Você trata bem quem te atende ?

"Entendo que solidariedade é enxergar no próximo as lágrimas nunca choradas e as angústias nunca verbalizadas..."
(Augusto Cury)
Mulher gritando no megafone

Alguns dirão que sim mas, que existem atendentes que já se aproximam com a cara amarrada, com má vontade e que, com estes, acabam sendo impelidos e ter o mesmo tipo de conduta, ou seja, retribuir na mesma moeda.
Realmente é desanimador ser mal atendido, ninguém gosta. 
Não estou dizendo que você deve insistir em frequentar um estabelecimento onde foi mal tratado ou aceitar um serviço imposto e meia boca. Estou apenas mostrando o outro lado de algumas situações pois, trabalho atendendo pessoas há quase 20 anos e, sei de uma coisa, em qualquer interação é imprescindível: Educação e Respeito.
Às vezes, a situação sai de controle ou torna-se desagradável justamente porque, respeito e educação foram colocados para escanteio.

Todos os dias vou a padaria e sou atendida por uma moça muito mal humorada e, às vezes, até triste... Ninguém gosta de ser atendido desta forma mas, já pararam para pensar no que pode estar acontecendo com ela?

Assim como temos nossos problemas e dias ruins, quem trabalha no atendimento também tem! E, com o agravante de que, pode estar trabalhando num lugar que exige demais, onde talvez as condições de trabalho sejam sub humanas, o salário ruim, maus tratos, humilhações, metas absurdas, horas extras infindáveis de graça, etc.

Alguns dirão, oras, então que mude de trabalho, eu não tenho culpa de nada! Mas, sabemos que não é bem simples assim. Como um pai de família assalariado por exemplo, vai se dar a este luxo? Nem tudo é tão fácil. 
Posso dizer por experiência própria que, já fui humilhada, explorada e tratada como escrava em certas empresas e tive que aceitar calada, dando o meu melhor, por necessidades financeiras.
Outros dizem: "Estou pagando, todos tem que fazer o que mando!". Sem comentários para este tipo de comportamento egocêntrico...

Nem sempre sabemos quais as regras internas da empresa. Em algumas lojas, é norma ficar grudado no cangote do cliente, em outras é deixá-lo solto e, muitos acham que, no primeiro caso é pressão e no segundo, displicência. Em ambos os casos, o atendente está cumprindo ordens.
Existem inúmeras variáveis que podem influenciar na sua concepção do que é  um bom ou mau atendimento.

Muitos exigem ser bem tratados mas, tratam os atendentes como não se faz nem com um inseto. Não escolhem palavras, já chegam descarregando sua raiva, fingem não entender que não há solução para tudo e, muito menos tem consciência de que, em certos momentos, não tem como satisfazê-los ou burlar certas regras. 

Já presenciei uma cliente dar um tapa na cara de uma vendedora porque a loja não tinha o artigo que ela desejava. Pasmem, isso foi em uma zona nobre, frequentada por pessoas geralmente de classe mais alta e, supostamente, bem educadas.
Certa vez, uma senhora ficou aos berros com a caixa da lotérica porque o sistema saiu do ar. Por acaso é culpa da funcionária do caixa? Se você faz isso, sinto informar que você está pagando mico e sendo muito, mas muito mal educado e irracional.
Mas, uma das piores coisas que pode acontecer nestas situações, é já começar a interação com agressividade sem ao menos perguntar o que ocorreu, qual é o problema e se existe solução. Típico sinal de arrogância e falta de discernimento. 
Não é porque é cliente que tem o direito de ser intransigente e grosseiro, aliás, ninguém tem este direito.

Sabe o que costumo fazer nestas situações, seja como atendente ou como cliente? Imagino se aquela pessoa fosse alguém muito querido para mim, minha mãe ou meu irmão por exemplo. Como eu gostaria que as pessoas tratassem os que amo mesmo quando eles estão tristes ou chateados? Funciona! Acabamos deixando de lado a arrogância e passamos a ser mais humanos, humildes e educados.
E, reflita, um dia pode ser mesmo alguém que você ama ou até você mesmo.
Vamos espalhar um pouco de alegria e solidariedade por aí! Não cai pedaço.

Outra coisa interessante é tentar reverter este quadro. Já tentou ser super amável com alguém mal humorado? Te garanto que 99% vai sorrir em alguns minutos e, quem sabe era só isso que a pessoa precisava para se sentir motivado para mais um dia de cão. Serve tanto para quem atende quanto para os clientes.

Problemas não justificam este tipo de atitude mas, vamos ser compreensivos com as limitações humanas, nem todo mundo tem estrutura para aguentar tanta pressão.
Que bom se encontramos alguém como a recepcionista da academia que frequento! Sei da história dela e é cheia de dificuldades e privações mas, todos os dias ela está sorrindo e sendo amável com todos. 
Outra ótima oportunidade para exercermos nosso lado mais humano, vamos valorizar, agradecer e retribuir com esta mesma disposição. Vejo que muitos a ignoram ou maltratam. Que coisa triste... As pessoas andam muito endurecidas e cruéis.

Nem sempre dá para bancar o psicólogo ou amigo do atendente (embora muitos deles façam isso por nós...) mas, que tal usarmos de paciência, respeito, educação e fazer nossa parte em uma interação saudável e digna.
Faço isso do outro lado, no meu trabalho com atendimento. Quanto mais estressada está a pessoa, mais educada eu sou e, no fim, quando vejo, estamos batendo papo, os problemas facilmente resolvidos e, até rindo da situação. Duas pessoas tiveram um dia melhor, apesar do pesares e independente do lado em que estão. :)

Sei que existem atendentes que são intragáveis e que, não adianta nem ter a melhor das intenções mas, não entre neste jogo. Em alguns casos melhor mesmo é dar meia volta e procurar outro estabelecimento para não ter aborrecimentos à toa.


Coloque-se no lugar do outro. Quer respeito, respeite. Quer um sorriso, sorria! 
Gentileza, gera gentileza e, não somos melhores do que ninguém.

"Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seus semelhantes." (Albert Schweitzer)

Para complementar a leitura, recomendo o artigo : Escolhas e Decisões do Blog Fênix Vidas que renascem

Lembrando sempre que esta é minha humilde opinião pessoal :) Beijos!
autora Autora

Mineira morando em Sp, geminiana, casada. Apaixonada por atividades físicas, já pratiquei natação, Taekwondo, Muay Thai, Kick Boxing, atualmente treino musculação e sou aprendiz de corredora :) Blogueira por amor. Este espaço foi criado com a intenção de interação e diversão, seja muito bem vindo(a)!

Recomendados

reflexão 2791621760762638467

103 comentáriosBlogger

  1. Bom dia Samanta!

    Respeito e cordialidade nunca são demais e nas relações humanas, uma lição com pouco mais de 2000 anos, dada por um moço chamado Jesus Cristo. Resolve tudo: “Fazer aos outros, aquilo que queremos que façam conosco”. Outro ensinamento dele é um grande antidoto para as psicopatologias da arrogância, prepotência e egocentrismo, que costumam dementar gente que se acha superior e melhor que os outros: “Amar ao próximo como a si mesmo”.

    Um abração e uma boa semana

    ResponderExcluir
  2. OI Samanta, essa questão é seria, pois existem pessoas que nos tratam de uma forma que parece que estamos pedindo um favor ou uma esmola a ela, mas acredito que sempre vamos dar o que temos seja como cliente ou atendente.Ninguém gosta de ser maltratado e não somos obrigados a ser trato assim. Acho o seguinte se você não é bem tratado temos duas escolhas: 1)não adiante revidar tipo "ei me valorize eu sou importante viu? Ei você não pode me tratar assim e começar uma brigar, diante de tal situação, você pode deixar de ir ao estabelecimento ou procurar ser atendido por outra pessoa ou 2) Lidar com essa pessoa e tentar conquista-la, pois esse tipo de pessoa quando conquistadas se relevam os melhores amigos e ninguém é totalmente ruim que não tenha espaço para uma gentileza, pois como citou as vezes essa pessoa vivem é num circulo de violência e sofrimento, claro que isso não justifica, mas nem todos sabem lidar com as feridas da vida. Amiga tem em um versículo que gosto muito que diz: A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. Provérbios 15:1 ou seja UMA RESPOSTA AMIGA e delicada acalma os nervos mas quem responde com raiva provoca brigas e confusão.

    Cito esses dois exemplos por experiencia, pois ja fui de brigar pelos meus direitos, mas quando aprendi a conquistar as pessoas ficou melhor,srssrr

    Te desejo uma bela semana

    Abraçooooooooooo

    ResponderExcluir
  3. @Antonio Pereira (Apon)Olá meu querido amigo !!

    Como sempre complementando a postagem brilhantemente !!
    Suas colocações estão perfeitas a respeito do que eu quis dizer, sei que existem casos difíceis de se lidar, mas se levarmos em nosso coração a disposição para seguir os ensinamentos que mencionou, sem dúvidas as relações serão muito melhores !

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um enorme abraço e uma ótima semana !!

    ResponderExcluir
  4. @Irismar OliveiraOlá querida amiga !!!

    Sem dúvidas o assunto tem seus dois lados e concordo contigo que nem sempre os atendentes fazem por merecer nosso respeito, o que é muito desagradável.
    Minha intenção aqui foi chamar atenção para os casos do tipo que mencionei onde o cliente já chega nos agredindo ou então não aceita certas regras, ou mais ainda, no caso da recepcionista, que trata todos bem e ainda é humilhada.
    Sem dúvidas, não somos obrigados a aceitar este tipo de atendimento, como mencionei no começo da postagem, afinal ninguém quer ser mal tratado.
    Gostei muitos das opções que nos deu, com certeza. existem casos em que elas são nossa única saída.
    Realmente não existe ninguém de todo mal e podemos tentar reverter a situação quando possível, às vezes a pessoa está só chateada, como aconteceu comigo várias vezes já neste função e nem sempre atendi como o cliente merecia por mais que me esforçasse.
    Lindo o versículo que nos trouxe, é uma grande verdade que devemos aplicar sempre que possível, isso vai melhorar muito as relações humanas dentro do atendimento e fora dele :)
    Ah amiga eu também sou bem enguiçada, mas hoje também tento ir pelo lado da mansidão e compreensão :)

    Obrigadíssimo pela bela participação e presença !
    Um beijão e boa semana !

    ResponderExcluir
  5. Olá anjo Samanta.
    Trato sim amiga independente que receba hostilidade, pois a base de meus princípios é esta e como ser humano seria incapaz de destratar alguém, não importando qual cargo este esteja, pois com palavras gentis semeamos mais nobreza a pessoa para esta retribuir. Tenho visto quando estou num shopping o acolhimento dado as pessoa quais estão melhores apresentáveis e como são diferenciados. Fico indignada, pois se o estabelecimento sendo publico deveriam idêntico para todos, não concebo ser diverso. Como você executa não vejo-a tratando discernido a nenhum participante, lógico que tem um carinho especial a outras pessoas, mas é um direito seu escolher, agora ao trato mesmo não tendo ciência de quem seja a pessoa a faz com educação, dignidade, gentileza e respeito é isto que faz a deferência da sua pessoa . Um assunto polêmico e extenso mas basicamente devemos (ou deveríamos) ser sempre carinhoso com os outros. Penso que a pessoa que contrata deveria escolher melhor o atendente e delegar tarefa que moldasse a esta pessoa eficiência do atendimento. Beijos no coração. Kaoma
    ps: Samanta o que está havendo, pois não consigo conectar e está dando erro. Beijos.Kaoma

    ResponderExcluir
  6. @Kaoma SorleyOlá querida Kaoma, tenho certeza de que trata a todos com carinho, pois já tive oportunidade de vê-la tratando a todos com respeito e eu mesma já lhe atendi e comprovo isso :)
    Sei que é difícil em certos casos, como mencionou, existem lugares onde nos sentimos muito mal com o atendimento, mas às vezes é só um mal momento da pessoa, neste casos, costumo tentar reverter a situação, mas em alguns não dá mesmo rsrs
    O que fico triste é ver que nem no caso da recepcionista que mencionei, ela trata todos bem e ainda a humilham, como as pessoas estão cruéis, não é mesmo !
    Se fôssemos todos carinhosos uns com os outros como mencionou, tenho certeza de que este mundo seria muito melhor !!

