uma bela chibatada . Começo meu comentário com uma uma citação bíblica que medito muito nela ao qual diz assim "Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio; de outra forma não se sujeitarão.", é uma comparação muito forte , mas atitudes que comparadas a pessoas agressivas não difere nem um pouco.O cavalo quando incomodado , provocado ele perde o controle , se transforma e é capaz de se tornar indomável fazendo grandes estragos. O ser humano que não se domina perde a direção , se torna insensato e totalmente dono da razão, instiga, provoca, amedronta, ameaça , agride, e arma barracos com intuito de que sua presença e problemas muitas vezes provocados por si mesmo seja o centro das atenções. Infelizmente criando discípulos que mal sabem o que fazem ou falam se alimentam do veneno do agressor e se tornam vítimas de questões alheias e sem fundamentos. Amiga o ser humano ultimamente tem perdido o bom senso e a boa educação, criando uma redoma de vidro cheio de não me toques, com uma sensibilidade falsa e usando deste lado "falso fraco " para vomitar seus sentimentos, desgostos, e fracassos em cima de pessoas que amam, amigo e outros que por infelicidade se aproximou apenas para ajudar e querer bem.Detesto pessoas de ânimo dobre, que não difere sensatez de ignorância,não sabem se portar com pessoas, não se alimentam de delicadeza e não sabem que dentro de cada pessoa ha um coração cuja fonte jorra águas doces. Já fui muito impulsiva no meu falar e no meu agir, mas nunca ao ponto de agredir alguém,a humildade não precisa de escadas e sim de atitudes para te levar ao topo de qualquer relacionamento, sejam eles social, sentimental, família e etc . Gritos só fazem barulhos e distanciam pessoas de nós, não por medo, ou por achar que o agressor é o tal, mas sim por não estarem dispostas a conviver com ruido que de nada edificam e que só causam escândalos. E repito o que bem disse em seu texto,"não alimente os agressivos em seus devaneios", não compactue com quem não tem razão de nada , não percam sua identidade para apoiar quem ja perdeu a dele é assim que penso..

    Beijos minha linda Sam..e um bela semana pra você

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá querida Cecília !!

      Desta vez eu quis ter bastante embasamento para falar e pesquisei bastante, quem sabe assim eu conscientizo algumas pessoas sobre isso, não é mesmo :)
      Gostei muito da citação que nos trouxe, é forte sim, mas bastante realista, pois se formos analisar, é bem assim mesmo, quando estamos guiados pela agressão, perdemos nosso entendimento e precisamos de freio na boca...
      Concordo contigo, quando não conseguimos controlar nem a nós mesmo, ou pelo menos não procuramos mudanças e melhoras pessoais em nossas condutas, quando nos deixamos levar pela impulsividade e agressividade... acabamos perdidos, sem direção, atirando para todo lado e cada vez mais frustrados por não sair do lugar, sendo que foi uma escolha própria.
      E atrás deles vão aqueles que também estão perdidos, mas que preferem continuar beste caminho ao invés de se conscientizar e mudar.
      Achei perfeito o que disse sobre o ser humano estar perdendo o equilíbrio e a educação, justamente por isso que escrevi o texto, estou a ponto de ter um treco porque não aguento mais tanta animosidade por bobagem, e quando olho novamente lá está a pessoa se fazendo de coitado , usando máscaras de acordo com a conveniência, mas parece que totalmente alheio aos sentimentos dos outros...
      Também fui e sou bastante impulsiva, mas estou aprendendo a escolher com mais cuidado minhas lutas e não me desgastar com qualquer um e desta forma tenho me sentido mais fortalecida e feliz :) Porque estas pessoas às vezes nos desgastam até a última gota, minam nossa auto estima, nos prejudicam e no fim, não conseguimos nada a não ser ficar exaustos...
      Sua frase final é perfeita !!!
      Não perca sua identidade para apoiar quem já perdeu a dele

      Adorei !! Fechou nosso papo com chave de ouro :)
      Lindona, agradeço de coração sua presença e por ter complementando a postagem ;)
      Um beijão e que sua semana seja de paz, alegrias e sorrisos ! :D

      Excluir
  24. Sensacional! Resumo assim o seu texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou :)

      Obrigado pela presença e elogio,
      Grande abraço e boa semana !

      Excluir
  25. Samanta,muito bom esse texto você conseguiu descrever com clareza e transparência o que acontece no dihitt.A mais ou menos uns 6 meses não sabia o que era um blog, por eu ter uma profissão muito estressante e ser uma pessoa muito critica, minha esposa pesquisou como funcionava um blog e criou para mim.Até ai tudo bem comecei a postar coisas de minha autoria,e fui aprendendo a gostar desse universo, ela por ser muito mais fuçada na internet descobriu o dihitt,(site que até então não sabíamos da existência)nos cadastramos ainda sem saber usar percebemos que as postagens tinham pontuação, e nosso e-mail começa a chegar comentários sobre o que eu tinha escrito.Ficamos muito felizes e comemoramos cada voto obtido.Descobrimos então que o espaço era ideal pois fomos bem recebidos e nossa amizade com os outros blogueiros crescia cada vez mais.Entrei de ferias do meu serviço e passei ame dedicar mais e minha pontuação foi crescendo,crescendo e em menos de 4 meses de casa passei para o sexto lugar.Foi ai que descobri que tudo que tem seu lado bom também tem seu lado ruim.Fui descriminado por não mostrar minha cara e usar uma foto de um personagem de filme que gosto muito V.Vingança, sendo eu um professor de história apaixonado pela formação que escolhi onde passei 5 anos de minha vida me especializando.Foi feito uma intriga enorme cuja meu blog foi envolvido injustamente, e dai então fui excluído sem ao menos saber o motivo.Hoje voltei gosto muito desse espaço,sei que a direção do dihitt tem capacidade extrema pra fazer novas mudanças, e torná-lo ainda melhor, mas estou aqui tentando divulgar meu blog como outrora fiz, com muito respeito e carinho a cada membro desta casa mesmo que a indiferença, as vezes me chateia mas vou tentar mais uma vez.Espero que esse texto por ti muito bem colocado abra a cabeça de muitos, e que juntos possamos fazer desse espaço, o que ele realmente representa para nos,uma ferramenta de extrema necessidade para blogueiros.E que eu vou ler mais vezes esse post pois acho que atacar não é o certo mais ter chance de se defender é primordial.Fraternal Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Arte, como vai ?

      Que bom que apreciou o texto, minha intenção foi saber mais sobre o assunto, compartilhar e quem sabe assim conscientizar as pessoas que por aqui passam :)
      Antes de trabalhar no site eu era muito ativa e cheguei ao primeiro lugar, e até mesmo antes de chegar por lá, já sabia que mesmo mudando constantemente de usuários, as brigas são frequentes, como em todo meio existe inveja, calúnias e maldades, já passei por situações onde as pessoas escreviam para meu superior exigindo minha demissão por motivos totalmente pessoais, enviaram e-mails aos meus amigos tentando criar intrigas etc...
      A diversidade humana infelizmente ainda tem em seu meio pessoas que só visam o mal e não cuidam de suas próprias vidas, tendo satisfação apenas na derrota das outras... até hoje sofro ataques, mas com tudo isso aprendi a ignorar os medíocres e escolher bem com quem me envolvo e me relaciono, desta forma sigo fazendo minha divulgação em paz e aproveitando as interações saudáveis.
      Em alguns casos, é necessário nos defendermos, mas sempre usando argumentações sólidas e equilíbrio, mas com algumas pessoas, nada disso funciona, na minha humilde opinião, quando isso acontece, o melhor é ignorarmos e seguirmos nosso caminho com a consciência tranquila e sem tanto desgaste ;)

      Obrigado pela presença, grande abraço e boa semana !

      Excluir
  26. Samanta, eu que agradeço sua atenção seguirei teu conselho e vou seguindo meu caminho,vou continuar postando no dihitt mesmo já sendo alvo de ataque mas não pretendo me interagir como fazia antes.Vou usar o espaço só para postar mesmo e adicionar as pessoas mesmo porque mesmo com o desvendar de como ser o primeiro do ranking,prefiro só ficar em primeiro no meu blog mesmo onde o único adversário sou eu.Obrigado pela atenção e Fraternal Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Arte, entendo sua escolha em se manter mais reservado, com certeza é uma boa forma de evitar atritos, mas se um dia mudar de idéia, saiba que também é possível ser ativo, participar bastante, como costumo fazer em meus momentos de folga e se divertir, fazer amizades, etc. É só ter aquele cuidado especial de fazer boas escolhas, com um pouco de observação, logo sabemos com quem vale a pena se relacionar :) Já conheci muitos blogueiros pessoalmente, alguns já são meus amigos íntimos na vida off, mas infelizmente hoje em dia, temos que ser mais cuidadosos e até mesmo desconfiados :) Espero que tenha bons resultados e que possa aproveitar o que a rede tem de melhor :)

      Grande abraço e boa semana !!

      Excluir
  27. Não vou dizer que sou uma pessoa centrada e sem altos e baixos. Quem nunca usou a agressividade para marcar um ponto de vista, ainda mais depois de tantas tentativas sem êxito? A agressividade, na minha opinião, serve para momentos determinados; uma agressividade branda, ou melhor dizendo, uma firmeza nas atitudes. Algo como "personalidade" forte.

    Enfim, sempre fui "menosprezado" pelas coisas que digo e, infelizmente, acabo utilizando um pouco da agressividade contra essas pessoas que me menosprezaram. Uma forma de auto preservação, acredito. Se certo ou errado, ainda não cheguei a uma conclusão, porém, certas vezes acaba funcionando.

    Agora, e como seria a agressividade positiva? Seria uma forma de canalizar aquela agressividade em algo produtivo? Fiquei curioso, só isso.

    Beijão, Sam!
    Boa semana pra você também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá, quanto tempo não papeamos, não é mesmo ! Adorei sua visita :)

      Ih amigo, eu não sou exemplo de bom comportamento porque já me enfiei em diversas situações grotescas como brigas de rua etc kkkk sou bastante reativa, gostaria de ser menos, meu sangue ferve por pouco, mas estou me esforçando para aprender a selecionar em quais batalhas me envolver e não levar tudo para o lado pessoal como costumava fazer... estou me sentindo bem nesta transição, tenho me estressado menos.
      O texto foi inspirado naqueles que por qualquer bobagem criam um cavalo de batalha, e não param para pensar que isso acaba prejudicando mais a eles mesmos.
      Creio que a agressividade positiva seja a que nos impele a seguir sempre em frente, mas com ética e bom senso, que nos dá aquela força extra quando estamos desanimados, que nos faz lutar pelos nossos sonhos mesmo quando todos estão contra nós, etc mas sempre prezando pela educação, equilíbrio, sem prejudicar a nós mesmo e nem aos outros, mas esta é só uma opinião, vou fazer uma postagem sobre isso e ainda preciso pesquisar bastante :)

      Obrigadíssimo pela presença e pela conversa ;)
      Um beijão e boa semana !

      Excluir
  28. Samanta, é verdade, como tem pessoas agressivas que são ovacionadas por suas colocações e atitudes, como se isso representasse a Força.

    Ser uma pessoa forte não requer apresentação e comportamento de impacto agressivo. Eu noto que quem se mostrar demais, precisa chamar a atenção e sempre está de olho em alguma coisa ou alguem.

    Perfeitas colocações de voce. Espero que quem precise ler, que saiba interpretar.

    BEIJOS saudosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Linda Fadinha :D

      Pois é amiga, acredito que esta admiração pode até agravar o quadro do agressivo que se sente ainda mais impelido a continuar com sua conduta, pois está chamando a atenção para si...
      Como sabiamente disse, para ser forte e respeitado, não são necessárias agressões de nenhuma natureza.
      Também espero que a postagem alcance o máximo de pessoas possíveis e que traga uma boa reflexão :)

      Obrigadíssimo pela presença !
      Muchos beijos e boa semana !! :)

      Excluir
    2. Sammy.... lendo seu texto e seu comentario, concluo: sim, entendi toda razão do conteudo! Então, que as pessoas beneficiadas por esta perspicaz leitura, possa usufruir da mensagem e refletir.

      Beijos

      Excluir
    3. Hello Linda Fada, tomara amiga, acredito que todos nós já nos deparamos com o agressivo, e por vezes, é preciso até estarmos atentos para analisar se nós é que não estamos sendo os agressores... :) É sempre tempo de mudar de comportamento, seja para lidar com alguém assim, ou para escolher uma conduta mais saudável :D Love youuuu, beijos Flor

      Excluir
  29. Oi minha querida Daniela Sam... adorei a escolha do assunto, pois é algo que sempre nos deparamos e nem sempre sabemos como agir!
    Acredito sim que as pessoas agressivas possuem um apelo inconsciente de auto afirmação pela agressividade, ou seja, são pessoas que precisam agredir para se sentirem superiores ao mundo. E o preço desta superioridade é a busca da afirmação constante desta agressividade, gerando mais e mais descontrole. Um dos maiores descontrole dos agressivos é o famoso espírito de perseguição, aquele que vê a tudo e a todos como inimigos a serem combatidos, basta apenas que não se tenha a mesma opinião ou que não compartilhe do mesmo modo de ver e viver a vida.
    Daí dá pra ver o ciclo vicioso não é? Pois é, nós vemos, as pessoas agressivas não. Sempre se julgam com a razão e arrumam milhões de desculpas para justificar suas crises e conceitos.
    Acredito que devemos saber defender nossas crenças e que por vezes devemos saber nos impor, mas para isto nunca será necessário agressividade e sim determinação, objetividade e força de caráter. Ao agredir impõem-se o medo e o desconforto e este dois sentimentos jamais irão gerar consideração e respeito.
    Devemos sim saber nos posicionar, e a principal forma de se fazer isto, é saber diferenciar a hora de falar e calar, e quando falar sempre se valer do respeito para com os outros, afinal quando se considera a ação do outro errada jamais devemos fazer o mesmo. E a base da agressividade é esta, fazer aos outros o que de errado os outros fazem para si.
    Quem verdadeiramente sabe se posicionar, jamais se utilizará da agressividade!
    Somos sim passíveis de cometer o erro da agressividade, afinal ainda estamos aprendendo a nos conhecer, sendo assim, importante mesmo é a gente reconhecer quando se excedeu e pedir desculpas e principalmente não persistir no erro.
    Nem preciso dizer que adorei!
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Valéria querida !!!

      Que bom que gostou, concordo contigo que é algo que acontece muito em nosso dia a dia e nem sempre sabemos o porquê desta conduta ou como lidar com uma pessoa agressiva...
      Pesquisei para tentar entender um pouco este tipo de comportamento e pelo que li, pe exatamente como mencionou, as pessoas usam a agressividade na tentativa de aliviar seus conflitos e frustrações, sentindo-se superior aos demais, mas de maneira totalmente perturbada, pois se optassem por analisar suas ações, veriam que não se consegue respeito nem admiração desta forma.
      Algo que já conversamos e que pude constatar nas pesquisas é que estas pessoas chegam a um ponto de acreditar que tudo que acontece é praticamente um complô contra eles, acham que todos à sua volta vivem em função de lhe fazer o mal, perdem, digamos até mesmo a noção da realidade, e como disse, não conseguem mais diferenciar e ter uma visão clara como nós que estamos de fora.
      Concordo contigo que em inúmeras situações é necessário se impor e defender nosso ponto de vista e até mesmo nossa integridade, mas não é preciso optar pela agressão, seja ela de qualquer natureza, desta forma só vamos conseguir piorar as coisas e manchar a credibilidade que lutamos tanto para construir...
      Todos temos nossos dias de fúria e às vezes cometemos erros, isso é normal, perdemos as estribeiras, etc, mas é bem diferente daqueles que escolheram para si uma existência totalmente voltada para reações agressivas por qualquer motivo e não se esforçam sequer para refletir ou mudar esta realidade...
      Errar, exagerar de vez em quando faz parte do nosso crescimento, o importante como citou é a humildade para reconhecer o erro e não se deixar levar pelo caminho tortuoso da animosidade ;)

      Obrigadíssimo pela presença, Flor, um super mega beijoooo e boa semana !!

      Excluir
  30. O seu texto é fantástico! Se me permite, eu acrescento o seguinte:
    Um indivíduo com inteligência emocional, diante de um mapa (meios metafóricos que permite ao ser humano entender e gerir sobre a informação e dados percebidos de fontes exteriores), com informações diferentes e às vezes oposta aos seus paradigmas e crenças, apresenta uma visão holística do evento, e uma postura imparcial e equilibrada. Enquanto que o medíocre entra em conflito, perde sua capacidade de raciocínio, descontrola-se emocionalmente, por não conseguir tolerar o desconforto e o esforço cognitivo necessário para integrá-las numa solução maior.

    O descontrole emocional é evidência de um mapa pobre, tendencioso ou partidário que não conseguiu transcender o paradoxo. Equilíbrio emocional é evidência de um mapa de maior recurso intelectual e espiritual. Lembrando que, a inteligência espiritual é um dos recursos inatos do ser humano, embora ainda mal desenvolvida, ainda na maioria das pessoas.

    A inteligência espiritual neutraliza os medos criados artificialmente pela mente racional. Ela propicia a busca pela verdade e não certeza, e evita as armadilhas criadas pelas distorções e generalizações mentais. Por isso, Segundo Lao-Tzu, “aquele que conhece o outro é inteligente, aquele que conhece a si mesmo é sábio, aquele que conquista o outro tem força, aquele que conquista a si mesmo é poderoso, aquele que controla a si mesmo tem força de vontade, aquele que se satisfaz é rico, aquele que não perde seu posicionamento é durável, e aquele que faz não morre”

    Portanto, pessoas que têm a disposição de deixar os outros serem o que eles são, sem cobranças e controles são raros. Têm-se observado, no entanto, alguns progressos isolados. Pessoas com compreensão suficiente para reconhecer que: “O problema que estou tendo com outros, sou eu mesmo”.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Trabalhe, maravilhosas as suas colocações, complementaram a postagem de forma clara e brilhante !
      As citações de Lao-Tzu descrevem com sabedoria o caminho para o entendimento e uma vida plena de crescimento e evolução.
      O fechamento de seu raciocínio me deixou uma reflexão que considerei muito importante, que é a de que : será que as reações que recebo são todas de minha responsabilidade ? Vou pensar muito nisso...

      Obrigadíssimo por contribuir de forma relevante e pela presença ;)
      Um enorme abraço e boa semana !

      Excluir
  31. Oi Sam, tudo bem?
    Menina, muito interessante isso que voce escreveu...
    Sabe, eu tenho dificuldade de ignorar esse tipo de pessoa. Geralmente atitudes agressivas me magoam. Na hora eu levo de boa, mas depois fico pensando... Acho que a melhor coisa é perdoar. Simplesmente jogar esses momentos desagradáveis no fundo do mar e seguir em frente...
    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anna, tudo jóia e contigo ?