    Obrigadíssimo pela presença e participação !
    Sobre o site, te enviei um e-mail, mas já adianto que o site que hospeda o dihitt está fora do ar, mas nosso Administrador está em contato com eles para normalizar o sistema o mais rápido possível ;)

    Beijosssssss e boa semana !

    ResponderExcluir
  7. Oi minha amada e querida miga!!!
    Excelente texto, como sempre! Bem, eu também trabalhei com vendas por anos e sei o que é isso! Minha filosofia sempre foi "quebrar" qualquer mau humor com gentileza, educação e sorriso! Acho que se retribuirmos grosserias com gentilezas, exercitamos a nossa compreensão e, o melhor de tudo, ficamos em paz com a nossa consciência porque a partir do momento que não entramos no jogo dos maus tratos, ficamos em paz e temos a certeza de que restará ao outro lado a reflexão de seus atos...
    Cansei de entrar em estabelecimentos cujos atendentes demonstram suas insatisfações e , para alguns, até perguntei o por quê de estarem todos os dias travando batalhas com a infelicidade... Há muitas razões, claro, e reconheço que nem sempre dá pra chutar o pau da barraca, mas é preciso buscar um equilíbrio e, no mínimo, preservar a paz individual... Conheci uma mulher que era super infeliz acordando cedo, enfrentando ônibus lotados, aguentando exigências absurdas do trabalho e chefe... Um dia ela decidiu se libertar e buscar o que lhe daria prazer, mesmo que ganhasse menos... sabe o que ela foi fazer? vender cachorro quente na porta do lugar onde eu trabalhava...rsrs... E a partir daí, passou a sorrir mais e encarar as suas dificuldades como opção própria, mas vislumbrando um futuro melhor para ela e os filhos. Hoje ela tem uma pequena rede de fast food e tem como lema: um sorriso pra aquecer o seu coração! Acho maravilhosa essa história!
    Sem dúvida, miga, ninguém tem culpa pelos problemas de ninguém, porém, quando optamos por fazer algo, temos que oferecer o nosso melhor, mesmo que por dentro estejamos vivendo no caos emocional! Acredito que é assim que exercitamos nossa fortaleza e é assim que mostramos à nós mesmos que somos melhores do que quaisquer problemas. Fácil não é, mas vale a pena o exercício!
    Grande beijo, minha linda!
    Jackie

    ResponderExcluir
  8. Minha querida Sam!
    Quanto tempo não venho ate aqui, me desculpe minha ausencia rsrsrrs
    Menina vc sabe q eu tenho uma padaria e por isso estou sempre sorindo , tbm exijo dos meus funcionarios sempre um belo sorriso mesmo q esteja morrendo por dentro, mas os clientes não merecem ver a nossa cara feia.
    Mas ja fui em varios lugares onde fui mal atendida e acho horrivel e tbm uma tremenda falta de educação pq a pessoa não tem nada a ver com seus problemas , mas tem gente q n entendem elas não sabem separar a vida pessoal do trabalho, acho q tinha q ter uma lei q proibisse de trabalhar quem esta de mau humor
    rsrsrssrsrsrsrsrsr
    Acho q a maioria n trabalharia!
    kkkkkkkkkkkkkk
    Lindona seu artigo é maravilhoso.
    Um super bjao com carinho.

    ResponderExcluir
  9. OI Amiga, falei tanto de um dos lados né?, mas vamos lá no caso de como devemos tratar as pessoas que nos atendem, existe um principio que sempre cito que Jesus deixou: Trate os outros como gostaria de ser tratado, essa regra é valiosíssima, pois não podemos esquecer que do outro lado esta um ser humano como nós.

    Abraçoooooooo

    Abraçoooooooooooooo

    ResponderExcluir
  10. @Jackie FreitasOlá querida e amada amigaaaa, que bom que gostou !

    Pois é amiga, nós que trabalhamos em vendas ou atendimento, já vimos coisas de descabelar qualquer um, quando conto pros outros, acham que é mentira kkk mas também sempre tentei reverter a situação sendo o mais amável e educada possível, mas também já discuti com cliente que me humilhou desnecessariamente...
    Adorei a história da mulher que nos trouxe, sem dúvidas ela é uma felizarda que teve consciência e oportunidade de mudar sua vida para melhor e quando estamos bem isso automaticamente se reflete no nosso trato com as pessoas.
    Andamos muito estressados e precisamos nos esforçar mais para separar o pessoal do profissional, mas quando não der, acho possível também exercitar a compreensão com aqueles que também não conseguem e tentar contribuir para uma interação saudável :)

    Obrigadíssimo pela presença, miga !
    Um beijãooooooooo e boa semana pra todos vocês !

    ResponderExcluir
  11. @giseleOiii Gatona, que legal vê-la por aqui e recuperada !!!

    Não esquenta com ausência não, os amigos são bem vindos a qualquer hora viu !
    Olha que legal, adorei a forma como conduz sua equipe, sem dúvidas esta é uma das melhores maneiras de ter um dia a dia agradável para todos e é claro, sucesso no negócio.
    Algumas pessoas não sabem mesmo separar o pessoal do profissional , eu mesma já atendi de maneira insatisfatória em dias muito difíceis, por isso tento entender os dois lados e contribuir para uma interação mais amena e respeitosa, mas confesso que tem casos em que nada dá jeito mesmo rsrs
    Ih imagina, se pudéssemos não trabalhar nestes dias...hoej eu estaria de folga, pois minha TPM está de lascar kkkkk

    Linda, fico feliz que tenha gostado e que tenha vindo participar !
    Um beijãooo e boa semana !!!

    ResponderExcluir
  12. @Irismar OliveiraOlá amiga !!!

    Esta regra que nos trouxe acredito que seja a mais importante para todas as relações, se aplicarmos isso em nosso dia a dia, sem dúvidas teremos um mundo melhor e interações mais saudáveis, agradáveis e construtivas !

    Obrigadíssimo por vir complementar o seu já ótimo comentário anterior !
    um beijãoooooooooooo

    ResponderExcluir
  13. Oi Sam!
    É aquela velha máxima de que "gentileza gera gentileza". Como diz uma amiga atendente há quase 30 anos "funciono como espelho do outro, se ele sorri, vai ter o mesmo, se está de bico, terá o bico de volta".
    Mas concordo com vc. Não custa se colocar de vez em quanto no lugar do outro - o velho e bom princípio da alteridade. o que o faz triste?
    Bjos

    ResponderExcluir
  14. @MarcelaOlá Marcela, que bom que veio participar !

    Sem dúvidas, acredito mesmo que gentileza gera gentileza na maioria dos casos, é claro que temos aqueles que nem com reza braba, mas tudo bem rsrs
    Já agi assim na tática do espelho, mas não me fez muito bem, acabava ficando na mesma vibração do cliente e quando era negativa, não terminava bem, me sentia exausta, então preferi a de tentar reverter o quadro ;)
    Se nos colocarmos no lugar do outro sempre que possível , nossas relações mudarão bastante e para melhor ;)

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  15. Valéria Braz26/9/11

    Oi minha querida amiga Sam... muito bom seu texto, avalia o outro lado do atendimento, tenta mostrar a humanidade que há em todos nós!
    Eu particularmente tenho uma paciência de Jó com atendimento, mas não gosto de ser mau atendida! E sempre que me sinto assim pergunto ao atendente: _ Tá tudo certo com você? Pela resposta já consigo perceber se é apenas um dia ruim ou a profissão errada! Hehehehe
    Quando sinto que é a profissão errada, costumo procurar o Responsável da loja e relatar sobre o atendimento. Faço isto inclusive, porque trabalhei muitos anos treinando pessoas para o atendimento e sei quanto a reclamação de um cliente é importante!
    De qualquer forma, acho importante ressaltar que se consideramos a atitude de uma pessoa errada não podemos fazer o mesmo, pois isto nos torna na melhor das hipóteses igual.....
    Acredito sim que precisamos entender o outro, mas também precisamos atender a nós mesmos e temos o direito a um bom atendimento.
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  16. @Valéria BrazOlá bela Valéria !!

    Ninguém gosta de ser mau tratado seja num atendimento ou não, e concordo contigo que não temos obrigação de passar por isso para sermos bonzinhos ou algo assim, mas existem casos onde o cliente sequer respeita o atendente e já chega com 4 pedras na mão ou com uma arrogância saída nem sei de onde, por isso tentei conscientizar as pessoas para que não ajam assim e tentem entender que ali tem um ser humano, eu mesma já atendi de maneira insatisfatória por causa do stress ou do cansaço, mesmo tentando não transparecer isso.
    E o que você disse é exatamente o que eu quis passar, mesmo se for assim, que não nos deixemos contaminar por este tipo de comportamento se não for possível revertê-lo :) Pelo menos nossa parte , fizemos para uma interação respeitosa :)
    Eu não reclamo de jeito nenhum , já fizeram reclamações falsas a meu respeito, inclusive me chamando de burra e desequilibrada por causa de motivos pessoais, então sei o estrago que isso pode fazer, mas no seu caso sei que é uma crítica consciente ;)

    Obrigadíssimo pela presença !!
    Um beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  17. Olá Sam,
    Colocando de parte as questões éticas, aqui em Portugal, a falta de profissionalismo nota-se mais ao nível da restauração. Grande parte das pessoas que trabalham nos restaurantes, cafés, etc, não têm carteira profissional, portanto não sabem atender um cliente. É comum ir a um restaurante do segmento médio/alto e ser mal atendido. Também é verdade que o cliente em norma não é muito exigente, salvo raras excepções. No lado oposto, conheço profissionais no atendimento telefónico que são autênticos cartões-de-visita da empresa, pois é através de uma conversa ao telefone que muitas vezes se cria a primeira impressão.
    Beijos e bom resto de semana!

    ResponderExcluir
  18. @.Olá !! que bom que veio participar e ainda nos contar um pouco de como são as coisas por aí, adorei !

    Acredito que vai muito de pessoa para pessoa, eu trabalhei muitos anos sem treinamento, mas sempre tentei usar de educação e respeito, mas não é sempre que vemos isso por aí, principalmente em condições como estas que mencionou, e concordo contigo que existem atendentes incríveis que realmente fazem bem seu trabalho, por isso minha intenção é conscientizar as pessoas para que sejamos mais compreensivos em certos casos, contribuindo assim para uma interação melhor entre ambos :)

    Obrigadíssimo pela presença, beijão e boa semana !!

    ResponderExcluir
  19. Samanta! Você sempre nos dá uma lição de vida com suas lindas postagens! Tenho muito orgulho de ser sua amiga e de tê-la conhecido! Mas uma coisa eu aprendi com minha mãe:devemos tratar as pessoas como queríamos ser tratados - se a outra parte não corresponde ou te trata mal, é só reverter a situação perguntando se o agressor está com algum problema ou se precisa de ajuda... isso sempre funciona! Mas as vezes não tem como remediar: Eu já vi um caso de uma mocinha recém contratada para trabalhar no caixa de um supermercado se debulhar em lágrimas em razão de um homem grosseiro ter gritado com ela sem motivo nenhum que o justificasse.. nossa aquilo foi horrível! Como alguém pode ser tão malvado assim...tudo de resolveu ao final mas a sensação inicial é de impotência total!!!
    Muito obrigada pelo exemplo Samanta e tenha uma semana maravilhosa!! Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  20. @Adriana HelenaOiii gatíssima !! que bom que veio participar !!

    Bela e sábia lição da sua Mãe, se todos nós agíssemos desta forma, o mundo e as relações seriam infinitamente melhores !
    E a tática de perguntar o que está acontecendo, pode mudar o dia de alguém , comigo por exemplo, se alguém mostra que se importa eu logo me derreto toda e me sinto muito melhor ! Então podemos também tentar compreender que todos somos humanos e sensíveis.
    Puxa, este exemplo que nos trouxe é realmente muito constrangedor e triste, e foi por causa de situações assim que resolvi escrever. Já vi cada coisa , que realmente mostra como as pessoas são cruéis e arrogantes.
    Também me sinto assim, impotente quando algo deste tipo acontece, uma vez já me meti no meio, mas não é legal e acaba dando um fuzuê danado rsrs a educação e o respeito ainda são as melhores formas de ter uma interação agradável e satisfatória :)

    Minha flor, eu que agradeço sua presença e carinho, fico feliz que tenha gostado !
    Um super beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  21. Samanta,

    Eu já fui vendedora, nos tempos de Faculdade. E fui muito boa. Eu tratava as clientes como gostaria de ser atendida. Eu sempre bati cotas estipuladas, ganhava premios e até presentes de algumas clientes. Clientes entravam na loja, mesmo que nada gostassem, compravam uma bobagenzinha só para me agradar.

    Existem poucas lojas, sei quais são, que não gosto da abordagem no atendimento. Embora eu me interesse pelos produtos, nem entro porque me dá aflição. É falta de treinamento, trato e tato pessoal. Eu li recentemente que é um grande problema no mercado brasileiro a falta de qualificação neste tipo de profissão.

    Quanto aos atendimentos de telemarketing... eu me divirto, sobre queixas quanto ao péssimo serviço. Graças ao serviço desinteressado e descompromissado que grandes empresas vivem nas primeiras colocações de reclamações nos Juizados Especiais.

    Eu soube que o pessoal de telemarketing deve responder dentro do que é pré-estabelecido; o que dá sensação de se falar com um robot!

    Quando tenho um assunto que não se resolve (normal, não é?!) eu geralmente solicito que tenham alguma iniciativa, que pensem, que tragam soluçao. Eu só consegui que a Sky finalmente prendesse minha antena, depois de quase um mes, caiu pois foi mal fixada, porque fiquei verde!!! Como fiquei verde, o gerente veio salvar e, felizmente, foi super eficiente; no dia seguinte, às 09:00 horas, foi resolvido. (OBS.: vermelho significaria com muita raiva e já em estado diabolico; verde significa que virei uma alienígena com uma arma superpotente de desintegração virtual).

    De resto, esquecendo que o Brasil varonil tem um péssimo serviço de telemarketing - culpa das empresas que não querem atender nas lojas e nos obrigam procurar soluções num serviço impessoal - vou andando por aí, nas lojas dos Shoppings e de ruas, normalmente as vendedoras se lembram de mim, eu as trato com mesma atenção e bom humor que me dirijo a voces. Tanto, que sinto saudades de "meus" gerentes e vendedores do comércio da Gavea - RJ. Eu tive a grata oportunidade, na semana passada, de visitar um e outro, ficaram felizes de me rever e eu a eles.

    BEIJOCAS e otimo tema. Muito bom ler o que nossos amigos pensam, suas experiencias vividas e compartilhadas.

    ResponderExcluir
  22. @SissymOláá Fadinha !!!

    Eu também trabalhei em muitas lojas, a última foi aqui em Sp na oscar freire onde conheci uma equipe maravilhosa que amo de paixão e também adoro visitá-los ! Conseguia bater bem as metas, mas me recordo que em meses como Natal ou dia das mães onde trabalhávamos 30 dias, 12 hs por dia, sem folga alguma, que algumas vezes não atendi tão bem quanto gostaria e como o cliente merecia, e foi por isso que resolvi escrever, às vezes o atendente tem motivos para não estar lá muito animado ou alegre, sei que isso não justifica, mas gostaria que as pessoas fossem mais humanas nestes casos.
    Meu marido é Supervisor de uma equipe de telemarketing que vende aquelas maquininhas da Cielo, então passei a conhecer melhor a rotina e procedimentos deste pessoal e passei a ser mais paciente também com eles :) E é esta consciência que quero motivar, quando sabemos um pouco sobre as atividades, passamos a ser mais compreensivos ;)
    Acho que você está certíssima em procurar solução e tenho certeza que mesmo ficando verde kkkkkkkk você não foi rude ou grosseira, coisa que muitos fazem sem ao menos ter motivo, e isso não é nada legal...
    No meu caso por exemplo, não mereço ser xingada porque o site sai do ar ou porque alguém foi punido por algo que realmente fez, mas infelizmente não é assim que as pessoas se portam...
    Mas é claro que tem muitos que fazem valer a pena todo nosso esforço :) E isso é maravilhoso !

    Obrigadíssimo pela presença e por compartilhar conosco um pouco da sua vida também !
    Um beijãoooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  23. Amiga,
    Boa noite.
    Meu trabalho é de atendimento a clientes, e Graças a Deus tive poucos problemas em vários anos nessa atividade.
    Como sempre digo, a frase que o cliente sempre tem razão não é em todos os momentos correta.
    Portanto, se necessitamos do serviço de alguém, acredito que sendo ao menos educados com a pessoa que nos prestará o que necessitamos temos uma chance maior de sermos bem atendidos.
    Por sentir na pele muitas vezes o que escreveu, pode ter certeza que adorei o texto.
    Parabéns.
    Abs.,

    Glauco

    ResponderExcluir
  24. @Glauco MarchezinOlá meu querido amigo !!!

    É amigo, estamos então no mesmo barco, desde novinha trabalho atendendo em diversos setores, mas sempre lidando com pessoas e realmente tem momentos de arrepiar os cabelos kkk e foi por estes que resolvi escrever, tentando conscientizar as pessoas de que quem atende é humano também, e merece respeito e educação.
    Concordo contigo, nem sempre o cliente tem razão embora tenhamos que agir assim, e isso é muito desagradável e lamentável, ver que certas pessoas não tem consideração com quem lidam.

    Fico feliz que tenha gostado, desculpe a ausência lá no Bule semana passada, eu estava meio murcha... aí não ia ser uma boa companhia... mas já estou melhor e vou lá visitá-lo ;)

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um abração e uma ótima semana pra todos vocês !

    ResponderExcluir
  25. Anônimo26/9/11

    Sammy (Sorriso Mineiro)
    Não podemos esquecer que existem palavras mágicas que abrem muitas portas.
    Não estou falando do "puxe" e "empurre", mas do "Bom dia!", "por favor", "obrigado" e uma série de outras.
    Concordo com você que sendo gentil podemos reverter o comportamento de certas pessoas pois, muitas vezes, um sorriso (lembre do último post da Mary), opera milagres.
    Mas, vou lhe contar quando passo apertado.
    Certos clientes nos procuram, revoltados com determinado caso que lhes aconteceu.
    Querem processar o mundo pois acham que todo o direito lhes pertence.
    Entretanto, no meio da conversa, muitas vezzes até no início, notamos que a razão está do lado contrário e que a tentativa de mover uma ação é pura revolta.
    Há ocasiões em que é difícil mostrar para a pessoa, de forma educada, que a pretensão é "chover no molhado" pois a razão está com a outra parte.
    Já ouvi poucas e boas, mas é a profissão que escolhi e não posso perder a linha.
    Beijão
    Felipe

    ResponderExcluir
  26. Sissym26/9/11

    Aquele dia, Samanta, com a Sky, eu fiquei muito brava mesmo.
    Eles faziam assim, remarcavam dia e desmarcavam sem avisar, eu fiquei quase um mes com minha vizinha prestando favor. E diziam, pior, que EU liguei para desmarcar e marcar. E nunca tinha a TV. E foi quando estava com dengue, precisando me distrair, doente em casa... que chato.
    Bjs

    ResponderExcluir
  27. O Internauta do Amor26/9/11

    respeitar,tratar bem,
    é dever tanto de quem atende como do ATENDIDO.
    não está se sentindo bem naquele lugar,se se acha
    MAIS MERECIDO,o certo é mudar de profissão e sair
    atrás de um emprego mais rentável.

    ResponderExcluir
  28. @AnônimoOlá Felipe, que bom recebê-lo !!

    Verdade amigo, um sorriso, uma palavra gentil, tem um poder enorme e maravilhoso na vida das pessoas, são gestos tão simples, mas que transformam as relações !
    Adorei a colocação que nos trouxe, me recordei de um caso onde a pessoa queria que eu pagasse toda o tratamento médico de um parente que foi excluído do site... Disse que esta exclusão resultou em depressão entre outras patologias... A razão estava comigo, mas como você descreveu perfeitamente, não é nada fácil explicar e reverter o quadro, até porque isso envolver além da questão, o ego alheio, não é mesmo ;)
    Mas assim como você, gosto do que faço e foi o que escolhi e então lidamos com estas coisas e o bom é que também temos contato com pessoas maravilhosas que sem dúvidas fazem valer a pena :)

    Muito obrigado por vir participar, por me chamar do meu apelido favorito e pela presença !

    Um beijão e boa semana !

    ResponderExcluir
  29. @SissymIh Fadinha, isso já aconteceu comigo também, eu até tento não ficar verde, mas o problema é justamente este que mencionou, quando colocam palavras que não existem na nossa boca, aiaiai aí é dureza viu, fico colorida mesmo kkk beijooo

    ResponderExcluir
  30. Querida Menina Sorriso, tudo ok, meu anjo?

    Eu sou a típica "Nem tanto ao Céu, nem tanto à Terra!", que quer dizer que sou cliente melindrosa, mas não ofendo ninguém!
    Se sou maltratada, páro de comprar lá, simples assim, e nem vou deblaterar com o funcionário por causa disso ou aquilo.
    Não tenho sua paciência, Menina, de continuar comprando algo num lugar onde fui mal recepcionada!
    Adoro "tapete vermelho", ou seja, rosto de sorriso estampado, com direito à "Bom dia!", ou "Olá!", etc. e tal!
    Paguei? Fico esperando o "Obrigada!"; não saio dali sem ele.
    Se sair de um lugar sem o agradecimento, nunca mais volto lá!
    Interessante, amiga, que você falou de padaria e o mesmo ocorreu comigo!
    Há uma aqui pertinho de minha casa que abandonei.
    Uma das funcionárias é um porre e só vivo dando o azar de ser atendida pela dita-cuja!
    O mundo, ainda bem, é formado por padarias diversas...
    Um bazar lindíssimo aqui do meu bairro não me vê há 6 anos pelo mesmo motivo.
    Tudo bem que os funcionários têm seus problemas que os levam muitas vezes a estar de mau-humor mas, espera aí: quem não os têm?
    Já fui atendente e NUNCA maltratei cliente!
    Uma colega chegou a dizer uma vez, após eu contar as muitas das problemáticas pelas quais eu estava passando, que eu parecia não ter problema algum, de tão simpática e educada sempre fui com todas as pessoas!
    Mas é óbvio que há clientes que só Deus mesmo, como esses que você enumerou em seu post mas, no geral, temos que demonstrar benevolência com aqueles que pagam nossos salários...