      Assim como você acho bem difícil ignorar pessoas que agem desta forma, primeiro porque meu sangue ferve na hora e tenho que me controlar muito, e segundo porque também fico magoada e pensando muito naquilo... Mas depois de várias experiências agindo das duas formas, dando atenção, revidando ou então ignorando, vi que a segunda opção acabava mais rápido com o ataque e que eu me sentia melhor por não ter sido impulsiva e me arrepender... mas não é mole não rsrs
      E como disse, perdoar é uma atitude nobre, pois mostra que compreendemos as dificuldades do outro :)

      Obrigadíssimo pela presença !
      Super beijo e bom restinho de semana :D

      Excluir
  32. Caramba, a ultima vez que fiquei em primeiro lugar foi no dihitt e já tem uns 3 seculos e meio. Agora sou uma top comentarista de carteirinha assinada! VIVA!!!!!!!!!!!!! Amei!

    Preciso contar algo a respeito - não sei se trata de agressividade:

    O Roberto Aiabe me deu agora uma ideia genial lá no Facebook e colocarei em pratica. Ele disse que até hoje joga pipoca no cinema. Farei o mesmo ao assistir Titanic 3 D. Escolherei momentos emocionantes. rssssssss
    Isso deve fazer um bem enorme, extravasarei tudo que está contido dentro de mim: travessuras!


    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fadinha lindaaaaaaaaaa, você está disparada na dianteira com mais de uma dúzia de comentários na frente da Jackita :D
      Que bom que gostou Flor, foi uma maneira de oferecer um mimo para vocês que desde o começo prestigiam o blog, me incentivam e me receberam como amiga :) Agradeço de coração :)

      O Roberto é malvado, você vai atrás das idéias dele , cuidado pra não levar uma latinha de refri na cabeça Fadinhaaa, vai ter que sair batendo as asas rápido do cinema kkk me rachei de rir quando li seu comments, mas acho que vai ser uma boa, este filme é tão tristeeee, e com as pipocadas vão rolar boas risadas hehehe pelo menos suas né kkk

      Beijosssssssssssssss
      Love you :D

      Excluir
    2. Pois é... vamos lá! Eu tô na frente da Pantera Jackie porque ela tem uma penca de filhos e marido. Eu só tenho 2, sendo que a humana mora com o pai e passa findis comigo. A outra me dá um trabalhão, tipo: dar banho e sair cortada em 5! mas sobrevivo... e sobra tempo, mesmo que ardida, para comentar.

      Sobre o Roberto.. ele já está até pensando em ver filme comigo justamente para praticarmos atos de pura liberdade de espírito! Venha tambem! kkkkkkkk

      Excluir
    3. Isso é verdade Fadinha, não sei como a Jackie dá conta de tanta coisa e agora ainda está trabalhando fora ! vixe maria, é praticamente uma Mulher-Maravilha :P
      kkkkkkk morri de rir imaginando a cena do banho da gatchenha e você toda arranhada haha ai desculpa, mas foi engraçado, sei bem como é isso, minha mamys tem 5 !! jisusss
      Meu pai do céu, imagina juntar nós 3 para a pipocada, vão chamar a polícia kkkk
      beijosssssssssssss :D

      Excluir
  33. Samanta, ótimo texto. Realmente a melhor coisa a se fazer quando nos deparamos com esse tipo de pessoa é tentar se controlar e ignorar. Gostaria de acrescentar os 'agressivos' da internet. Xingam tudo e todos porque se veem protegidos no anonimato da internet. São pragas que têm se proliferado muito. Beijão e ótima semana pra vc tb!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sérgio, como vai ?

      Que bom que gostou do texto :)
      Durante muito tempo eu revidava e reagia, mas fui percebendo que isso me desgastava e não mudava em nada certas pessoas, então comecei a ignorar e isso está me fazendo muito bem, pois não me sinto exausta e os encrenqueiros acabam me deixando de lado rsrs
      O texto foi feito inspirado principalmente nos agressivos virtuais, trabalho na net com o público e diariamente vejo este tipo de atitude, você tem toda razão, utilizam este meio para fazer e acontecer, uma verdadeira praga, como disse !

      Um beijão, obrigadíssimo pela presença e bom restinho de semana ! :D

      Excluir
  34. Sempre textos construtivos e que tenho certeza ajudam muitas pessoas por ai, já virei um seguidor nato. E pessoas assim são comuns em todos os lugares, na família, na escola, faculdade, trabalho, etc. Devemos tentar deixá-los de lado, pra amargarem um pouco de sua solidão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo !!

      Que bom que gostou do espaço, também gostei muito do seu ! Com certeza vamos papear muito ainda :)
      Realmente pessoas que agem desta forma são comuns em nosso dia a dia infelizmente... já tentei ser reativa, revidar, etc mas no fim percebi que estava ficando exausta e de nada adiantava...então pesquisando sobre o assunto, cheguei a conclusão de que na maioria das vezes o melhor mesmo, se for possível, é ignorar e seguir nosso caminho ;)

      Obrigadíssimo pela presença ! Grande abraço :)

      Excluir
  35. Olá Samanta!! Fazia dias que essa sua página estava entre minhas abas para serem lidas e somente agora consegui e fiquei encantada com o conteúdo!! Menina, o texto sou o "eu" antes e o "eu" depois. Olha que fiz por muito tempo o tipo agressivo e hoje, graças a Deus estou no lado "mais humano" rsrs Eu agia agressivamente para esconder minhas fraquezas, quando larquei as armas eu percebi que "guerra" idiota eu estava travando com o mundo e comigo principalmente, pois estava o tempo todo querendo provar uma força que na verdade eu não dispunha. Minha filha chegou a dizer:_ Minha mãe era uma jararaca, e hoje ela é uma cobrinha não peçonhenta. Portanto vale muito à pena ser mais "manso". Parabéns pelo artigo e um grande beijooo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Edi !!!

      Creio que nos identificamos neste aspecto também, assim como você eu era bem agressiva, aliás até bem recentemente me enfiava até em brigas físicas de rua e discussões por todo lado... Mas percebi que estava ficando exausta e nada mudava... então comecei a analisar e escolher com mais cautela em quais batalhas me envolvo, agora só perco meu precioso tempo quando realmente é algo importante e estou gostando muito de viver desta forma.
      Na maioria das vezes finjo que nem vi, faço cara de paisagem e sigo em frente hehehe
      Gostei muito que tenha compartilhado conosco sua experiência, pois desta forma quem passar por aqui pode ver o relato de alguém que realmente sabe que mudar de conduta é mais saudável e construtivo, que melhora nossa vida e que é claro, é sinal de evolução pessoal ;)

      Obrigadíssimo pela presença !
      Um mega beijoooooooo e bom fim de semana ! :D

      Excluir
  36. Cheguei, estou no Paraíso", Menina Sorriso! (Falei pra rimar! rs)

    Post relevante como sempre, né, Samzíssima?
    Se eu te contasse que você tirou as palavras de minha boca, acreditaria? Estava pensando nisso um dia desses... A pessoa que gosta de agredir as outras tem tanta necessidade de aparecer e se fazer valer pelo grito, que nem repara o quão ridícula se torna, com a imposição de seus argumentos. E indo mais além, é a impressão que fica logo à primeira vez, quando conhecemos alguém assim em um lugar público...
    Há pessoas que adoram tanto magoar e pisar, que parece haver um gozo na humilhação alheia! Até me fez lembrar uma passagem do conto "Felicidade Clandestina", de Clarice Lispector, onde a menina má parecia ter prazer em diminuir as colegas, só porque as vizinhas eram bem bonitinhas e ela, nem tanto assim...
    Aliás, esse conto me levou a um outro ponto: será que quem maltrata os outros, no fundo é um frustrado na vida? Não pode ter seu próprio brilho (há coisas que a própria genética não colabora) por isso desconta em quem esteja perto, uma tristeza do inconsciente? (Bem, é apenas uma ideia que me veio!)
    Por fim, gostei do artigo, discordando só de um pontinho: que não existe agressividade positiva! (Pra mim, existe apenas a negativa, que você sobriamente enfocou!...)

    Beijos da Mary pra você, amiga!!!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mary querida, amiga e musa da escrita ! estava com saudades de papear contigo !
      Que bom que veio e ainda rimando hehehe adorei !

      Fico feliz que tenha gostado do tema :)
      Pois é amiga, passei nestes últimos dias por situações que me levaram a postar sobre isso e depois de analisar pude constatar como disse, estas pessoas estão tão cegas quanto à sua condição que nem percebem como ficam patéticas...
      Perfeito o exemplo que nos trouxe do conto de Clarice, realmente a impressão é esta, e pela pesquisa, vi que em muitos casos é assim mesmo, pois a agressão geralmente está ligada a inveja e como disse, parece até um sadismo em sentir satisfação com a dor dos outros... tudo isso para sentir-se superior.
      Assim como você, acredito que seja sim um escape de frustrações, ao invés de tentar ser alguém melhor, a pessoa simplesmente gasta todas as suas energias tentando tornar a todos medíocres como ela.
      Eu coloquei os dois pólos porque nos textos que li, os psicólogos sempre mencionavam a agressividade negativa e a positiva, sendo aquela que nos dá forças para continuar em busca de nossos objetivos com garra e sem esmorecer, mas não li muito sobre, então a agressividade positiva ainda é uma incógnita para mim, mas por sugestão do Fábio, acho que mais adiante, farei uma postagem sobre isso :)

      Amiga, agradeço muito sua presença e por complementar os textos sempre de forma brilhante !
      Estou mega atrasada para papearmos no Fatos, mas os pepinos andam se multiplicando por aqui e em um espaço como o seu, preciso de tempo e atenção, para aproveitar cada linha e comentar no nível que merece, então logo logo chego lá, creio que no findi e proseamos mais :)
      Um super beijãoooooooooooo e bom fim de semana !! :)

      Excluir
  37. Olá Samanta!

    Acabo de responder a meu primeiro meme e dentre os 10 Blogs que indiquei para participar está o seu.

    (Sua participação é opcional. Se não desejar responder ao meme não há qualquer problema).

    http://www.aponarte.com.br/2012/04/meme-conheca-oa-blogueiroa.html

    Um abração e bom final de semana.