    Beijos, minha flor!
    Saiba que eu trato bem quem me atende, às vezes eu é que não sou bem tratada por eles... rsrsrs

    Ótimo post!!!!

    Mary:)

    ResponderExcluir
  31. @O Internauta do AmorOlá amigo, é sempre um prazer recebê-lo !

    Concordo contigo, respeito e educação são imprescindíveis em qualquer tipo de relação.
    Alguns trabalhadores infelizmente não tem como mudar, pois isso envolve muitas questões, principalmente para os mais simples e sem qualificação, mas sem dúvidas, se for possível o melhor mesmo é procurar algo que lhes satisfaça, sendo assim mais feliz ;)

    Obrigado pela presença !
    Um abraçãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  32. Olá Querida Sam!!

    Eu sempre digo que trabalhar com pessoas é um saco, a gente esta sujeito a variações de humor, muitas vezes somos mal atendidos pq o atendente esta em um dia ruim, assim como muitas vezes tratamos mal quem nos atende pelo mesmo motivo, é complicado parar para pensar que muitas vezes estamos bravos com coisas do nosso dia-dia, como nosso chefe exigindo metas absurdas da gente, e como não podemos descontar neles, descontamos na primeira pessoa que não pode nos xingar de volta, e assim só pq estamos em um dia ruim transformamos o dia do atendente em um dia ruim ai ele vai tratar mal o próximo cliente e esse cliente vai tratar mal o próximo atendente, criando assim uma bola de neve.
    É complicado tratarmos bem todas as pessoas a nossa volta todo o tempo, eu mesmo nem me esforço mais pra fazer isso, mas se agirmos da forma que eu ajo não existira mais sociedade KKKK.

    Belo Post

    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Moçoila26/9/11

    Meu Deus... dar um tapa na cara duma vendedora? Que atitude inconcebível!
    Isso em Portugal dava um grande sarilho para quem bateu, mesmo que tivesse razão, quanto mais não tendo.
    Falta de respeito por quem trabalha é coisa que não suporto, e não assisto impávida e serena.
    Há tempos assisti a um homem a ser grosseiro numa loja chinesa.
    Eu estava na cabine a experimentar roupa e só havia uma senhora chinesa a atender, mais ninguém na loja.
    O homem pensou que estava sózinho com ela.
    Começou a ver roupas e a senhora muito amável e delicada ia dando-lhe indicações sobre os produtos.
    Ele respondia com a máxima grosseria possível, mandando-a meter-se na sua vida e ela, que não dominava bem o português, continuava a insistir em ajudá-lo e ele cada vez mais agressivo, já a insultava de parva, estúpida, burra...e estava a pontos de lhe bater, acho que o homem estava bêbado.
    Eu já estava a ferver, saí da cabine e meti-me ao barulho, na defesa da chinesa, que ficou pasmada comigo.
    Ele também ficou meio atarantado porque não contava com ninguém.
    Passou então a ser eu e o homem no bate boca e eu não deixei por menos, chamei-lhe quantos nomes quis, desde grosseiro, estúpido e até cornudo kkkkk
    Ele continuava a refilar e dizia que a culpa era da chinesa, até que eu puxei do tlm e liguei à polícia .
    O tipo partiu por ali fora nem pra trás olhou.
    Acabou a cena comigo e a chinesa a rir à gargalhada enquanto ele fugia rua abaixo. Quando a polícia chegou já nem lhe achou o rasto kkkk
    Coitada da senhora, queria oferecer-me a Tshirt que escolhi.
    Se eu não estivesse lá, sei lá o que aquele grosseiro faria e depois atirava-lhe as culpas a ela.
    Eu sei que não devia ter insultado, mas quando fico revoltada perco as estribeiras.
    Se for comigo ainda mantenho a calma mas se vejo abusar dos mais fracos não suporto.
    Se vir rapazes a bater nos mais pequenos eu entro na briga e sendo preciso bato, um dia ainda vou apanhar kkkkk
    Gostei de seu artigo, Samanta
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  34. OI Sam!!!

    Que texto grande hein... rsrs

    Concordo com cada palavra, temos que respeitar todos com carinho e um belo sorriso e se por no lugar de quem esta ali trabalhando duro que às vezes começou o dia com o pé esquerdo.
    Já entrei em várias lojas e a pessoa do caixa estar nervosa ou com o olhar triste e tem aqueles dias que a pessoa perde o foco com tantas pessoas pra atender, daí eu olho fico observando e vejo que se você euzinha no lugar estaria no mesmo estado e também não tem como desvendar o que se passa na vida da pessoa, então trato de ser gentil de vez fazer escândalo. Nossa e até ridículo, pessoas que gritam ou humilham o atendente que esta tentando ao máximo fazer seu serviço correto.
    Teve um dia que eu e minha mãe estávamos na fila de uma loja e nem tinha muita gente e tinha três atendentes, só que deu um problema no cartão da mulher e a atendente não estava conseguindo resolver essa atendente pediu ajuda da colega é ficou as duas tentando resolver e daí so tinha uma pra atender os clientes, acredita que uma mulher que estava na minha frente desistiu e deixou a sacola de compras em qualquer lugar e a outra que estava atrás de mim gritou bem assim para as atendentes "Esta vendo pela incompetência de vocês perdeu uma cliente", todos ouviram, imagina a vergonha das moças que estavam trabalhando. Depois fiquei pensando se fosse eu naquele momento, com certeza do jeito que sou ia ficar toda vermelha e depois me esconderia num canto pra chorar, ainda não passo por isso, mas não ira demorar muito e não quero que os outros façam comigo.
    Por isso respeito e muito o estado de animo das pessoas, tanto que quando ando com minha amiga e entramos nas lojas pra comprar as pessoas até começam a rir e perguntam se somos gêmeas ou então quando percebemos que as pessoas estão tristes ficamos fazendo brincadeiras bobas às vezes sem querer, e bem engraçado mesmo, mas adoro quando sou bem atendida. Só não gosto quando tem os retardados que ficam jogando cantada ou então começam a cantar alguma música romântica, tudo bem que depois morro de tanto rir, e tem aqueles (a) que ao te ver entrando na loja já te julgam e te medem de cima a baixo, meio que menosprezando, comigo normalmente são as garotas, teve uma vez que entrei na loja e percebi que a atendente esta normal fazendo graça com os colegas, mas quando entrei com minha amiga ela logo me mediu de cima a baixo e ficou encarando, me senti tão mal recebida que puxei minha amiga e fui embora. Então tem alguns que realmente querem definir quem vão tratar sorridentes ou com garras. Mas sei muito bem separar uns dos outros e nunca fiz escândalos por falta de atendimento ou de mau humor também tenho meus dias que não estou pra ninguém. E sei que não posso descontar nós outros minhas frustrações.
    Então e ótimo e muito bem vindo respeitar o semelhante do mesmo modo que deseja ser tratado.

    Como sempre arrasando em tudo que escreve, sendo sincera em cada frase, seu modo de se expressar me agrada muito e cada vez mais inovando nós temas.

    Muiitisssímooosss Parabéns Sam.
    BJS...
    E uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  35. @Momo
    Oiii amigo, que bom vê-lo por aqui !!

    Sabe que depois de escrever fiquei pensando em alguma profissão que não precisasse lidar com pessoas e não achei nenhuma kkkkkk porque é difícil mesmo lidar com tanta diversidade, ao mesmo tempo que é instigante, é também desgastante por outro lado, e dependendo da função, estressante por ser tão imprevisível, não é mesmo !
    A corrente que trouxe como exemplo é perfeita, ninguém é totalmente imune ao estado de espírito alheio e acabamos passando pra frente certos comportamentos ou até mesmo descontando em quem não tem nada a ver com o assunto, como você mencionou.
    Eu, por estar tantos anos lidando com gente, aos poucos fui aprendendo a me controlar e a não levar tudo a fero e fogo como fazia antes, fiz isso porque senão ia ficar doida hahaha Mas procuro sempre tratar as pessoas como gostaria de ser tratada, e as coisas ficam mais suaves, digamos assim ;)

    Amigo, agradeço muito sua presença !
    Um beijão e boa semana !

    ResponderExcluir
  36. @MoçoilaOiiii gatinha linda !!!

    Menina, pior que a moça do tapa era uma ricaça super bem arrumada, nem acreditei no barraco !! é muita vontade de ter algo né !! peloamordedeus ! Também passei e passo por poucas e boas lidando com atendimento, algumas muito engraçadas, mas outras nem tanto...
    Concordo contigo que falta de respeito faz mesmo o sangue ferver, assim como você já rolei no chão com homem pra defender uma pessoa que não podia se defender, não tenho medo, depois que o sangue sobe, ferrou kkk
    O relato que nos trouxe exemplifica bem o que eu quis mostrar na postagem, um abuso sem necessidade, humilhação com uma pessoa que estava de boa vontade atendendo e mesmo que não o tivesse, não merecia passar por tal coisa desta forma.
    Tadinha da senhora, imagino a gratidão que sentiu e o alívio com a sua intervenção, parabéns gatinha !!!
    Me identifiquei com o que disse, eu aguento me chamarem de tudo, mas quando vejo injustiça com as pessoas ou quando mexe com alguém que gosto, aí meu calo dói !

    Que bom que gostou, adorei sua presença e comentário que complementou muito bem o texto !!
    Obrigadíssimo !!

    Um beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  37. @Gle MontvãOiii amigaaaa !!

    Vixe também achei grande, revisei umas 30x pra ver se diminuia, mas não deu kkkkkk
    Pois é amiga, eu trabalhei em condições diversas, meu último trabalho no comércio era tão desgastante que no primeiro mês emagreci 8kgs ! tinha Mês que era 12 hs por dia o mês todo sem folga, então tinha dia que eu não tinha mais forças pra tratar o cliente como ele merecia, infelizmente... Mas fazia o meu melhor, sempre !
    Por isso respeito tanto quem me atende, pois sei que muitos passam por muita coisa por precisar do emprego e educação e respeito não é nada demais e tornam nossas relações muitos mais ricas e construtivas, né ;)
    Os exemplos que nos trouxe mostram bem o dia a dia destas pessoas que às vezes são humilhadas sem a menos ter culpa, fico morta de dó quando vejo algo assim, pois sei como é e fico sempre imaginando se fosse uma irmã minha, ou alguém que eu gosto tendo que passar por isso.
    Sem dúvidas é maravilhoso ser bem atendida e também tem atendente que não se esforça e ainda faz cara feia como o caso que mencionou, aí também já é demais né, pelo menos podia disfarçar, afinal, aí o desrespeito está vindo dele, o que acaba gerando mais desrespeito.
    Eu também não faço escândalo, acho que tem coisas mais importantes, se não der jeito, vou em outro lugar e me poupo do stress, pronto ;)
    E assino embaixo da sua colocação final, é muito bem vindo respeitar e tratar as pessoas como gostamos de ser tratados e esta conduta acaba atraindo coisas boas :)

    Amiga, fico feliz que tenha gostado apesar de ser um textão hahaha valeu mesmo pela presença e carinho !

    Um beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  38. @Mary MirandaOláá querida amiga e Musa da escrita, que bom que chegou para papearmos !!