    Antonio (Apon)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo ! Opa, adoro memes !! Fico feliz com a lembrança e carinho para a indicação :)
      Já já estou chegando por lá :D Grande abraço e bom fim de semana !!

      Excluir
  38. Cada vez que venho aqui um novo design se faz presente, parabéns seu blog está sempre novo.
    Um a parte do texto primordial uma parte sintetiza boa parte dele:
    -"Quando estamos seguros..." Mata a pau!
    Mas que é duro ignorar esses pseudorealistas é, e como é.
    Abração e ótimo final de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cidadão, tudo bem ?? Pois é amigo, acho que isso é coisa de mulher, como dizem, todo dia quer roupa nova kkk e o blog não escapa rsrs adoro colocar uma firula aqui outra ali :)
      Concordo contigo, é super difícil ignorar quando encontramos alguém assim, eu mesma demorei muito e me desgastei bastante até perceber que vale o esforço, pois existem pessoas com as quais nenhuma argumentação adianta...então o melhor é seguirmos em frente :)

      Obrigadíssimo pela presença !
      Um enorme abraço e bom fim de semana !

      Excluir
  39. Olá querida amiga Sam
    Olha eu aqui ressurgindo na blogosfera...
    Quanto tempo que estava sem tempo para fazer um comentário a altura de textos como os seus!
    Um tema de suma importância nesses dias em que vivemos com mais e mais mentes doentias, invejosas, psicoticas.
    Recentemente sofri Bullying no ambiente de trabalho e pesquisei sobre o assunto que envolve todo tipo de agressividade psiquica, moral do agressor( a )
    Bem não vou entrar em detalhes do mal que isto me fez, mais felizmente já estou fora deste ambiente de inveja e negatividade.
    Geralmente os agressores se sentem impotentes diante do seu alvo, então cutucam, esfolam com palavras e atitudes para se sentirem poderosos. Um disfarce para suas fraquezas talvez...
    Eu apenas me referi a agressão como falta de educação.
    Mas na verdade queria ter dito a pessoa: Você está muito doente, vá se tratar.
    Parabéns pelo tema, excelente artigo, muito bem elaborado e esclarecedor!
    Beijos marcias e um ótimo fim de semana.
    Desta amiga que mesmo ausente te gosta D+.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá Alba querida amiga, que bom vê-la por aqui !

      Seja sempre bem vinda ! Sei como é a correria, em alguns períodos não conseguimos conciliar os afazeres com esta atividade que tanto gostamos, eu ainda não consegui postar semanalmente como fazia antes desde o fim do ano passado... mas vamos que vamos né amiga ;)
      Também já passei por isso no ambiente de trabalho e é uma das piores situações, pois é difícil tomarmos uma decisão ou escolher como agir.
      Fico feliz que não esteja mais passando por isso, sei como é horrível viver neste clima de tensão e animosidade, nos deixa exaustos !
      Perfeita sua colocação, pelo que pesquisei vi que é mesmo assim, os agressores usam de todos os piores artifícios para sentir um alívio momentâneo para suas frustrações e para se sentirem poderosos e nem percebem o quanto isso é ilusório e prejudicial...
      Com certeza a vontade que temos é de dizer isso, afinal é a grande verdade, chega um ponto em que é necessário até mesmo ajuda profissional, mas infelizmente isso só acontece quando a própria pessoa tem consciência do caminho que escolheu...

      Amiga, muito obrigado pela presença e por compartilhar conosco sua experiência, enriquecendo a postagem :)
      Um mega beijo marcial e que seu findi seja ótimo !! :D

      Excluir
    2. BACANA,ALBA. ALÉM DE ME FAZER VIAJAR A DÉCADA DE OITENTA
      QUANDO TIVE UMA NAMORADA COM SEU NOME ENTÃO A CULPA É
      SUA POR MINHAS REMINICÊNCIAS,DEVERAS CALIENTES E PROFUNDAS...RSR .COM RELAÇÃO AO SEU PAPIRO SOBRE AGRESSIVIDADE,FOI BEM INTERESSANTE A FORMA MOTIVADA COM QUE TRATOU DO ASSUNTO,SEM,COMO DIRIA CHÊ GUEVARA,QUE NEM SOU ADÉPTO ,PERDER LÁ TERNURITA.." RSRS.
      UNO GRAN BERRITO,E ARREVUAR,OU ALFIDZEN,ADIOS,SEU LÁ EU..RSRSRS .\ 0 / 8RSRS. FIQUE POR PERTO.-JANIO

      Excluir
    3. CARAMBA,SAMANTA,VI VOCÊ ONTEM ÀS 2 DA MANHÃ.( CALMA!!! RSRS ) FOI NO MEU SONHO.KKKKKKK

      Excluir
    4. kkkkkkk Jânio, com certeza foi em seu sonho pois esta hora eu estava dormindo no sofá kkkk Eu e meu marido resolvemos ver um filme, mas era tão ruim que dormimos os dois hahaha quando acordamos já havia terminado :P
      Abração e bom Domingo !

      Excluir
    5. Cara amiga Sammy Samante.Hoje,passei o dia largado.Trabalhei muito essa semana,então,esqueci de tudo até de mim..rsrs.Esqueci até que eu existo,cochilei aqui no compiuter e quando dei por mim,tinha cochilado,e meu gato,(quer dizer,do Herisson) ,meu filho, estava lambendo a minha cara)rsrs
      A lisa,a gata preta e branco,até parece que está com a camisa do vasco..rsrs,também fazia esse ritual macábrico..rs,mais ela.como todo ser,do genero femino, é mais comedida,apenas mordia minha zoreia.kkk
      Pois é,a gente trabalha tanto,e tantos ratos roubando tudo.Mais deixa quieto..
      Sobre dormir no sofá.é muito romantizado.o casal fica alí,apertadinho,ambos os dois abufelados..rsrs.Mais é preciso ter muuuuiito cuidado,pois quando o filme é ruim,as cabeças ficam muito pensantes,e você sabe,cabeça vazia,sem ocupação, é oficina del sete pele.rsrs
      Éu particularmente acho muito perigoso.pois muitas vezes o casal essistindo o Rei Roberto,e quando ele diz:
      " eu te..............................pro......ponho" olha,é muito pergoso o casal se abetalhar e cair do sofá.kkkkkkk
      Não faça mais isso...
      janio.beijiotos

      Excluir
  40. Olá Sam!!!

    Saudades sempre de vir aqui em seu blog...rsrs

    Conheço bem esse tipo de pessoas, é tão complicado lidar com gente agressiva que não conhece outros meios de se satisfazer sem ser maldoso. Já passei por piores nas mãos de pessoas agressivas, egoístas principalmente manipuladores. Chorei tanto até apreender como lidar e sair sempre vencedora, pois depois percebi que era inveja e essas pessoas estavam levando a melhor por estarem me fazendo recuar, hoje em dia quando vejo essas pessoas me sinto satisfeita por nunca ter batido de frente, ter insistido ou ter partido pra agressão (porque te juro, tinha horas que perdia a cabeça é só Deus pra me acalmar e mostrar o melhor caminho), eu sabia que tudo ia mudar é que para tudo existe justiça. E claro que ainda tenho que matar muitos leões por dia, porque o que tem demais nesse mundo é gente insatisfeita consigo mesmo, ai não tem o que fazer é desconta nós outros. Essas pessoas nunca irão conhecer a verdadeira felicidade por sempre estarem buscando por confusões, deviam mesmo é procurar ajuda é tentar mudar seu interior, a forma de se expressar de fez ficar pensando como irá prejudicar e magoar os outros. Como você disse é muita baixa auto estima. Parar pra pensar que viver sempre de mal com o mundo não irá trazer nenhuma solução e que não vivemos eternamente, então se trate agora para amanhã ter todas as respostas, se olhe interiormente é tente descobrir qual e o verdadeiro problema se é contigo ou com os outros, porque tenho certeza que serão felizes.

    Minha mãe sempre me criticou por ser complacente, nunca revidar, porque ficava parecendo que eu era a besta a mulinha que aguentava tudo sem dizer nada, eu vivia dizendo a ela que eu não precisava descontar ou pagar na mesma moeda, porque estava bem comigo mesma, e que essas pessoas eram mentes fracas, daquelas que precisam viver na ruindade pra se sentirem contentes, e eu só precisava ser sempre eu, a vida e um jogo e nas etapas muitos são eliminados se não saberem desviar, acredito em meus próprios talentos pra ser alguém melhor sem precisar trapacear. Ter Firmeza e Força pra sempre lutar é confiar em si mesmo ajuda.
    O verdadeiro poder está dentro de nós, tentarmos lutar, batalhar querer ser melhor primeiramente pra si mesmo é fundamental antes de querer encarar o mundo. Maturidade também faz parte.

    - - - - - - - - - - - - - - ☺ - - - - - - - - - - - - -

    AMO tudo que você escreve Sam....

    Escreve tão perfeita, dá pra perceber que você pesquisa se intera do assunto antes de postar no blog. Cada fez que leio seus textos noto que você sempre está evoluindo. Continua sempre sendo espetacular. Você consegue mesmo chegar bem fundo em nossos pensamentos é sentimentos...rsrs

    Beijokas...