    Amiga, dei uma puxada de sardinha pro meu lado, afinal é o meu trabalho atender e sempre lidei com pessoas, mas sei bem que muitos atendentes não se dão ao respeito e não fazem o mínimo esforço.
    Minha intenção é mesmo a de conscientizar os mais arrogantes e intransigentes, aqueles que até mesmo quando são bem tratados, humilham a pessoa ou que acham que seus desmandos mais loucos tem de ser atendidos e jamais olham para o outro como um ser humano passível de erro e com direito a dias ruins.
    Também amo ser bem tratada, acredito que todos gostamos de um sorriso, mimos e um bom papo enquanto fazemos nossas compras etc, é mesmo delicioso !
    A moça da padaria daqui estava me irritando também, até que um dia ouvi uma conversa dela contando que saía de casa as 4 da manhã e que deixava seu bebê com a irmã mais nova de 11 anos, porque precisava sustentar a casa com este trabalho, desde então, fiquei tão compadecida da moça que não ligo mais quando ela está de bico, aliás fico até sensibilizada quando a vejo...
    Eu sempre atendi, e confesso que em casos como quando trabalhava em comércio, em épocas de dia das mães ou natal onde trabalhávamos 30 dias direto, 12 hs por dia sem folga alguma, existiam momentos em que mesmo querendo, meu ânimo em tratar bem o cliente não era dos maiores, mas eu sempre me esforcei ao máximo pra não deixar a peteca cair :)
    Concordo contigo que é uma troca, eles pagam nossos salários, mas eu já virei as costas pra cliente que me humilhou sem motivos, apensa por capricho, tudo bem, ela paga meu salário, mas eu não sou tão barata assim, não sou capacho, mas os acontecimentos mais amenos, vamos contornando e existem pessoas maravilhosas que fazem esta função valer a pena pois o trato com as pessoas é instigante, nos ensina muito sobre nós mesmos !

    Obrigadíssimooo pela presença e bela participação como sempre né !!

    Um beijãoooooooo e boa semana !!

    ResponderExcluir
  39. Oi Sammy querida!

    Muito bom o texto, como sempre, abordando temas para conscientizar todos nós, seres humanos!
    Vou confessar que eu já fui muito arrogante, tanto como vendedora, quanto como cliente. Trabalhei com vendas internas durante 2 anos na minha vida, e realmente existiam aqueles dias, em que eu estava com a macaca e descontava tudo nos clientes.
    Com o tempo percebi que o problema não eram os clientes, e nem eu, era o emprego. Foi quando eu pedi demissão.

    Concordo quando diz que não conhecemos a vida da outra pessoa, para exigir que ela saia do emprego se não estiver gostando. Nem todos podem fazer isso, e muitos fatores impedem como; estudo, família, salário, necessidade, etc.
    Se não podemos escolher um emprego, certamente estamos nele por que precisamos, e não por que queremos.

    Refletindo nesses aspectos, passei a mudar meu jeito de ser em relação a atendimento. Mas, hoje se eu for em uma loja e não for bem atendida. Eu não retribuo mais com a mesma ignorância recebida. Simplesmente, eu me retiro e vou comprar em outra loja.

    No entanto, eu aprendi em curso de atendimento, que nossos problemas sejam eles quais forem, não podem interferir na nossa vida profissional. E se o problema for com a empresa, é bom tentar o diálogo com o chefe, esclarecer os problemas, tentar solucionar, para que a pessoa possa trabalhar feliz. Afinal de contas, é no trabalho que passamos a maior parte da nossa vida. Então, não concordo que as pessoas devam viver infelizes por tanto tempo. E nada pode ser justificado quando tratamos as pessoas com falta de educação.

    Antes eu dizia um monte de desaforo, hoje eu evito. Mas, as vezes não temos como escapar disso.É muito relativo! Porque se o cliente estiver estressado e atendente também, não vai dar nada que preste. rs
    Hoje eu tento identificar quem está triste e quem está estressado. O atendente triste, mesmo desanimado ainda lhe trata bem. Mas, eu defendo o direito de respeitar o ser humano. Tanto cliente como atendente tem que saber se posicionar e ter educação.

    Tem um site chamado Reclame Aqui, e eu já fiz reclamações umas 3 vezes, pois minhas mercadorias não chegaram. Nesse caso eu reclamo mesmo, e sempre tenho resultados positivos.
    Existem situações que são inevitáveis!

    P.S: Você cria esses textos bons de comentar, onde temos um monte de experiência. Não tem como reduzir o comentário. rs

    Beijokas!!

    ResponderExcluir
  40. Não me canso de dizê-lo: os seus textos amiga têm sempre a mais-valia - oportunidade/utilidade!
    Sabe que eu li ontem o texto, só não tive tempo de comentar.
    Saí do trabalho, fui direta ao supermercado e estava na fila quando um "senhor" que estava mais à frente começou a "disparatar".
    Olha o meu lado de escorpião a ferver! Mas aí eu pensei: Calma Ana, olha o texto da Sam!!!!!
    Ignorei simplesmente....
    Beijão minha Amiga

    ResponderExcluir
  41. Olá Samanta,bem visto este teu post.Pena é que na hora de um "incêndio" ninguém pense ou aja desta forma. Porquê pagar-se com a mesma moeda? Pagando com a mesma face só vai criar-se mais um problema e por esta razão o Mundo está como está.
    Obrigada pela partilha.
    Asantix

    ResponderExcluir
  42. @Isa Oliveira
    Olááá amiga !!!

    Que bom que gostou ! Eu fico aqui refletindo com meus botões e aí, vira postagem né rsrs
    Amiga, eu também não sou santa, já aprontei das minhas como vendedora e como cliente também, mas por trabalhar tanto tempo atendendo, fui mudando minha maneira de pensar e tratar as pessoas, até mesmo por ver meu próprio lado também :)
    Pois é gata, muitos precisam do trabalho e não tem condições para sair quando bem quer, e isso é claro acabar gerando uma insatisfação na pessoa que vai refletir no tratamento dela com os outros, infelizmente, seria ótimo se todos pudéssemos fazer aquilo que gostamos, mas a realidade não é bem assim, eu mesma já trabalhei em funções que não gostava por necessidade, sei que isso não justifica atender mal, mas às vezes, acontece.
    Assim como você, se sou mal atendida não volto, ninguém gosta de ser tratado assim né, mas também deixei de lado os confrontos, escolho outro lugar e poupo stress pra mim e pra quem me atendeu mal.
    E assino embaixo, nada justifica falta de educação e respeito, independente da posição em que a pessoa esteja, seja atendendo ou seja como cliente, se agíssemos assim, as relações seriam muito melhores em qualquer meio.
    Também tento identificar se a pessoa é mau educada mesmo ou se é só um mau dia, quando estou com disposição, tento reverter a situação, mas como falei, nem sempre estamos no clima de psicólogo né hehehe
    Mas como você sabiamente finalizou, todos temos que ter consciência de que educação é imprescindível ! Respeito é bom e todos gostam né :)

    Amiga, nem pense em reduzir comentário né, fala sério, eu escrevo justamente para conversarmos e trocarmos experiência, então vamos falar pra xuxu mesmo kkkk

    Obrigadíssimo pela conversa e presença !!
    Um beijãoooo e boa semana !!

    ResponderExcluir
  43. @ana costaOláá amiga querida !!!

    Fico muito feliz com suas palavras, eu fico refletindo sobre como podemos ser pessoas melhores e melhorar também o mundo em que vivemos, conscientizar as pessoas, e compartilho com vocês, é gratificante saber que é útil e interessante :)
    Valeu mesmo pelo incentivo !
    Estas situações que mencionou estão presentes no nosso dia a dia, se conseguirmos manter a calma e até entender o lado das pessoas, vamos evitar muito stress e quem sabe até ajudar alguém, sei que não é fácil, mas quando dá, vale a pena !

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um beijãooo e boa semana !!

    ResponderExcluir
  44. Tenho certeza absoluta que para qualquer situação seja ela pessoal ou comercial... O respeito e a boa educação são coisas básicas para o bom entendimento e comunicação entre duas pessoas. Concordo que não podemos exigir que embora desejemos alguem sempre sorrindo ao nos atender, não temos como ter isso, pois seria uma exigência extrema... Ninguém consegue ser alegre e sorridente 100% das vezes. Mas eu em particular, fico muito chateada quando percebo que um atendente, seja onde for, e independente de seu humor, seja mal educado comigo. Isso sim me tira do sério. Jamais iria exigir alegria e bom humor o tempo todo, mas respeito e educação devem vir das duas partes! Quanto a forma do atendimento... realmente percebo uma certa dificuldade nisso, pois eh bem como você falou... ou grudam na gente e tudo é lindo, ou nem que você precise você terá ajuda. Seria interessante encontrar um meio termo. Pra mim comprar algo, preciso estar a vontade no lugar, sem ninguem colado em mim, pois se colar eu n consigo nem olhar as coisas direito e saio sem levar nada...rs Mas é preciso ter alguém por perto caso vc precise de algo...mas assim, a alguns metros de distancia de preferência..rs As relações humanas são sempre complicadas... no comércio não seria diferente..rs Mas vamos levando com um pouco de bom senso e tolerância tudo se resolve. bjo e otima semana para vc tbm!!

    ResponderExcluir
  45. @AsantixOlá !!

    Concordo contigo, ainda temos muito que evoluir neste aspecto, na hora que o bicho pega, a maioria de nós não se importa mais com educação e respeito e realmente é por isso que o mundo e as relações estão como estão !
    Fico feliz que tenha gostado !

    Obrigado pela presença e participação !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  46. Valéria Braz27/9/11

    Sam... passei anos com a responsabilidade de atender clientes exaltados! Minha parte era tirá-los do local do "ataque" e tentar entender e solucionar o problema deles. Com raras exceções posso te afirmar que quando um cliente chega exaltado e já dando show de falta de paciência, os motivos estão no pós venda das empresas, e as vezes é um atendente que nada tem haver com a história que paga o pato.
    Mas quando há treinamento, o atendente sabe se posicionar e levar este tipo de cena para o lado apenas profissional, fazendo com que o cliente no dim das contas percenba o quanto está sendo errado..... Não é fácil não, precisa treinamento, sangue frio e muita calma nesta hora...hehehehhehe
    Não sou adpeta que o cliente sempre tem razão, mas afirmo que o cliente é a razão da existência de qualquer empresa, então se certo ou errado deve ser tratado com respeito e entendido e solucionado seu problema.
    O grande mau do atendimento é o despreparo, ou a falta de perfil. Isto gera problema de entendimento entre um e outro. Existem muitos perfis de clientes, há aqule que não gosta de brincar, há aquele que adoro ser atendido com brincadieiras, há aquele que tem presa, há aquele que não tem a mínima presa, há aquele que é arrogante, há aquele que é sem nocção, há aquele sem educação... e por aí vai. O grande segredo do bom atendimento é reconhecer este perfil e atender conforme o cliente quer ser atendido. Nada fácil né amiga? É por isso que tratar com pessoas é uma arte a ser desvendada.....
    E mesmo treinados ainda caímos em nossas próprias armadilhas... olha só:
    Na época em que era supervisora de atendimento do estado de SC em uma empresa de locação de carros, sempre treinava os funcionários para quando o cliente chegasse ao balcão da empresa que jamais dizessem: - Qual carro o Sr. deseja? e isto pelo simples motivo que não tínhamos todos os modelos de carro para oferecer, e se pegassem um cliente intolerante pela frente poderiam ter problemas no atendimento.
    Pois bem, estou eu no balcão do aerporto, atendendo um cliente no telefone, quando chega um voo. Encosta no balcão um Sr. que me diz o seguinte: - Dá pra desligar este telefone e me atennder?
    Muito educamente peço um segundo para o cliente do telefone e me dirijo ao Sr. - Por gentileza só um momento, já lhe dou toda atenção.
    O Sr. esperou o tempo todo reclamando.
    Desliguei o telefone, e perguntei se ele já tinha reserva. Me respondeu muito mau educado que não. Meu sangue já tava fervendo, mas me controlei.
    Como ele não tinha reserva perguntei - Qual carro o Sr. deseja?
    Amiga, na hora me toquei que fiz exatamente o que treinava o pessoal para não fazer!
    Adivinha... com todo aquele mau humor ele olhou pra mim e falou:
    - Quero um cadilac azul!..............problema a vista! heheheheh
    Graças a meu bom treinamento em situações de desconforto, tive jogo de cintura, sorri e com toda a pompa que o momento pedia falei: - Infelizmente não temos este modelo em nossa frota, mas o Sr. fizer questão posso consegui-lo, preciso só de alguns dias! Esperei.........a resposta foi:
    - Não tenho todo este tempo.... quais carros você tem aí na sua frota?
    Isto mostra que sem preparo este atendimento poderia ter se transformado em um show de falta de respeito.....
    Infelizmente o perfil de cliente mau humorado e sem respeito existe, e precisamos nos treinar a atender este tipo de pessoa... até mesmo em nossas relações pessoais!
    Beijusssssssss

    ResponderExcluir
  47. @Rê MichelottiOi Lindona, que bom que veio participar !

    Concordo contigo, se agíssemos sempre com respeito e educação em qualquer meio, todas as nossas relações seriam muitos melhores ! Aliás, o mundo seria bem melhor !
    Realmente, às vezes, a jornada de trabalho de certos setores é tão absurda ou desgastante que não tem como querer que a pessoa esteja alegre e saltitante, sei porque já passei por isso. Sei que nada justifica desrespeito, nem de um lado nem de outro, a questão que eu quis abordar são aquelas mais simples, onde os clientes são intransigentes até mesmo quando são super bem atendidos ou então quando não percebem que estão lidando com um ser humano passível de erros e maus dias.
    Sobre as formas de atendimento, meu último emprego por exemplo, antes do que estou agora, tínhamos que ficar grudadas no cliente, e puxando conversa o tempo todo, já levei broncas por não fazer isso, pois achava desagradável, não são todos que gostam disso, eu por exemplo não gosto, mas era a regra, então, íamos lá ser chatas kkkkk e olha que é um super empresa conceituadíssima !
    Também acho que o ideal mesmo seria primeiro perceber o perfil do cliente pra abordar e não colocar uma abordagem padrão, mas enfim né, coisas dos negócios hehehe
    Pois é amiga, é isso mesmo, bom senso e tolerância são sempre bem vindos e facilitam a vida de todos nós :)

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um beijãoooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  48. @Valéria BrazOláá bela Valéria, que bom que voltou pra papearmos mais :)

    Lidar com pessoas é intrigante, gratificante e interessante, mas existem momentos em que é complicadíssimo por ser tão imprevisível.
    Na última empresa que trabalhei recebíamos um treinamento completo muito bom, onde aprendi muito e até por isso, passei a ver as coisas com outros olhos, pois nele aprendi a ser mais profissional e a me desvencilhar de certas situações assim como resolver outras com o sangue mais frio, antes eu era bem impulsiva e afobada kkk o que acabava complicando ;)
    Quando lidamos com pessoas acabamos desenvolvendo este feeling pra saber qual a forma de tratar cada um, e concordo contigo que a falta dele é que complica os atendimentos, eu por exemplo não gosto de atendimento com muitas brincadeiras, logo fico desconfortável, mas outros já adoram este tipo de abordagem mais informal e divertida, agora quando não temos esta sensibilidade ou treinamento, como você disse, as coisas ficam difíceis mesmo !
    Adorei a história do Cadillac azul, eu também já caí nestas armadilhas, apesar de quase ter sofrido lavagem cerebral sobre o que não dizer, já me peguei dizendo exatamente aquilo kkkk não tem jeito !
    E concordo contigo, se não tivesse tido bom senso e conhecimento para lidar com estes tipo de coisa, esta e outras situações sairiam do controle para ambos !

    gatona, valeu o papo, adorei saber mais sobre suas experiências e compartilhar um pouco das minhas !

    Um beijãoooooooo

    ResponderExcluir
  49. Aureliano Santos27/9/11

    Boa dica para controlarmos nossos humores tão condicionados , muitas vezes a um problema que só nós podemos resolver.

    ResponderExcluir
  50. @Aureliano SantosOlá Aureliano !!

    Fico feliz que tenha gostado do texto ! Concordo contigo, às vezes o melhor a fazer é controlar os ânimos, pois uma atitude diferente com certeza pode gerar problemas e chegar ao desrespeito, sendo que muitas vezes, esta questão precisa ser resolvida internamente.

    Obrigado pela participação !
    Um abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  51. Laudelino Ferreira27/9/11

    Olá Samanta,

    Boa noite!

    Tema de muitas arestas no relacionar, este.
    Das variantes, realmente,
    quem esta com a macaca...
    no dia de cão.... mas,

    Há paz num olhar,
    de se ver as pupilas do outro
    E sorrir,
    Há ligações num aperto de mão, e
    em "como vai você?"
    Há educação a ser dada a muitos
    que seja um "Mobral" ou "SESU"
    do AMOR ao próximo

    Agradeço o contexto teu aos meus olhares

    Uma produtiva semana, minha querida!

    ResponderExcluir
  52. @Laudelino Ferreira
    Olá Laudelino !!!

    Que lindo seu comentário !! Adorei a forma poética e sensível com que nos trouxe sua opinião ! Complementou lindamente o texto !
    Assino embaixo, mesmo nos dias ruins, sempre haverá luz nos gestos de educação, gentileza e respeito, com um poder enorme de mudar o dia de qualquer um de nós, independente do lado em que estiver e do que impera no coração !

    Obrigadíssimo pela presença e bela participação !
    Um abraço e boa semana !

    ResponderExcluir
  53. Oi Sam, pessoa linda!!! Espero que esteja tudo feliz aí contigo!!

    Reverter o quadro funciona muito! Certa vez, lá com meus 16, 17 anos, minha mãe pediu que eu passasse numa loja perto da escola pra comprar uma roupinha de bebê pra uma amiga dela. Eu cheia de "compromissos", deixando minhas coisas importantes de lado (rsrsrs) pra fazer isso. Entrei na loja bufando, o beiço comprido, um poço de mau humor.
    Mas quando bati os olhos no rosto da atendente vi um sorriso tão lindo, tão luminoso que o mau humor saiu voando pela porta da loja. E confesso que fiquei envergonhada porque eu não tinha motivo grave algum pra estar tão azeda...e ela, uma senhora já, provavelmente teria zilhões de motivos relvantes pra não sorrir para uma estranha mimada (eu) daquele jeito tão sincero, tão do coração. Nunca mais esqueci daquilo. Ela nem sabe o tamanho da lição que me deu.

    Então eu deixo um sorriso desses aqui pra vc e te desejo uma semana bem feliz!!!!!

    ResponderExcluir
  54. Oi Sammy

    e é incrível como a gentileza e a simpatia desarmam o mau humor e a grosseria.

    Quer sorrisos, distribua-os, quer gentileza, seja gentil, eu acredito nisso, nós podemos alterar os humores à nossa volta, com paciência e perssitência.

    Beijos Sammy querida!

    ResponderExcluir
  55. @MarianaOiii amiga, quanto tempo não nos falamos ! Por aqui tudo bem e contigo ??

    Adorei o exemplo que nos trouxe, mostra bem como na maioria das vezes, uma gentileza, um sorriso podem mudar o dia e a atitude de alguém !
    Por causa disso, achei legal tentar conscientizar as pessoas de que atendentes também são seres humanos e que nem sempre conseguimos esquecer os problemas no ambiente de trabalho, mas se agirmos com respeito e educação, todas as relações melhoram consideravelmente !

    Obrigada pela presença, carinho e pelo sorriso !!
    Um super beijão e uma ótima semana !

    ResponderExcluir
  56. @Van
    Olá querida amiga !!!

    Concordo contigo, um gesto suave, um sorriso e uma conduta gentil são mesmo poderosos, e podem mudar a atitude dos que nos cercam, além e transformar as relações para melhor ! Se conseguirmos agir assim a maior parte do tempo, muita coisa boa pode acontecer ;)

    Obrigadíssimo pela presença e participação !
    Um beijãooo e boa semana !

    ResponderExcluir
  57. Só quem vive mesmo para falar. Realmente essas ações citadas por você são corriqueiras. O capitalismo faz com que coisifiquemos as pessoas, e trata-las dessa forma. A pensar que o dinheiro compra tudo. Até mesmo a dignidade do outro. Estou pagando... (a bordãozinho...) Penso que a atitude de nos colocarmos no lugar do outro é uma das melhores formas de se resolver qualquer problema. (Inclusive, está nos 10 mandamentos - Ama teu próximo como a ti mesmo)Só quando sentimos na pele, o que o outro passa é que passamos a reconhecer a necessidade de mudar essa postura excêntrica e equivocada.

    Abraços

    ResponderExcluir
  58. @Danilo AndradeOlá Danilo, que bom que veio participar !

    Pois é amigo, como sempre trabalhei neste meio, desde cedo desenvolvi esta consciência, mas sei que muitos não a tem, por tudo que vi e vivi nestes anos, então sempre tento mostrar o outro lado na intenção de abrir os olhos e o coração das pessoas para que tenham mais respeito com seus semelhantes e não coisifiquem, como você sabiamente mencionou.
    Em qualquer situação, se conseguirmos fazer isso, todas as relações serão muito melhores !
    Eu procuro fazer e sei que vale a pena valorizar este nosso lado mais humano e sensível aos outros :)

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um abraçãooo e bom restinho de semana !

    ResponderExcluir
  59. Oi Sam, um texto que me faz refletir muito a respeito do ser humano. Temos que tratar as pessoas como gostariamos que fossem tratados. Alegria, sorrisos e solidariedade não faz mal pra ninguém, só acrescenta aprendizado e coisas boas na mala de viagem do dia a dia. Encontro atendente mal humorado todos os dias, não só atendentes, mais patrões, chefes etc. Acho que a população andam assim sem paciência, cara fechada, sorriso doído, mas ainda acredito na paciência e na solidariedade. Se todos saissem nas ruas com sorriso largo no rosto a vida seria mais fácil. Bjs !!
    Smareis

    ResponderExcluir
  60. @。♥ Smareis ♥。Olá minha querida amiga, que bom que lhe trago reflexões pois é justamente refletindo que acabo escrevendo para compartilhar com todos vocês :)
    Pois é amiga, se todos tratássemos as pessoas como gostamos de ser tratados as relações seriam muito melhores !
    E concordo contigo, as pessoas andam muito estressadas, tristes e insatisfeitas, quem sabe agindo assim possamos melhorar o dia de alguém, não é mesmo :)

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um beijãooo e bom restinho de semana !

    ResponderExcluir
  61. E eu que pensava que isso só acontecia na província que eu morava... rsrsr

    Aqui a maioria das atendentes são ríspidas, mas desenvolvi um abre alas, um sorriso dos mais sinceros e um cumprimento, bom dia por exemplo. Descobri que mesmo com cara feia inicial a coisa toma outro rumo.

    Quando não dá para eu dar um sorriso sincero, eu apenas solto o cumprimento da melhor maneira que posso, o resultado não é tão bom quanto o anterior, mas pelo menos a rudeza diminui.