    Tenha um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLááá amiga !!! estava ansios para chegar o fim de semana para papearmos um cadinho :)

      Já começou com uma colocação perfeita ! Agressivos não encontram outros meios de sentirem-se bem a não ser provocando e maltratando as pessoas, seu anseio por se sentir aliviado ou superior é tão grande que abrem mão do respeito e educação...
      Durante muitos anos, também sofri muito com este tipo de pessoa, assim como você chorei, em alguns casos, revidei, me meti em confusão etc, mas depois de ficar exausta, vi que quase nada mudava e eu estava ficando muito estressada... então resolvi começar a agir de outra forma e quando possível, ignorar...
      Nossa, se eu soubesse tinha feito isso muito antes, primeiro porque assim me estresso bem menos e segundo que os agressivos logo ficam entediados e largam do meu pé quando percebem que não estou nem aí...rsrs
      Adorei o que disse, estas pessoas realmente nunca serão felizes enquanto não tentarem mudar sua conduta, reavaliar suas atitudes e tentar de alguma forma viver melhor e em maior harmonia com os que lhe cercam...
      Eu pensava como sua mãe, por isso, vivia me metendo em discussões e até em briga de rua já entrei... mas como te contei, vi que isso só me desgatava e não adianta nadinha... quem amis se ferrava era eu mesma.
      Por isso hoje, sofro ataques, agressões, afinal lidar com o público é assim mesmo, sempre tem os cavalos vestidos para nos dar coices... mas agora respiro fundo e olho para o outro lado, penso em outro assunto, faço cara de paisagem e sigo em frente, eles que se mordam sozinhos...
      Sua atitude diante disso é a mais correta na minha opinião, pois você está sefura de quem é e escolhe bem em quais lutas deve entrar, e sabe que nem tudo vale a pena.

      Amiga, agradeço de coração seu apoio, suas palavras empre me motivam a tentar escrever melhor para receber vocês aqui e tentar passar algo relevante e interessante e com esta interação vou aprendendo muito e procurando não apenas ser uma blogueira melhor, mas também uma pessoa melhor :) Obrigado por tudo mesmo !!
      Um super beijãoooo, valeu pela presença e pela conversa !
      Bom fim de semana ! :D

      Excluir
  41. Em situações assim, Sam, o ideal é ficar quietinha mesmo como você mencionou no texto, pois qualquer atitude que pareça agressiva para o agressor em questão o deixará mais furioso, causando um sentimento bem pior nele. Tenho muita pena de pessoas assim, pois infelizmente elas não sabem se controlar, usar gentileza e muito menos serem sociáveis.
    Detalhe: e elas, ainda, acham que tem razão do que estão fazendo com toda aquela agressividade gratuíta.
    Quando eu encontro pessoas assim, as trato bem e algumas delas, depois de um certo tempo até me pedem desculpas... sou do tipo que pensa que a: "gentileza, gera gentileza!"
    Abraços e tenha um lindo final de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Barbie querida !! :D

      Pois é amiga, eu sempre fui muito reativa e costumava levar tudo a ferro e fogo, até que um dia, resolvi não revidar, ficar na minha e para minha surpresa foi a melhor coisa que fiz. O agressor logo se cansou de não receber nenhum retorno e me deixou em paz e eu não fiquei exausta como antes quando me envolvia em tudo e não conseguia resultado nenhum porque a maioria destas pessoas não tem consciência do que está fazendo e também não está aberta a argumentações...
      Como disse, ainda acham que estão certas e sequer parar para questionar a si mesmas sobre isso ou tentar mudar para uma conduta mais sociável e saudável.
      Maravilhosa a sua maneira de agir, mostra muita nobreza e segurança, e desta forma está conseguindo até mesmo fazer algumas pessoas refletirem e perceber que estavam erradas ! Parabéns !

      Flor, agradeço muito sua presença !
      Um super beijo e que seu fim de semana seja ótimo :D

      Excluir
  42. Sammy, como sempre, textos profundos acerca da natureza humana! É preciso um pouco de sabedoria para conviver com determinadas pessoas, principalmente as que exigem muito em termos de atenção, pois estão realmente, como disse, numa dessas duas classificações. Bom para refletirmos um pouco. Bom Domingo!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo Expedito, que bom recebê-lo !! :D

      Verdade, concordo contigo, é preciso serenidade e sabedoria para lidar com pessoas deste tipo, pois se nos deixarmos levar acabamos agindo da mesma forma, nos desgastando e não chegamos a lugar nenhum :)

      Obrigadíssimo pela presença ! Um lindo domingo para você e a Maluzinha :D

      Excluir
  43. Olá Sammy como vai?
    Excelente artigo,tem muita gente que coloca qualquer situação de discussão ou disputa como um jogo ou um rating, como se fosse uma guerra pessoal! Usam qualquer arma, porque precisam vencer qualquer custo, sempre de forma covarde, porque usam artifícios ilegais, trapaceiros, e uma dessas armas é a tentativa de se elevar tentando subjugar o seu colega com agressões verbais...
    Creio Sammy que essa agressividade inerente em todos nós não seja instinto de preservação, e sim faz parte de nossa cultura e não de um gen, mas isso não vem ao caso..
    Isso seu artigo foi muito bem colocado: um pessoa com falta de auto estima faz de qualquer acontecimento banal uma guerra! Sempre buscando aceitação de todos através de atitudes agressivas e de subjugo do seu colega, Demostra falta de alto estima e está sempre voltado ao que os outros dizem, ao olhares externos. Essa agressividade é sinônimo de sua incapacidade, falta de cultura, preguiça e acima de tudo falta de amor próprio e humildade! É muito simples um homem, que diz que é homem estufando os peitos, mas não passa de um traste, porque crê que ser homem é se cercar de atos estúpidos. em vez de reconhecer as pessoas que o ajudam e que nada é sozinho.
    Faz parte disso provar que pode enganar os outros e conseguir falsos objetivos, em vez de galgar com próprias pernas, ainda que doam, mesmo com pequenos resultados, procurar aprender sempre.
    Realmente deprimente esse tipo de comportamento, e pior quando é acompanhado por uma surdez intelectual, um egoísmo retroativo, uma falta de sentimento verdadeiro de amizade, porque não é amizade que se busca, porque prefere se execrar um amigo, ou mesmo um colega, pra se achar o ban ban ban, em vez de dar seu devido espaço, ou mesmo o reconhecimento de sua superioridade em tais temas.
    Infelizmente creio que não dê pra colocar o erro na frente do sujeito arrogante e mesquinho porque se ele chegou nesse baixo nível significa que já está dentro de um inferno como você enfatizou bem. A única coisa a se fazer é deixa-lo sozinho, falando com as paredes, porque só elas pra entende-lo rsrsrs...Se achar todo mundo pode, mas tem que provar com sua própria capacidade e esforço, e não tentando degradar com ofensas idiotas o que os outros conquistaram com tanto suor e honestidade. Assim que o cidadão de caráter que procura aprender escutando quem tem conteúdo, e ignora o idiota que só quer se elevar pra jogar caca nos outros, e não pra acrescentar coisas positivas que demostrem sua honra! Quem se eleva de verdade, ajuda os outros a se elevarem com ele, engrandece o site, acrescenta bons exemplos e conteúdo e não fica dando uma de palhaço no topo...Porque assim, ele cai porque nada tem a acrescentar, sempre reclama que está sozinho e ninguém da atenção, como uma criancinha mimada, mas isso acontece porque o idiota ou palhaço não está lá pra ser atendido, esta lá pra atender os outros...Pra servir os outros não pra ser servido. Mas como nada tem a oferecer ai fica difícil né..Ai começam essas agressões baratas pra chamar a atenção, essas briguinhas, essas frescurinhas, esses "chiliques" ou boiolices...ai prova que não aguenta a pressão rsrsrsrs...
    Porque não fazer ou pelo menos tentam, fazer bons artigos como os que você faz , que acrescentam algo as pessoas, em vez de ficar dando uma de bebezinhos chorões? Eu leio seu artigos e me sinto melhor e com mais idéias, leio outras coisas e relaxo, assim está bem, mas esses chiliques além de serem um saco, não acrescentam nada a ninguém, quer brigar, vai no msn do cara e se entenda com ele! Mas não polua os artigos com esse lixo! Quer se aparecer faça bons artigos...
    abração e uma boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Frank, tudo jóia, que bom que veio participar :)

      Concordo contigo, constamente nos deparamos com este tipo de pessoa que fica cega para a ética, a educação e o respeito, utilizando assim todos os meios possíveis para sentir-se superior de alguma forma e geralmente isso envolve prejudicar alguém...
      Ao pesquisar pude constar o que mencionou, estas pessoas estão sempre focadas no comportamento alheio, acreditando que cada gesto do outro é um ataque, e em alguns casos, desenvolve-se a mania de perseguição, onde começam a fantasiar situações, acreditando que tudo que fazemos é contra ele, quando na verdade é como sabiamente disse, falta de auto confiança, e de humildade ! Adorei esta colocação, realmente falta humildade para analisar o próprio comportamento e verificar que passou dos limites...
      Um agressivo não consegue aceitar a superioridade de alguém, mesmo que constate que o outro é mais evoluído ou melhor em algum aspecto, pois isso é normal, sempre existirá alguém que é melhor do que nós em algo, mas para eles isso é uma afronta, um ataque pessoal, algo quase inadmissível que gera uma fúria ainda maior.
      Antigamente eu era bastante reativa e entrava no jogo dos agressivos, me justificava, tentava argumentar, mas fiquei tão exuasta com isso, que acabei procurando uma outra forma de agir, e percebi que quando a pessoa não aceita argumentações, o melhor que faço é ignorar pois assim logo se cansam de tentar me afetar e não ver resultado, que acabam procurando outro alvo...
      Maravilhosa a sua colocação sobre quem se eleva de forma ética e produtiva, pois realmente acredito que desta forma conseguem envolver as pessoas ao seu redor e inspirá-los, o que gera crescimento e evolução para todos !
      Como você tenho esta mesma impressão de criança mimada que quer fazer alarde por tudo, que faz ameaças, inventa histórias ou fica fazendo chatagem emocional para conseguir atenção...
      Coisa de quem não tem mesmo nada a oferecer e fica choramingando para que todos venham lhe consolar, mas pelo que vejo são os primeiros a ferrar com alguém quando podem...que existência mais triste e patética...
      Uma coisa importante que mencionou é que de fato estas atitudes e choramingos acabam poluindo nosso meio, pois vira e mexe nos deparamos com isso, o que é muito chato e cansativo... Sem dúvidas esta energia deveria ser gasta para o auto conhecimento ou para pelo menos tentar compartilhar alguma coisa interessante.
      Não aprecio que usa os artigos para criar um clima de tensão e animosidade na comunidade e muito menos aqueles que postam algo que deveria ser direcionado, como disse, se o Tonico me bateu, porque tenho que fazer uma postagem ? Eu vou lá dar na cara do Tonico, ligo pra ele, mando e-mail etc... mas o problema, é que assim, ninguém vai ver e não vou chamar atenção... acho que é por aí que os chatões analisam rsrs
      Que graça tem se não chamarem a atenção ? O pior é que sempre tem que dá ibope, os fãs como descrevi... então o melhor mesmo é olharmos para o outro lado, porque senão é stress na certa :P