    Outra coisa legal que eu descobri foi olhar nos olhos, com a intenção mental: ali tem uma pessoa que precisa de atenção. Também funciona.

    Gostei da suas dicas e alerta!!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  62. @Nanda BotelhoOlá Nanda !!

    Pois é, acontece em todas as províncias rsrs infelizmente... O comportamento humano é uma caixa de surpresas, e às vezes, não muito agradáveis. Por trabalhar com isso, acabei me sensibilizando quando vejo alguém na mesma situação, pois sei como é duro certos dias.
    Sua atitude é maravilhosa, um exemplo pra todos nós, mesmo sendo recebida de maneira insatisfatória, você se dispõe a dar o seu melhor para criar uma interação mais alegre e saudável ! Ahhh se todos fôssemos assim, tudo seria muito melhor !
    Adorei sua dica da intenção mental, com certeza vou utilizar !!

    Obrigadíssimo pela presença e por compartilhar conosco sua experiência nesta questão :)

    Um beijooo

    ResponderExcluir
  63. oi Samanta paz
    lindo texto, um maravilhoso dia amiga bjs

    ResponderExcluir
  64. @Lúcia SoaresOlá minha querida amiga !!

    Fico feliz que tenha gostado !
    Um beijão e que seu fim de semana seja maravilhoso !!! :D

    ResponderExcluir
  65. Olá Sammy, vim retribuir sua visitinha e tenho q te dar os parabéns pois seu blog é sensacional!
    Te convido a conhecer meu outro blog e se gostar me seguir lá tb www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com
    seja sempre bem vinda nos meus cantinhos
    bjs e ótimo final de semana
    Vivi
    www.viviass.blogspot.com

    ResponderExcluir
  66. @Viviane AlvesOlá querida, foi um prazer conhecer seu espaço e sem dúvidas vou visitar o de receitas huuum, ótima pedida para novidades no fim de semana !

    Obrigada pela presença e pelo elogio ao blog, sinta-se em casa, é sempre muito bem vinda !
    Beijos e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  67. Eu penso que tratar bem as pessoas é obrigação de todos nós, muitas vezes nos deixamos levar por situações ou problemas que não deveríamos,,,e pior, toda ação provoca uma reação...obrigado pelo carinho de sua visita,,,volte sempre...beijos de bom final de semana.

    ResponderExcluir
  68. @Everson RussoOlá Everton, seja sempre muito bem vindo !

    Concordo contigo, educação e respeito é mesmo uma obrigação e em nada nos sacrifica, só melhora as relações e o mundo que nos cerca ! sei que não é fácil, pois como mencionou, às vezes a situação nos domina e os problemas nos afetam muito, mas se tivermos esta consciência, toda interação será de mais qualidade para ambos os lados ;)

    Foi um prazer visitá-lo adorei o texto sobre a dor :)
    Um enorme abraço e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  69. Olá, Samanta. Obrigada pela visita. Ensinar a sorrir é uma habilidade a desenvolver, gostei de te conhecer, dos textos e do blog e te sigo. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  70. @Artes e escritasOlá querida, foi um prazer conhecer seu espaço !

    Fico feliz que tenha gostado, seja sempre bem vinda !

    Um beijão e bom fim de semana !!

    ResponderExcluir
  71. Notável, Preciosa e Amiga de Encanto:
    Um texto fantástico feito com a sua magia de sentimentos puros, admiráveis e enormes.
    Parabéns pelo gigantesco Ser humano de ouro puro que é e significa na imensa Blogosfera.
    OBRIGADO pelo seu gesto amigo.
    Na sua brilhante narrativa registei o intenso e imenso poder de fascinar pelo civismo, respeito e exemplar Cidadania que assume com encanto e uma ternura imensos.
    É genial e vive para difundir a sua alegria e felicidade por todo o lado e extensiva a todas as pesssoas e, isso, é lindo de ver.
    No mais puro respeito por si e pelo seu talento.
    É uma honra estar aqui.
    Sempre a estimá-la

    pena

    É fabulosa.
    Bem-Haja, pela sua conduta na vida.
    Adorei.
    Linda.

    ResponderExcluir
  72. Temos que tratar as pessoas como gostariamos de sermos tratadas.
    Fabiola.
    http://blogencontrandoideias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  73. Você tratou a questão de forma profissional e humana. Em relacionamento com o publico, ficamos diante do espelho e ele vai refletir nosso bem estar, colorindo tudo. Ou, ao contrário, levará desarmonia que nem percebemos estar passando.
    Nessa troca, o respeito e o sorriso serão de grande valia.
    Seja sempre bem vinda nos meus cantinhos. O seu é adorável.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  74. Boa tarde Samanta!!
    Obrigada pela visita!
    Bem vinda!
    Teu blog é muito legal.
    E seu post fala da importância de barramos reações em cadeias para que o mau humor outros intempéries do outro não nos afete.
    Muito bem!
    Obrigada!
    Carla

    ResponderExcluir
  75. Samanta, trabalhar com público é mesmo muito complicado tanto por parte do atendente quanto da parte do cliente.

    Eu também já trabalhei em balcão e observando as peculiaridades dos clientes, fiz um lista, vou citar alguns:

    Cliente enigma: é aquele que temos que adivinhar o que ele quer;
    Cliente prorrogação: é o que só chega no final do expediente.
    Cliente papa-légua: só anda apressando;
    Cliente espião: passou na loja somente para dá um espiadinha;
    Cliente Chororó: é aquele que chora miséria para ganhar desconto;
    Cliente juiz: vive condenando o produto;
    Cliente telessena: vem de hora em hora comprar uma coisa.

    Na minha lista, tem mais de trinta tipos.

    Quero lhe agradecer pela visita, comentário inteligente e gentil no meu blog.

    Também sigo essa emoção, pois gostei muito daqui.

    Abraços do novo amigo!

    ResponderExcluir
  76. @Pena
    Olá Pena !!!

    Nossa, eu adorei seu comentário, tão envolvente ! me senti alegre e motivada ao ler suas palavras ! Obrigada !
    Fico muito feliz que tenha gostado e por saber que consegui lhe passar os valores que cultivo e tento preservar em minha conduta :)
    A honra é minha em recebê-lo com palavras tão gentis e contagiantes, gostei muito !
    Seja sempre muito bem vindo !

    Agradeço de coração sua presença, carinho e participação !
    Um abraço apertado e que seu fim de semana seja fabuloso !!

    ResponderExcluir
  77. @FabiolaTelesOlá querida, seja muito bem vinda !!

    Esta é a grande máxima que deveria guiar nossas atitudes, assim todas as relações seriam muito melhores !

    Obrigadíssimo pela presença !
    um beijãooo e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  78. @MARILENEOlá querida Marilene, seja igualmente muito bem vinda aqui ! Foi um prazer visitá-la !!

    Concordo contigo ao comparar estas relações com o espelho, se tivermos esta consciência todas as relações serão infinitamente melhores e mais gostosas !!

    Obrigadíssimo pela presença e carinho !
    Um grande beijo e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  79. @Carla FernandaOlá querida Carla, seja muito bem vinda, sinta-se em casa !!
    Adorei conhecer seu espaço !!

    É isso mesmo, se tivermos um certo controle quanto a isso, toda interação será mais respeitosa e construtiva !

    Obrigada pela presença !
    um beijãooo e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  80. @Bento SalesOlá Bento, seja muito bem vindo, é um prazer recebê-lo assim como foi visitá-lo e participar do seu espaço, adorei !

    Eu ameiiiiii seu comentário !!! você sabe bem sobre tudo que falei !! e sua lista é perfeita ! Nos mostra de uma forma divertida esta diversidade de pessoas !
    Atendimento é cansativo e difícil, mas o conhecimento que traz sobre o comportamento humano é instigante e interessante, não é mesmo !
    Ri bastante aqui com o telesena !! hahaha ótima !!!

    E eu é que agradeço sua visita e gentileza em participar !
    Sinta-se em casa !

    Um enorme abraço e bom fim de semana !!

    ResponderExcluir
  81. Samanta!
    Muito bom teu blog e teu texto! Gostei mesmo!
    Pois é, a grande questão é o respeito, não interessa de que lado estejamos no balcão! rsrs

    Estou te seguindo também e te agradeço pela visita! Volte sempre, tá bom?
    Beijosss

    ResponderExcluir
  82. @Cissa RomeuOlá querida, seja muito bem vinda !! Fiquei feliz que tenha gostado, sinta-se em casa :)

    É isso mesmo, respeito é imprescindível em qualquer tipo de relação, não é mesmo, com ele tudo flui muito melhor ;)

    Obrigada pela presença !
    Um beijão e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  83. Samanta, a impressão que eu tenho é que o cliente sempre acha que o atendente está tentando lhe enganar, talvez isso explique, pelo menos em parte, a falta de respeito para com o funcionário. O que eu achava mais chato era quando, sem autonomia, não podia atender seu pedido (de desconto, por exemplo) e ele passar por cima de mim e ir logo falar com o gerente, como que dissesse: "você é um Zé Ninguém, por isso, vou falar com quem manda".

    Aqui mais alguns tipos de cliente:

    Cliente machado: é aquele que sempre quer derrubar o preço;
    Cliente ciranda-cirandinha: é o que quer ficar rodeado de gente lhe servindo;
    Cliente bananeira: é aquele que vem cercado de filho, cada um mexendo, dando palpite ou perguntando o preço de tudo;
    Cliente hipocondríaco: é aquele que tudo que compra tem defeito;
    Cliente piolho: é o que só anda pela cabeça dos outros e é muito chato.

    Fiquei feliz por ter gostado do comentário.

    Obrigado pelas palavras gentis acima!

    Parabéns pela criatividade!

    Abraços do novo amigo!

    ResponderExcluir
  84. Oi Samanta...
    Eu acho que respeito e educação tem que ser dos dois lados....tanto do cliente como do atendente...É isso, gentileza gera gentileza....Sou da filosofia que um sorriso quebra qualquer um...Aqui no Japão os atendentes são treinados pra receber todos os clientes com um sorriso e um irasshaimase ( seja bemvindo)
    Beijos!!
    San...

    ResponderExcluir
  85. Oi, Samanta!

    Eu costumo ser compreensiva mas tenho o meu limite, é claro. Jamais criaria um caso nem alteraria o tom de voz porque odeio escândalos mas se a falta de tato fosse constante, faria uma reclamação sim, sem perder a classe e nunca mais iria a tal estabelecimento.

    Ah, comentaria com meus familiares, amigos e conhecidos o ocorrido também : um lugar que não trata bem os clientes não merece tê-los.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  86. Um sábado cheio de carinho e poesia pra ti minha amiga querida...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  87. @Bento SalesOlá Bento, que bom que voltou pra papearmos !!

    Pois é amigo, o atendente tem mesmo esta "fama" e por isso, concordo contigo que talvez gere uma desconfiança no cliente que acaba extravasando mais do que deveria ou não ficando aberto a uma interação mais amena, de vez em quando eu faço umas postagens para contar mais sobre isso as pessoas, fiz uma sobre o sistema da vez, no comércio, e muita gente não sabia.
    Sobre o fato que mencionou de não se ter autonomia, nossa, esta é uma das coisas que mais fazem meu sangue ferver ! é realmente muito desagradável, e o pior ainda é quando recebemos diretrizes, mas o gerente vai lá e faz o que o cliente quer... pisoteou nossa credibilidade !!

    kkkkkkk eu morri de rir com estes novos tipos de cliente que trouxe pra cá ! Nossa, já atendi muitos destes !! meu emprego anterior era numa loja do comércio de luxo, e o ciranda-cirandinha e o hipocondríaco eram os mais frequentes hahaha
    Dureza viu, depois de 18 anos no comércio, pendurei a toalha, não aguentei mais... hoje também atendo, mas é via internet... embora tenha os mesmo tipos, o stress é um pouco menor, pois posso contar até mil e xingar muito antes de responder hehehe

    Obrigadíssimo por ter retornado com mais uma ótima participação, muito gentil da sua parte, adorei conhecê-lo !!
    Ontem estava visitando uns blogs que não conhecia, e me deparei com muita gente legal ! :)

    Um abraçãoooo

    ResponderExcluir
  88. @Sandra MitsueOlá minha querida amiga, que bom vê-la por aqui !

    Concordo contigo, respeito e educação são imprescindíveis em qualquer relação independente do lado em que estejamos, infelizmente muitos acreditam que por ser cliente, podem dar vazão aos seus desmandos ;)
    Muito legal que aí as pessoas estão mais conscientes disso, deve ser ótimo !!

    Obrigada pela presença !
    Um beijooo e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  89. @Luna SanchezOlá Luna !!!

    Sem dúvidas, como mencionei, não é pra aceitarmos ou até mesmo gostarmos de ser mal tratados, realmente é muito desagradável e concordo plenamente contigo, todos temos limites e problemas também.
    Existem casos em que nem sendo o mais educado do mundo dá jeito, mas na maioria, um sorriso e um bom dia sincero acabam revertendo a situação e ambos ficam satisfeitos, além de ter um dia melhor :)
    Sou solidária as atendentes porque sou um deles e sei os absurdos que os clientes aprontam, mas assim como você, em certos casos, o melhor mesmo é não insistir no estabelecimento a fim de evitar mais stress :)

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um beijo e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  90. @Everson RussoOlá amigo, que gentil da sua parte vir deixar este recadinho, adorei !!

    Um beijão e que seu fim de semana seja ótimo !!!

    ResponderExcluir
  91. Oi Samanta.. Vim retribuir sua visita e conhecer
    o teu espaço.

    Bacana seu texto.

    Acho que as pessoas devem trabalhar fazendo o que gostam.

    Pra se trabalhar com publico, credio que o requisito basico é gostar de gente.

    Trabalho é trabalho. A pessoa tem que ser profissiona e deixar seus problemas em casa.

    Tem que ter disponibilidade em atender. Não a disponiblidade forçada. A disponibilidade caraterisca da pessoa.

    Um sorrio, uma atenção a mais faz a diferença.

    Nós também temos que tratar quem nos atende com gentileza, Com um sorriso..

    Recebemos o que doamos..sempre..

    Um beijo..boa semana...te sigo....

    ResponderExcluir
  92. @Ma Ferreira
    Olá querida, seja sempre muito bem vinda !!

    Fico feliz que tenha gostado da postagem !
    Concordo contigo que pra se trabalhar nesta área, é preciso gostar, mas infelizmente a realidade do nosso país não ajuda muito, e muitos estão nesta pela necessidade o que acaba agravando a relação entre problema pessoais e os problemas no trabalho, principalmente quando se deparam com algum cliente intransigente, mas todos nós independente do lugar que ocupamos, precisamos nos esmerar em tratar a todos com educação e respeito, assim as relações ficam mais fáceis e construtivas :)
    E como você disse, às vezes, basta um simples gesto gentil e tudo se transforma ! se nos lembrarmos sempre disso, doaremos e receberemos sempre o melhor ;)

    Obrigadíssimo pela presença !
    Um beijãooo e bom fim de semana !

    ResponderExcluir
  93. Tônia Amanda Paz dos Santos1/10/11

    Boa noite Samanta,

    Eu também já fui vendedora e sei como é ser humilhada por cliente e por patrão. Em meu primeiro emprego, então, nem se fala. Hoje não aturaria metade das coisas que aturei. Amo o comércio, mas para voltar ao ramo, só como minha própria patroa.

    Também trabalhei algum tempo em um SAC de um shopping de São Paulo. Sempre procurei tratar todos - inclusive os funcionários, com a máxima simpatia. Mas, por incrível que pareça, bastava eu entrar em uma das lojas ou restaurante com o uniforme do shopping que eu era aúltima a ser atendida. Como eu tinha horário a cumprir, aquilo me deixava furiosa.

    Um dia, não resisti e registrei uma reclamação (afinal eu era a responsável por registrar as reclamações de todos os cliente, por que eu também não poderia reclamar?). No dia seguinte o dono do restaurante em questão veio me pedir desculpas pessoalmente (afinal, eu também dava indicações sobre as lojas aos clientes...rs) e ainda me deu alguns vales para consumação.

    Outra vez foi em um hotel chiquérrimo de São Paulo em que fui com um grupo de amigos da faculdade fazer um trabalho (eu sou formada em Hotelaria). Aproveitamos para almoçar no restaurante do hotel. Pedi uma salada de entrada e um risoto de tomate seco como prato principal. As folhas da salada estavam murchas e queimadas, coisa que nem em casa eu teria coragem de servir. O risoto estava frio e fora do ponto. Resultado, eu deixei toda a comida no prato. O Maitre ainda teve a cara de pau de me perguntar se eu havia gostado da comida....rssss. Como eu sabia que nunca mais iria por os pés ali, não fiz questão de reclamar. Estava óbvio que eu não havia gostado. Mas, depois até me arrependi de não ter reclamado. Afinal, eu paguei caro por aquela refeição e, no final das contas, acabei ficando com fome.

    Eu não gosto de criar confusão, armar barraco...nada disso. Eu experimento, se não gosto do serviço ou do produto, simplesmente não compro ou não volto mais ao local e ainda faço progpaganda negativa do estabelecimento.

    Mas, às vezes, só colocando a boca no trombone é que a gente consegue ser respeitado, infelizmente.

    Ótimo post. Um beijo e até a próxima.

    ResponderExcluir
  94. @Tônia Amanda Paz dos Santos
    Olá Lindona !!

    Que bom que veio participar e compartilhar conosco sua experiência nesta questão !
    Você sabe direitinho do que estou falando, pois quem trabalhou nestas posições, vê de tudo não é mesmo ! Assim como você, também já aguentei muita coisa nestes tipo de trabalho que hoje em dia também me pergunto como e porque aceitei, hoje também não deixo mais ninguém passar dos limites, se não posso fazer nada, prefiro ignorar.
    O que me levou a escrever foi casos como o seu, onde até mesmo quando atendemos bem , somos tratados com desrespeito, você ajudava a todos e não tinha como retribuição nem mesmo o que era obrigação das pessoas, lamentável , não é mesmo !
    Eu aqui puxei a sardinha pro lado dos atendentes, mas educação e respeito, na verdade é uma obrigação de todos nós, e não cai pedaço né rsrs se todos fizéssemos isso, as relações seriam tããooo melhores :)
    Eu também não sou de criar confusão e sempre procuro compreender, ams concordo contigo que existem casos, onde o desrespeito é gratuito e temos mesmo que ir atrás dos nosso direitos, já que de outra forma, não tem jeito mesmo ;)

    Obrigadíssimo por vir complementar a postagem com seu relato, adorei !

    Um beijãooo e bom fim de semana !!

    ResponderExcluir
  95. Um bom domingo e uma excelente semana pra ti minha amiga,,,muita paz e poesia...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  96. @Everson RussoOlá querido amigo !! Lhe desejo igualmente um ótimo Domingo e que sua semana seja cheia de alegrias e realizações !! beijãoooo :)

    ResponderExcluir
  97. Oi Sam!
    Em qualquer lugar e situação, o respeito e a educação são as principais virtudes. Se vc quer ser respeitado, primeiro tem que respeitar e isso vale para ambos os lados, a recíproca é verdadeira. O sorriso, traz de volta um sorriso.
    Eu posso afirmar isso, por experiencia própria, trabalho com pessoas a vida inteira, fui aeromoça, em viagens longas tive que aturar os maiores tipos de mau-humor, mas eu tinha um trabalho a fazer e um emprego a conservar.
    Tive frente a frente com personalidade, que iam aos domingos no Faustão, e se passavam por ricas criaturas, solidárias, humanas e sorridentes, mas no dia a dia, nada mais eram do que poços de presunção: Tá demorando me atender por quê? Não sabe quem eu sou? Oh, fulaninha, me atende primeiro, antes dos sicraninhos aí, que ninguém conhece! Pô, você é uma gata, sabe quem sou eu, vamos conversar depois do vôo, toma o meu cartão!
    Bem, isso são só exemplos de má-educação, que estão por toda a parte, vi muitas colegas perderem o emprego por se irritarem e responderem ao pé da letra, vi gente ser retirada do avião pelo comandante por desrespeito à tripulação, vi comandeantes demitidos por defenderem os colegas, mas vi muita gente, colocando os pontos nos "is", sem sairem do salto e sem deixar lugar para outra resposta menos educada ou um motivo para reclamação.
    Citei isso para dizer que em qualquer situação, o respeito e o bom-senso pode levar a calma aos ânimos mais acirrados e resolver qualquer situação por mais ridícula que seja e que a intolerância, gera intolerância!
    BJOS

    ResponderExcluir
  98. @Lena LopezOlá Lena lindona !!!

    Concordo contigo, se todos tivéssemos esta consciência de que educação e respeito são imprescindíveis em qualquer interação, as relações seriam muito melhores !!
    Os exemplos que nos trouxe são perfeitos para complementar a postagem !
    Eu também sempre mantive a educação por ser de meu temperamento e é claro porque preciso trabalhar, já me exaltei uma vez, felizmente não perdi o emprego, mas é um risco que corremos e no fim, não adianta mesmo, algumas pessoas não mudam nem mesmo diante do revide.
    E esta arrogância com que foi tratada infelizmente ainda é uma coisa corriqueira em nosso dia a dia, por isso eu quis conscientizar as pessoas, pois costuma vir mais do lado dos clientes, já que quem está trabalhando precisa manter sempre a linha, independente da situação, embora haja casos de péssimos atendimentos por pura falta desta consciência :)

    Obrigadíssimo por vir participar e compartilhar conosco sua experiência nesta questão !

    Um beijãooo e bom domingo !!

    ResponderExcluir
  99. Trabalhei como repositor em supermercado alguns anos atrás, e sei bem como é "pegar" um cliente estressado ou mal humorado. Assim como hoje em dia entendo o que sente uma pessoa quando é mal atendido por um funcionário. São duas vertentes. Excelente texto, meus parabéns.

    ResponderExcluir
  100. @MrKarate Blog Tecle 1Olá !

    Como você já trabalhou com atendimento, sabe bem como é difícil lidar com clientes intransigentes e como não é também nada fácil estar sempre sorrindo no trabalho, acredito que se todos nos colocarmos um pouco no lugar do outro, haveria melhora nas relações :)

    Obrigadíssimo pela presença, fico feliz que tenha gostado e vindo participar !
    Um enorme abraço e boa semana !

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! É a sua participação que abrilhanta este espaço! Sinta-se em casa :)

emo-but-icon

Autora do Blog

Sobre a autora e o Blog Facebook Instagram Google Plus Twitter Image Map

Novas

Comentários

SERVIÇOS

Ebook Gratuito - Blog Sucesso a Jato

Ebook Gratuito - Blog Sucesso a Jato
11 dicas p/ você começar a ter Sucesso Online

No Vrsam

  • …

    Postagens
  • …

    Comentários

Feed-se

Icon Icon

Google+

Facebook :)

Facebook

Instagram

Amigos

Recomendação de leitura

Destaques do Mês

item