      Obrigadíssimo pela presença e por complementar a postagem !
      Grande abraço e boa semana !! :)

      Excluir
  44. Olá minha amiga, como vai?
    Mais um bom tema!!
    Realmente a agressividade é algo inerente a todo o ser vivente, mas como seres humanos que somos também temos algo que nos diferencia dos outros animais: a inteligência e a racionalidade.
    Estes dois atributos que nos foram dados têem, como papel na nossa vida fazer precisamente com que em situações extremas consigamos pensar e não agir por impulso.
    No mundo agitado em que vivemos neste momento veem-se cada vez mais atitudes de pessoas que tentam impôr as suas opiniões e imporem-se as elas próprias pela força, esquecendo ou pondo de lado a argumentação.
    Mas essas são atitudes que nós não devemos ir atrás, muito pelo contrário, devemos combatê-las usando a palavra que quando bem usada é forte poderosa e suficiente.
    Parabéns amiga por mais um excelente trabalho
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida amiga, tudo bem e contigo ? :)

      Que bom que gostou do tema ! Perfeita a sua comparação, realmente temos nossas limitações, mas discernimento para procurarmos a evolução e manter o respeito e a educação nas interações ;)
      Concordo contigo, frequentemente nos deparamos com estas pessoas, mas o melhor sempre é procurar manter a calma e investir na argumentação, mas se nada der certo, em alguns casos, o melhor é ignorar e deixar cada um a seu tempo descobrir que não é desta forma que chegamos a algum lugar :)

      Obrigadíssimo pela presença ! Um super beijo e boa semana !! :)

      Excluir
  45. Adoooooreiiiiii seu texto! Você escreve muito bem. Convivo diariamente com uma pessoa assim, depois de passar muita raiva também aprendi a ficar calada e a ter um ouvido seletivo. Seja bem vinda ao meu Reflexões. Te ofereço o selinho de seguidora.Vim conhecer seu blog e já estou seguindo. Abraços! Boa Noite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alicinha, fico muito feliz que tenha gostado, seja sempre bem vinda :)

      Assim como você só aprendi com o tempo que a melhor forma de lidar com quem não aceita argumentos e só interage com agressões, é ignorar sempre que possível, assim vêem que não surte efeito e vão descarregar suas neuras em outra praia rsrs
      Obrigadíssimo pela presença, logo chego em seu espaço para participar e pegar meu selinho, adoro :)

      Grande beijo e uma linda semana !

      Excluir
  46. Samanta querida,

    que texto mais completo e maduro. Algumas frases que você escreveu são extremamente elucidativas: " o inferno age em seu interior e estão desesperadamente tentando envolver a todos neste caos". Quando me deparo com agressividade seja dirigida a mim ou aos outros, a única visão que tenho do agressivo é esta que você descreveu, ele está frustrado consigo,está com medo e inseguro se julgando pouco valorizado e, desesperado tenta arrastar mais alguém para este sentimento de desespero, para se sentir um pouco melhor e superior aos outros, tenta convencer a si mesmo o tanto que ele está certo ou é correto e justo, e o outro um traste. Por ver estas pessoas tão claramente assim como vejo é que não entendo como alguém pode lhes facilitar os planos entrando totalmente na paranoia deles, na tentativa de se defenderem do ataque. O que faz que revida agressivo, é só levar mais lenha para o agressivo alimentar a sua fogueira, o que este mais odeia, o que frustra seu ataque é os deixarmos falando sozinhos, às voltas com seu próprio umbigo e desespero.

    Aliás o que estes tipos tem de mais repulsivo, é o próprio umbigo, pois seria de sentirmos pena deles, caso o único traço que os levasse a agredir fosse a baixa auto estima, a insegurança e o sentimento de fracasso, mas não são só estas negatividades que os movem, além destas, tem os repugnantes traços de, falta de educação, falta de limite, desrespeito ao outro, egocentrismo, menosprezo pelos sentimentos alheios, inveja e as vezes até maldade, isto tudo combinado com baixa auto estima é bomba armada pra explodir em cima de qualquer pessoa que lhes der terreno.

    Quem é seguro e convicto de si e suas posturas, não dá chance para agressor se aliviar em cima dele.

    Beijos, Samanta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olááá Van querida !!

      Que bom que gostou do texto, quando pensei em como deve ser o interior de alguém que se sente desta forma a palavra inferno foi a única que descrevia bem o que pesquisei e imaginei, pois é exatamente assim, as pessoas que alimentam a agressão como carro chefe de suas relações estão tão perturbadas que acredito terem um desejo de envolver o mundo em seu caos particular, talvez na tentativa de ter algum alívio...
      E como disse, geralmente agem assim para sentirem que são superiores ao outro, mesmo que isso seja uma sensação ilusória criada pelo seu desequilíbrio...
      Gostei muito do complemento que nos trouxe, pois concordo que este comportamento engloba também falta de educação, respeito, um egoísmo exacerbado, um distanciamento emocional e o que me parece mais latente : a maldade !
      Frequentemente, por lidar com pessoas em meu trabalho, me deparo com gente deste tipo, antigamente eu entrava no jogo, mas hoje em dia, percebi que o melhor mesmo é fazer cara de paisagem e seguir em frente, pois como diz a piada, maluco não se deve contrariar rsrs

      Amiga, obrigadíssimo pela presença e por complementar a postagem de maneira tão esclarecedora e construtiva, adorei ;)
      Um super mega beijoooooooooo e bom restinho de semana !! :D

      Excluir
  47. Seu blog é imperdível também!!!! Salvarei o link, tenho autorização para postar nas próximas quintas???

    #bitocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá Vanda queridona ! Vixe maria, mas é claro, será um honra enorme !!
      Autorizadíssima !
      Agradeço muito o carinho !! e parabéns pela iniciativa ! :) Mega beijooo

      Excluir
  48. Oi Samanta!
    Parece que você está se especializando em comportamento humano, aja visto seus últimos textos que são dignos de uma psicóloga.
    Um beijão!

    Manoel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido Manoel , que bom vê-lo por aqui !! :)

      Eu adoro comportamento humano, acho a diversidade humana uma coisa fascinante !! tenho vontade de ser psicóloga, estou ensaiando no blog rsrs Obrigado, isso para mim é um elogio imenso !!!

      Agradeço muito a presença e carinho !
      Grande abraçoooooooooo e bom restinho de semana ! :)

      Excluir
  49. Querida Samanta!!!
    Fianalmente consegui ler teu artigo que eu vinha guardando para quando desse tempo, e hoje ao lê-lo eu entendi porque somente "hoje". Fiquei acordada até depois da meia noite de ontem para escrever meu artigo de sábado e hoje ao ler o seu... Caraca!!! O mesmo assunto!!! haha O segundo motivo de estar lendo somente hoje(sempre acredito numa força Superior que nos conduz), ontem mesmo uma pessoa me abordou de uma forma agressiva logo na chegada. Ela havia feito uma interpretação toda sua em cima de uma situação que ocorrera na semana anterior. Surpreendi-me de como a cosegui atender com o mesmo amor, sem mágoas, sem entrar na dela. No final do atendimento, com calma coloquei claramente como as coisas haviam acontecido, ela olhou pra mim e disse: - sim, eu sei Edi. Eu não sei o que aconteceu que agi assim com você.
    E ao ler seu artigo hoje, fiquei muito feliz, pois consegui ver o quanto eu estava correta em minha forma de reagir perante a situação.
    Muito obrigada pelo carinho que transmites para cada um de nós e parabéns pelo artigo, ficou muito bomm!! Grande abraçoo!! Beijoooosss!!! Ótimo fim de semana!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá queridíssima Edi !!

      Assim como você, também acredito que certas coisas tem sua hora certa, quantas vezes me deparei com um texto de alguém que parecia ter adivinhado o que eu estava pensando e que me auxiliou ! Muitas mesmo, acho isso incrível e maravilhoso :D
      Trabalho a 20 anos com público e sempre passei por este tipo de coisa, atualmente, até mesmo lidando com as pessoas pelo meio virtual, vejo que as atitudes são as mesmas e às vezes até mais exacerbadas por estarem do outro lado da tela. Escrevi porque a alguns meses venho lidando com algumas pessoas que são literalmente cavalos vestidos, esbravejamo e são cruéis pelos mínimos motivos e isso me deixa chateada. Antigamente eu reagia, brigava etc, mas hoje percebo que quando sigo serena ou ignoro em certos casos, a coisa se resolve por si só e eu evito de me desgastar ou de entrar em confusão...
      Logo mais chego lá para papearmos no seu artigo ;)
      Fico feliz que tenha gostado e agradeço muito a participação !

      Um mega ultra beijooooooooooooo e bom fim de semana !! :D

      Excluir
  50. Como já deixei comentário, passando apenas para desejar bênçãos de paz, alegria, união e amor! Um abençoado Domingo! Carinhoso abraço!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elaine, muito obrigado pelo retorno e carinho !
      desejo-lhe igualmente um belíssimo fim de semana !!

      Muitos beijosssssssss :D

      Excluir
  51. Saudações Sammy!

    Mil desculpas pelo a demora em aparecer, dessa vez não foi diferente, enfrentei outro problema gigantesco lá no blog, três meses de migração para o wordpress e três meses sem receber uma visita vinda do google, sabe qual o motivo? O rapaz dono da hospedagem esqueceu-se de redirecionar meu antigo domínio para o novo, isso me custou três meses de trabalho sem ver resultados, esse texto define um pouco o que enfrentei, porque fiquei em alguns momentos com muita raiva e revolta, mas no final conversando amigável mente tudo foi resolvido.

    Aí surge o problema de um tema infectado que não permitia que as visitas do google viesse para meu blog, quem tentava clicar em algum post era redirecionado para uma página estranha. Mais graças a Deus tudo está resolvido. Hoje estou visitando todos os amigos e parceiros, e é óbvio que não poderia deixar de passar por aqui, já que gosto de acompanhar todas suas postagens, pois elas me inspiram de mais. Estou maturando fazer algumas entrevistas lá no blog, onde gostaria de dá início por uma pessoa muito especial, o Nome dela é Samanta Sammy, acho que você conhece ela muito bem, pode perguntar se ela aceita? rsrs, vou aguardar respostas. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mirko ! Que bom que veio participar !

      Rapaz que confusão hein ! Olha eu no seu lugar também teria ficado super chateada, pois batalhamos tanto para conseguir engrenar as visitas e os retornos e uma coisa destas atrapalha bastante mesmo !
      Na verdade eu echo que em seu lugar eu teria infartado kkk Nossa, eu tenho um love com meu blog que qualquer coisa nele me deixa doidinha rsrs
      Eu também ando meio devagar nas visitas, às vezes fica difícil conciliar tudo né, mas vamos que vamos :)
      Fico feliz que tudo tenha se resolvido, se pensarmos bem , faz parte da nossa caminhada blogosférica certos contratempos, não é mesmo :)
      Eu adoraria participar da Entrevista, já tive algumas oportunidades como no Arte e Café, no antigo blog do Bruno Simomura, etc, gosto muito deste tipo de atividade, é sempre muito gratificante e gostoso de participar :)
      Obrigado pelo carinho e lembrança em me convidar :D

      Valeu pela presença, um abraçãoooo e boa semana !

      Excluir
  52. Olá Samanta.
    Acabei de dar uma espreitadela pelo meu blog e reparei que a Samanta aderiu como seguidora. Escusado será dizer que fiquei radiante pois, como deve ter reparado, sou uma novata no que diz respeito a blogs, sites e afins, daí que o meu blog seja "muito pobrezinho". Já não sou jovem - 1952 - mas como gosto muito de escrever (embora pense que não escrevo nada de interessante), pedi ao meu filho que me criasse um blog. Publiquei um livro recentemente - livro de autor - mas não acho que esse facto seja muito relevante. Gosto de escrever, pôr a imaginação a "trabalhar" mas, agora que tenho o blog, não sei o que escrever. Escrevi uma história no blog (aos poucos), informei o público do FB mas não sei se verificou, tive apenas 4 comentários de autores de outros blogs.
    Acabo de ler o seu post e adorei. A Samanta escreve maravilhosamente bem e sabe transmitir as suas "mensagens" de forma a que todos compreendam. Estou de acordo quando diz que muitos blogueiros pensam apenas em "agregadores, links, número de visitas, anúncios, etc. etc." Já eu, como não conheço a "linguagem" da blogosfera não sei como isso funciona. Mas, penso que o mais importante, (mas isto no meu caso porque sou principiante e não sei se continuo), seria receber alguns comentários sinceros. Aí saberíamos se valeria a pena continuar.
    Agradeço por ter "passado" no meu blog.
    Como não tenho muito tempo disponível, logo que possa vou ler o seu porque tem artigos muito interessantes(li alguns títulos) mas tem de ser por etapas. E estou certa de que aprenderei coisas que desconheço.
    Agradeço a sua atenção.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OLá MayLane, seja muito bem vinda !!!

      Sempre que posso dou uma navegada a procura de novos blogs, gosto de diversificar as leituras e porque não, fazer novas amizades, não é mesmo ! Espero que goste deste meio, é muito divertido e prazeroso blogar, se precisar de algo e eu puder ajudar, é só pedir :)
      Estou no meio de uma viagem, mas na volta passo em seu espaço co mais tempo para prestigiar seus artigos :)
      Escrever é uma arte e uma terapia, pelo menos é assim que vejo e fiz o blog justamente para me auxiliar nisso, desta forma me distraio e melhoro minha escrita :)
      Sinta-se em casa por aqui, vamos nos falando !
      Desejo-lhe alegrias na blogosfera e fora dela !

      Grande beijo e bom fim de semana !!

      Excluir
  53. Olá, conheci sua página hoje e este título me chamou a atenção... Adorei o modo como conduzistes a reflexão!

    Temor, agressividade, impulsividade podem até conseguir resultados, porém em curto prazo e não tão excelentes quanto o que se consegue com respeito!

    Palavra tão curta e tão necessária em nossos dias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, como vai ? Se não me engano conheci ontem seu espaço e gostei muito, logo volto com mais tempo para participar ;)
      Fico feliz que tenha apreciado o texto, sua frase complementa perfeitamente a postagem, sem dúvidas de forma agressiva podemos obter resultados, mas não serão sólidos e verdadeiros quanto os conquistados pelo respeito :)

      Obrigadíssimo pela presença ! Grande abraço e boa semana ! :D

      Excluir
  54. Passando por aqui pra deixar um beijo.
    Ótima semana com feriado amiga!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Flor !!! Estou com saudades de papear contigo !!! desde semana passada fiquei na correria pois ontem foi meu níver, mas agora está tudo belezinha, logo mais apareço para ver as novidades no Planeta :D
      Obrigada pelo carinho, um beijãooooooo e boa semana curtinha, ai que beleza rsrs ;-*

      Excluir
  55. Olá Samanta. Gostei de sua visita em meu blog e vim retribuir, visitando o seu espaço. Confesso que gostei muito e fiquei impressionado com a qualidade das postagens. Sobre o texto e excluindo o instinto agressivo, pois isso é inato, penso que a agressividade de muitas pessoas advém de uma carência linguística. É sabido que quem tem um vocabulário pequeno também tem um pensamento encolhido. Contudo, esse não é o problema, pois se o fosse, a guerra estaria declarada. A agressividade da qual falamos vem aliada a uma vontade de poder e quando a pessoa desejosa desse poder possui poucos e fracos argumentos (ou nenhum), o poder passa a ser imposto pela força, pelo grito, pela bravata, às vezes até pela lei e outros artifícios. Numa sociedade competitiva, o valor que mais tem expressão é a capacidade de não apenas se superar, mas de superar qualquer outra pessoa, vista como concorrente. Isso é visto como uma neurose que, se não refletida pode gerar duas consequências: sublimação - quando a pessoa toma consciência de sua infelicidade, inutilidade, incapacidade e outras carências e passa a se dedicar a produzir algo de bom (arte, política, esporte, estudo, trabalho etc.) e finge que é feliz assim; ou a perversão - quando a pessoa não consegue refletir sobre seu estado e passa a desenvolver hábitos condenáveis pela sociedade (pedofilia, necrofifia, voyeurismo, pornografia, xenofobia e outros). Enfim, no mais das vezes, a agressividade faz parte de um hábito e por sinal, um péssimo hábito. Uma senhora apanhou do próprio filho e quando a polícia, avisada, veio socorrê-la, ela alegou que o filho sempre fora assim, que era natureza dele. Note que esse agressor sempre encontrou respaldo para sua bravatas, então se acostumou e todos se esquivavam dele porque ele era assim. Talvez essa condescendência, essa permissividade gere monstrinhos que se acostumam a mostrar os dentes sempre que ameaçados. Leia dois textos em meu blog: As mães também erram e A banalização da violência. No mais, um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Augusto, como vai ? Seja muito bem vindo !! :D

      Visitei seu espaço, não me recordo como achei e gostei muito, parabéns !!! Fico feliz que tenha apreciado os artigos, estou sempre procurando melhorar para recebê-los da melhor forma possível :)
      Muito interessantes as suas colocações, enriqueceram demais a postagem ! Eu não tinha parado para pensar neste aspecto da linguística, realmente é muito pertinente, mas como você sabiamente disse, este é só um dos pontos.
      Percebi mesmo que algumas pessoas que se comportam desta forma querem impor algo a qualquer custo, desejam mais o poder de estar no topo e com a razão do que considerar um raciocínio lógico. Estamos numa sociedade muito competitiva e egocêntrica, creio eu, e isso acaba mesmo fazendo com que algumas pessoas enxerguem nos outros um rival, um inimigo.
      O exemplo da senhora que nos trouxe mostra bem como esta conduta segue sem freios pois em alguns casos a permissividade já vem do lar. Ainda bem que minha mãe sempre foi firme quanto ao certo e errado e ao respeito para com os outros, ela sempre me disse, que tinha receio de que eu me tornasse alguém egoísta e batalhou para me criar de forma que eu crescesse com senso comum e generosidade ao lidar com as pessoas :)

      Adorei seu comentário, complementou o artigo maravilhosamente !
      Obrigadíssimo pela presença e excelente participação ! Grande abraço e bom restinho de semana :D

      Excluir
  56. Anônimo10/8/12

    eu vivo isso, meu namorado é assim, explosivo, ignorante tenho aguentado muitas coisas dele, minha vida ao lado dele a cada dia que passa se torna mais dificil, nao sei mais o que fazer, amo ele, mas pra mim é muito triste ouvir as coisas, ver as acões que ele pratica, Deus é o unico que pode me mostrar se devo continuar ou não, ando muito triste, ele é uma pessoa muito boa, se preocupa comigo, mas o relacionamento não é so isso.. este texto vai se muito bom para que eu reflita se isso que quero pra minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ! Seja muito bem vinda !! :)

      Entendo perfeitamente sua situação, pois vivi 4 anos em uma relação assim... No meu caso, depois de uns anos o abuso além de psicológico com agressões verbais e humilhações, começaram também as agressões físicas, foi quando decidi sair da relação de uma vez por todas e percebi que ele não iria mudar... Depois disso, comecei a perceber que quando amamos verdadeiramente, nós tentamos melhorar nosso defeitos e percebi que meu parceiro na época não tinha interesse nenhum em mudar, queria apenas que eu aceitasse seu mau gênio...
      Concordo contigo que o relacionamento não é só isso, é preciso que mesmo com os problemas, nos sintamos seguras e felizes. Espero que Deus lhe ajude e que esta reflexão lhe seja útil para que possam se entender e ter uma relação melhor ou então que Ele te dê forças para tomar uma decisão acertada :)

      Fique bem e se cuide, viu :) desejo-lhe tudo de bom :) Grande beijo e obrigada por participar e compartilhar conosco sua experiência :)

      Excluir
  57. Anônimo10/8/12

    é hoje ao chegar no trabalho, entrei na internet e queria conversar com alguem que pudesse mim entender, e achei este, gostei, estou muito triste hoje, pois ontem brigamos, e como sempre ele mim disse coisas horriveis, e alem disso sempre mim deixa como se eu fosse a culpada de toda discussão.. affs é a vida. obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ! Sinto muito que seu dia tenha começado desta forma, realmente é muito triste passarmos por isso, darmos o nosso melhor e ainda sermos taxadas de culpadas nos momentos de discussão, sem contar as coisas que temos que ouvir... Isso vai aos poucos nos deixando cansadas, desanimadas e com a auto estima abalada. Reflita sobre isso, tenha em mente a certeza de que todos nós merecemos ser felizes, tente conversar com ele sobre isso, se ele sente amor de verdade, vai tentar mudar e tratá-la melhor para viverem algo mais sereno e aproveitarem melhor quando estão juntos. Se nada der certo, considere a possibilidade de talvez sair da relação, pois você pode e deve ser feliz, começar seu dia com um sorriso porque a noite anterior foi de carinho e cumplicidade :)
      Espero que tudo se ajeite da melhor forma e quando quiser conversar, é só chamar :)

      Grande beijo :*

      Excluir
  58. Oi Sammy,

    Com esse seu texto me lembrei daquela música do Raul, Por quem os sinos dobram. Mais especificamente da parte:

    "É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro
    Evita o aperto de mão de um possível aliado, é...
    Convence as paredes do quarto, e dorme tranqüilo
    Sabendo no fundo do peito que não era nada daquilo

    Coragem, coragem, se o que você quer é aquilo que pensa e faz
    Coragem, coragem, eu sei que você pode mais"

    Obrigado pelo bom texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Saullo, como vai? :)

      Gostei muito do trecho da música que compartilhou conosco, descreve bem como às vezes preferimos jogar certas responsabilidades que são nossas para outras pessoas ou culpar o destino e assim seguimos tranquilos, achando que estamos certos e tudo está bem, mas na verdade, algumas características negativas precisam ser encaradas de frente para que possamos crescer, evoluir. Não é fácil, mas vale a pena :)

      Muito obrigado pela presença e participação!
      Grande abraço e boa semana :D

      Excluir
  59. Sou homem tenho 40 anos e a 6 anos tenho um relacionamento com uma mulher encrenqueira, eu sempre pedi paz para ela que desse moda não se vive feliz, ela sempre me envolveu em ciladas, é uma boa pessoa mas não aguento mais isso. Só um desabafo, obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mauro, tudo bem?

      Entendo sua situação, realmente não é nada fácil viver ao lado de uma pessoa que tem gosto por conflitos e algumas pessoas tem este tipo de personalidade, já passei por isso. Espero que com o tempo ela ouça suas dicas e consiga ver que uma conduta menos belicosa pode ser algo bom para ela e também para as pessoas que a amam :)

      Obrigado pela presença e pela confiança em compartilhar sua experiência conosco, seja sempre muito bem vindo aqui no blog :)
      Grande abraço e bom fim de semana!! :)

      Excluir
  60. A agressividade é uma forma de mascarar a fraqueza..... KKKKK. Que o diga o leão, que ao matar a sua presa pede com licença e por favor.... Vão ler algo que preste por favor.....

    ResponderExcluir
  61. Graças ao grande DR ensolarado PARA RESOLVER PROBLEMAS MEUS seu email está (drsunnydsolution1@gmail.com

    meu nome é Caroline Nelson, eu era casada com meu marido para 5 anos estávamos vivendo feliz junto para este ano e não até que ele viajou para os EUA para uma viagem de negócios onde conheceu esta garota e desde então ele me e as crianças e de amor e ódio sua única. por isso, quando meu marido voltou da viagem, ele disse que não quer me e os meus filhos ver novamente para que ele nos levou para fora da casa e ele já ia para os EUA para ver que outro uma mulher. então eu e meus filhos estavam agora tão frustrado e eu estava apenas ficar com a minha mãe e eu não estava estar tratando bem, porque minha mãe se casou com outro homem depois da minha morte pai, para o homem que ela se casou com não a tratava bem, i e meus filhos foram tão confundir e eu estava à procura de uma maneira de obter o meu marido de volta para casa porque eu amo e estimá-lo muito, então um dia como eu estava navegando no meu computador eu vi um testemunho sobre o lançador de magias DR ensolarado, testemunhos compartilhado na internet por uma senhora e impressionar-me tanto que eu também acho que de experimentá-lo. No começo eu estava com medo, mas quando eu penso no que eu e os meus filhos estão passando por isso eu contato com ele e ele me disse para ficar calmo para apenas 24 horas que meu marido deve voltar para mim e para minha melhor surpresa eu recebi uma chamada do meu marido no segundo dia pedindo depois que as crianças e eu liguei DR ensolarado e ele disse que seus problemas são resolvidos meu filho. Era assim que eu chegar a minha família de volta depois de um longo esforço de freio-se por uma senhora mal-lo com tudo isso ajuda de DR ensolarado, eu quero que todos vocês sobre este fórum para se juntar a mim para dizer um grande obrigado a DR ensolarado e eu vou Também conselho para qualquer um em tais problemas ou outros similares ou qualquer tipo de problemas também deve contactar o seu e-mail é) (drsunnydsolution1@gmail.com) ele é a solução para todos os seus problemas e dificuldades na vida. mais uma vez o seu endereço de e-mail é (drsunnydsolution1@gmail.com)

    ELE É especializar na Recompensas O seguinte feitiço.

    (1) Se você quer que seu ex-costas.

    (2) se você sempre tem pesadelos.

    (3) Se você quer ser promovido em seu escritório.

    (4) Se você quiser mulheres / homens a correr atrás de você.

    (5) Se você quiser uma criança.

    (6) Se você quer ser rico.

    (7) Se você quiser amarrar o seu marido / esposa para ser seu para sempre.

    (8) Se você precisar de ajuda financeira.

    (9) Como você foi enganado e que você deseja recuperar você perdeu dinheiro.

    (10), se você quiser parar o seu divórcio.

    (11) se você quer se divorciar de seu marido.

    (12) se você quer que seus desejos a serem concedidos.

    (13) Gravidez feitiço para conceber bebê

    (14) Garantir que você ganha os processos judiciais preocupantes e divórcio, não importa como o estágio

    (15) Pare de seu casamento ou relacionamento de quebrar.

    (16) se você tiver qualquer doença, como (HIV), (câncer) ou qualquer doença.

    (17) se precisar de orações pela libertação de seu filho ou você mesmo.

    mais uma vez certifique-se de entrar em contato com ele, se você tiver qualquer problema, ele irá ajudá-lo. seu endereço de e-mail é (drsunnydsolution1@gmail.com) em contato com ele imediatamente ....

    ResponderExcluir
  62. Textos como os seus estão fazendo com o que me reestruture emocionalmente, bem como entender psicologicamente o lado psicótico das pessoas, de acordo com as teorias de Freud. Recentemente ocorreu esse mesmo caso de seu texto comigo de forma gratuita. As vezes não consigo entender se o problema está nas pessoas ou comigo mesmo. Analiso cada instante todas as ações, pois, no fundo, gostaria de ser uma pessoa melhor, com princípios e valores que possam iluminar outras pessoas. Eu confesso para você que como tinha uma profunda consideração por essa pessoa (no sentido de amizade), hoje o que sobrou de mim foi tristeza e rancor, que creio um dia superar. Mas, contudo, não vinguei em nenhum momento, muito menos respondi. Estou usando a regra do silêncio como melhor resposta, porém, confesso que por dentro ainda sinto dor.

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! É a sua participação que abrilhanta este espaço! Sinta-se em casa :)

emo-but-icon

Autora do Blog

Sobre a autora e o Blog Facebook Instagram Google Plus Twitter Image Map

Novas

Comentários

SERVIÇOS

Ebook Gratuito - Blog Sucesso a Jato

Ebook Gratuito - Blog Sucesso a Jato
11 dicas p/ você começar a ter Sucesso Online

No Vrsam

  • …

    Postagens
  • …

    Comentários

Feed-se

Icon Icon

Google+

Facebook :)

Facebook

Instagram

Amigos

Recomendação de leitura

Destaques do Mês

item